Notícias

Jovens no Brasil

Reunião com gestores estaduais debate políticas públicas para a juventude

A titular da SNJ, Emilly Coelho, apresentou as ações de enfrentamento do Governo Federal para o público
Publicado em 13/01/2021 09h21
Reunião com gestores estaduais debate políticas públicas para a juventude

A secretaria nacional da juventude, Emilly Coelho, e a equipe da SNJ em conversa on-line com gestores estaduais (Foto: Divulgação/SNJ)

As políticas públicas do Governo Federal para a juventude foram apresentadas para 22 gestores estaduais nesta terça-feira (12). A secretária nacional de juventude, Emilly Coelho, falou sobre programas e ações voltadas para a juventude com foco na inserção produtiva por meio do empreendedorismo e inovação para autonomia financeira.

“Nós estabelecemos a articulação de ações em rede. O objetivo é potencializar as políticas públicas e estratégicas para a temática da juventude. Isso é resultado do reconhecimento de quem executa as políticas, que está na ponta e conhece as diversas realidades que encontramos em todo o Brasil”, disse Coelho.

Para a titular da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ) conversar e conhecer as demandas e necessidades dos gestores dos estados é de extrema importância para a construção de pontes e consensos para solucionar os problemas que a juventude enfrenta, principalmente no cenário pós-pandemia.

A secretária destacou a criação do programa Horizontes, que tem o objetivo de fomentar o empreendedorismo e a inovação entre os jovens. O foco é atender, especialmente, aqueles que estão em situação de vulnerabilidade social.

A iniciativa também tem como finalidade aumentar a qualificação dos jovens para a criação e manutenção dos próprios negócios, criar oportunidades de emprego e geração de renda e aperfeiçoar iniciativas já existentes, por meio de orientação especializada.

Coelho ainda destacou a implementação do programa Espaço 4.0, que são unidades equipadas com tecnologia de última geração para a capacitação de jovens em vulnerabilidade social, e o ID Jovem, documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual.

Os gestores estaduais puderam apresentar suas demandas e perguntar sobre as ações da SNJ. “O nosso papel é esse de coordenar as iniciativas para os jovens. Nós estamos atentos às necessidades de cada localidade para que possamos integrar nossas políticas públicas e articular parceiros como Sesi, Senai e Ciee, por exemplo”, disse.

Durante o encontro, a secretária demonstrou ainda preocupação com saúde mental dos jovens diante das dificuldades resultantes da pandemia, além de outros aspectos como a situação de enfrentamento no pós-pandemia e do futuro do emprego formal na indústria 4.0

Para dúvidas e mais informações:
juventude@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277

Reportar erro