Notícias

CAPACITAÇÃO

Escola Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e UnB abrem 300 vagas para curso gratuito de especialização

40% das vagas serão destinadas ao Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE)
Publicado em 11/06/2021 17h00

A partir deste sábado (12) estão abertas as inscrições para o curso Especialização em Garantia dos Direitos e Política de Cuidados à Criança e ao Adolescente. A formação faz parte de investimentos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Escola Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (ENDICA).

As inscrições vão até o dia 20 de junho, no site da instituição. Ao todo, são ofertadas 300 vagas, sendo 40% destinadas aos profissionais que atuam no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE). A iniciativa da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) é uma parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Universidade de Brasília (UnB).

Para concorrer a umas das vagas, os candidatos precisam estar trabalhando na efetivação dos direitos da criança e do adolescente em um dos três eixos estratégicos: defesa, promoção e controle. Para comprovar a atuação, os interessados devem apresentar à Comissão de Seleção um documento emitido por órgão ou instituição que declare estar regularmente constituído e que compõem o Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA).

O processo de seleção levará em consideração se o candidato participa ou participou, nos últimos 5 anos, de projeto para a promoção, proteção e defesa de crianças e adolescentes. Também será avaliada a participação em algum curso na ENDICA e/ou na Escola Nacional de Socioeducação (ENS), além do tempo de atuação no SGDCA/SINASE. Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ter diploma de graduação em cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação.

Para dúvidas e mais informações:
gab.sndca@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277

Reportar erro