M

Publicado em 04/11/2020 10h06
  • M

    Milhares.

  • MM

    Milhões.

  • Magnetometria

    Método geofísico baseado no poder de magnetização do campo magnético terrestre e na susceptibilidade magnética diferenciada dos materiais da Terra.

  • Manipulação

    Modificação de características físicas ou químicas de explosivos e acessórios. (Fonte: Resolução ANP nº 3/2012)

  • Manual de Procedimentos dos Programas de Monitoramento da Qualidade

    Documento que contém diretrizes técnicas e operacionais para realização dos serviços contratados de coleta, transporte e análises físico-químicas de amostras de produtos. (Fonte: Resolução ANP nº 8/2011)

  • Manuseio

    Trato com produto controlado com finalidade específica, como por exemplo, sua utilização, manutenção e armazenamento. (Fonte: Resolução ANP nº 3/2012)

  • Manutenção Preditiva

    Manutenção que permite garantir uma qualidade de serviço desejada, com base na aplicação sistemática de técnicas de análise, utilizando-se de meios de supervisão centralizados ou de amostragem para otimizar a manutenção preventiva e a corretiva. (Fonte: Resolução ANP nº 6/2011)

  • Mão de Obra Efetivamente Utilizada

    É a mão de obra diretamente relacionada à realização de um determinado serviço. (Fonte: Resolução ANP nº 19/2013)

  • Mão de Obra Local

    É a mão de obra proveniente do emprego de cidadãos brasileiros (de acordo com a legislação em vigor), ou estrangeiros com visto permanente, empregados nos estabelecimentos prestadores de serviços, e seus subcontratados (que deverão estar inscritos no CNPJ), ou proveniente de mão de obra autônoma. (Fonte: Resolução ANP nº 19/2013)

  • Máquina ou Equipamento

    Dispositivo (elétrico, eletrônico, mecânico, eletromecânico ou outro) que através da transmissão ou da modificação de energia que o alimenta, traz como resultado o produto objeto de sua função. (Fonte: Resolução ANP nº 19/2013)

  • Marcador

    Substância identificável, qualitativa e quantitativamente, e que, após adicionada aos PMC, resulte em concentração máxima de 1ppm para cada método analítico aprovado pela ANP, e que não interfira nas características físico-químicas e no grau de segurança para manuseio e uso dos PMC, considerando-se marcador único ou conjunto de marcadores de um mesmo fornecedor. (Fonte: Resolução ANP nº 13, de 9/6/2009)

  • Marco de Aferição de Conteúdo Local

    (a) o encerramento da Fase de Exploração, (b) o encerramento de cada Módulo da Etapa de Desenvolvimento, e (c) o encerramento da Etapa de Desenvolvimento que não contemple Desenvolvimento modular, conforme prazos estabelecidos nos Contratos. (Fonte: Resolução ANP nº 726/2018)

  • Margem Bruta de Refino (MBR)

    RÉ a diferença entre a receita obtida com a venda dos derivados e o custo do petróleo processado em uma refinaria, por barril. (Fonte: Fundamentos do Refino de Petróleo: Tecnologia e Economia. p. 149)

  • Margem Operacional

    Parcela da capacidade de transporte que possibilita ao transportador acomodar as flutuações comerciais e operacionais dos serviços de transporte ofertados, necessária para a eficiente e segura operação da instalação de transporte. (Fonte: Resolução ANP nº 11/2016)

  • Material

    Consumíveis e objetos que compõe uma obra, construção, montagem ou atividade afim, tais como: acessórios tubulares, ferramentas de poço, containers de habitação e tubos metálicos; excetuando-se aqueles materiais que compõem os itens e subitens de compromisso contratual de conteúdo local (tubos metálicos usados em revestimentos, colunas de produção e dutos de escoamento; filtros; queimadores; proteção catódica). (Fonte: Resolução ANP nº 19/2013)

  • Material Resultante de Amostragem

    Fotos, lâminas e perfilagens de testemunhos, entre outros resultantes de amostras. (Fonte: Resolução ANP nº 71/2014)

  • Matriz de Correlação

    Documento elaborado pelo operador da instalação, que estabelece a correlação entre os requisitos contidos nas práticas de gestão do SGSO e os documentos do seu sistema de gestão. (Fonte: Resolução ANP nº 43/2007)

  • MBR

    Ver Margem Bruta de Refino

  • Média Anualizada

    É a produção acumulada de barris de óleo equivalente no ano dividida pelo número de dias deste mesmo ano. (Fonte: Resolução ANP nº 32/2014)

  • Medição de Transferência de Custódia

    Medição do volume de petróleo ou gás natural, movimentado com transferência de custódia, nos pontos de entrega e recepção. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medição Fiscal

    Medição do volume de produção fiscalizada efetuada nos pontos de medição da produção a que se refere o inciso IV do art. 3º do Decreto nº 2.705/1998 e inciso X, do art. 2º da Lei nº 12.351/2010. Toda medição utilizada no cômputo da totalização das Participações Governamentais, inclusive as medições utilizadas no cálculo das Participações Especiais. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medição Fiscal Compartilhada

    Medição fiscal dos volumes de produção de dois ou mais campos, que se misturam antes do ponto de medição. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medição Operacional

    Medição de fluidos para controle de processo, tanto de produção quanto de movimentação e estocagem de petróleo e gás natural, que não se enquadrem como medição fiscal, de apropriação ou transferência de custódia. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medição para Apropriação

    Medição a ser utilizada para determinar os volumes de produção a serem apropriados a cada poço. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medida Cautelar

    Ato administrativo, praticado por agente de fiscalização da ANP ou de órgão conveniado, que determina a cessação imediata de situações que ofereçam risco ao consumidor, ao patrimônio público e ao meio ambiente. (Fonte: Resolução ANP nº 663/2017)

  • Medida Mitigadora

    Ação selecionada, baseada em avaliação da integridade ou avaliação de risco de um defeito, que pode incluir, dentre outras, reparo, realização de testes e avaliações adicionais, mudanças no ambiente físico, mudanças operacionais, monitoração contínua, mudanças administrativas ou de procedimentos. (Fonte: Resolução ANP nº 6/2011)

  • Medidor de Fluido Multifásico

    Instrumento de medição destinado a medir continuamente, calcular e indicar o volume totalizado dos fluidos em escoamento multifásico, sob as condições de medição. É utilizado na medição simultânea de petróleo, gás natural e água, presentes como três fases de um fluido em determinado escoamento. (Fonte: Resolução ANP nº 44/2015)

  • Medidor de Fluidos

    Instrumento destinado a medir continuamente, computar e indicar o volume do fluido que passa pelo transdutor de medição, sob as condições de medição. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medidor em Operação

    Medidor em uso para medição fiscal, apropriação, transferência de custódia ou operacional de volumes relacionados à produção, movimentação, estocagem e processamento de petróleo e gás natural dentro do campo de aplicação deste Regulamento. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Medidor Padrão

    Medidor utilizado como padrão de comparação na calibração de outros medidores. (Fonte: Portaria Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 19/6/2000 e Portaria Inmetro nº 64, de 11/04/2003)

  • Medidor Padrão de Referência

    Medidor padrão, geralmente tendo a mais alta qualidade metrológica disponível em um dado local ou em uma dada organização, a partir do qual as medições lá executadas são derivadas (Fonte: Portaria Inmetro nº 64, de 11/04/2003)

  • Medidor Padrão de Trabalho

    Padrão utilizado rotineira e exclusivamente para calibrar ou controlar instrumentos ou sistemas de medição. (Fonte: Resolução Conjunta ANP/Inmetro nº 1, de 10/6/2013)

  • Melhores Práticas da Indústria do Petróleo

    Os melhores e mais seguros procedimentos e tecnologias disponíveis na indústria de Petróleo e Gás Natural em todo o mundo, que permitam: (a) garantir a segurança operacional das instalações, preservando a vida, integridade física e saúde humana; (b) preservar o meio-ambiente e proteger as comunidades adjacentes; (c) evitar ou reduzir ao máximo os riscos de vazamento de petróleo, gás natural, derivados e outros produtos químicos que possam ser prejudiciais ao meio ambiente; (d) a conservação de recursos petrolíferos e gasíferos, o que implica a utilização de métodos e processos adequados à maximização da recuperação de hidrocarbonetos de forma técnica, econômica e ambientalmente sustentável, com o correspondente controle do declínio de reservas, e à minimização das perdas na superfície; (e) minimizar o consumo de recursos naturais nas operações.

  • Memorial Descritivo

    Documento que descreve as etapas para a produção de combustível, contemplando os principais equipamentos e substâncias envolvidas no processo alternativo, indicando os tempos de duração (processo em batelada) ou de residência (processo contínuo) de cada etapa, de forma que seja possível o entendimento do mesmo através do acompanhamento do fluxograma de processo, incluindo ainda o diagrama de blocos do processo. (Fonte: Resolução ANP nº 24/2016)

  • Memorial Descritivo da Área de Armazenamento

    Documento, assinado por profissional habilitado, que descreve a área de armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis e de gases inflamáveis, incluindo os tipos de tanques, os cilindros, as válvulas de segurança, o sistema de drenagem, o sistema de proteção contra incêndio, a classe dos produtos a serem armazenados, estabelecida na Norma ABNT NBR 17.505, e a descrição das plataformas de carregamento e de descarregamento. (Fonte: Resolução ANP nº 734/2018)

  • Memorial Descritivo do Processo

    Documento, assinado por profissional habilitado, que descreve o processo de produção da instalação produtora de biocombustíveis, em consonância com o fluxograma de processo, abrangendo os principais equipamentos, matérias-primas processadas, produtos, coprodutos, subprodutos e resíduos. (Fonte: Resolução ANP nº 734/2018)

  • Mercado Cativo

    Mercado em que os clientes em potencial possuem um limitado número de supridores concorrentes ou apenas um supridor. (Fonte: Resolução ANP nº 794/2019)

  • Mercado Spot

    Mercado de transações de curto prazo, nunca mais de três meses. Mercado no qual são negociadas quantidades marginais do produto, não cobertas por contratos. O mercado spot considera a oferta e a demanda do produto no momento da negociação de compra e venda, para entrega imediata. (Fonte: Dicionário do petróleo em língua portuguesa)

  • Metadados ou Dados Culturais

    Quaisquer registros relativos às aquisições de dados que servem para descrever ou identificá-las, tais como, mas não restritos a estes: mapas, relatórios, documentos. (Fonte: Resolução ANP nº 11, de 17/2/2011).

  • Metanol

    mesma denominação do álcool metílico. Composto químico com fórmula química CH3OH. Líquido, inflamável, com chama invisível, e ponto de congelamento de aproximadamente -98 °C. É utilizado em larga escala como solvente na indústria de plásticos e nas reações de importância farmacológica. Sua relação com os combustíveis é devida a sua utilização no processo de transesterificação de óleos vegetais e gorduras animais para produção de biodiesel.

  • Método Volumétrico (Exploração e Produção)

    Consiste na obtenção de volumes in situ originais utilizando-se mapas elaborados a partir de informações geológicas, geofísicas e de produção. (Fonte: Resolução ANP nº 47, de 3/9/2014)

  • Microssísmica

    Ação que provoca limitação ou redução da probabilidade de ocorrência ou da expectativa da conseqüência para um determinado evento. (Fonte: Resolução ANP nº 6/2011)

  • Minerais Betuminosos

    Ver Xisto

  • Ministério de Minas e Energia (MME)

    Órgão da administração federal direta, representa a União como Poder Concedente e formulador de políticas públicas, bem como indutor e supervisor da implementação dessas políticas nos seguintes segmentos: I - geologia, recursos minerais e energéticos; II - aproveitamento da energia hidráulica; III - mineração e metalurgia; e IV - petróleo, combustível e energia elétrica, inclusive nuclear.

    Cabe, ainda, ao Ministério de Minas e Energia: I - energização rural, agroenergia, inclusive eletrificação rural, quando custeada com recursos vinculados ao Sistema Elétrico Nacional; e II - zelar pelo equilíbrio conjuntural e estrutural entre a oferta e a demanda de recursos energéticos no País. (Fonte: BRASIL. Ministério de Minas e Energia (MME), disponível em: , e na Portaria MME nº 108, de 14 de março de 2017.)

  • Mistura Autorizada Óleo Diesel/Biodiesel

    Ver Óleo Diesel B

  • Mistura Óleo Diesel/Biodiesel – BX

    Ver Óleo Diesel B

  • Mitigação

    Ação que provoca limitação ou redução da probabilidade de ocorrência ou da expectativa da conseqüência para um determinado evento. (Fonte: Resolução ANP nº 6/2011)

  • MMBTU - milhões de BTU

    Ver BTU

  • MME

    Ver Ministério de Minas e Energia

  • Modalidade de Venda

    Condições comerciais e logísticas das operações de venda realizadas pelo agente econômico. (Fonte: Resolução ANP nº 795/2019)

  • Modos de Transporte

    Modalidade de transporte de combustíveis líquidos, compreendendo os modos rodoviário, ferroviário, dutoviário e aquaviário (fluvial, marítimo ou lacustre). (Fonte: Resolução ANP nº 58/2014)

  • Módulo de Desenvolvimento

    Módulo individualizado, composto por instalações e infraestrutura para produção de petróleo e gás natural de uma ou mais jazidas de determinado campo, segundo o Plano de Desenvolvimento aprovado pela ANP.

  • Motocicleta

    Veículo automotor de duas rodas, com ou sem "side-car", dirigido por condutor em posição montada. (Fonte: Resolução ANP nº 26/2015)

  • Motoneta

    Veículo automotor de duas rodas, dirigido por condutor em posição sentada. (Fonte: Resolução ANP nº 26/2015)

  • Movimentação de Produtos

    Escoamento de qualquer produto pelo terminal, considerando as operações de recebimento e expedição por qualquer modal (aquaviário, dutoviário, rodoviário ou ferroviário), e a armazenagem pelo tempo necessário para a adequada execução dessas operações de acordo com as características de cada terminal. (Fonte: Portaria ANP nº 10, de 30/1/2002)

  • MTBE

    Ver Éter Metil-terc-butílico.