Notícias

Gestores de entidades voltadas a idosos vão receber capacitação em educação financeira

Publicado em 02/09/2020 12h57 Atualizado em 02/09/2020 13h08
Gestores de entidades voltadas a idosos vão receber capacitação em educação financeira

Foto: Clarice Castro/MMFDH.

Gestores de instituições que prestam serviços de cuidados a idosos participarão de capacitação em educação financeira. A qualificação está prevista no Protocolo de Intenções assinado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e pela Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), nesta quarta-feira (02). A assinatura do documento ocorreu durante cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). Leia mais. 

Com a parceria, caberá ao MMFDH disponibilizar dados sobre as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), além de articular quais conteúdos e modalidades são mais adequados ao público-alvo. A Abefin será responsável por ofertar o ensino e compartilhar informações.

"Vamos orientar nossos idosos sobre como gastar seu dinheiro. A educação financeira vai permitir melhor qualidade de vida, além de evitar que pessoas mal-intencionadas se aproveitem deles. Esta é uma das formas de cuidarmos dos idosos no Brasil", afirmou a ministra Damares Alves. 

O protocolo tem a vigência de seis meses e não envolve a transferência de recursos financeiros.

“Para a Abefin, poder disseminar o conteúdo de educação financeira para esses profissionais de instituições que prestam serviços de cuidados para idosos é muito importante, pois sabemos que esse conhecimento será repassado a esse público, que tem grande necessidade. Lembro sempre que não tem idade para aprender educação financeira. Ela transforma e melhora vidas”, disse o presidente da Abefin, Reinaldo Domingos.

Políticas Públicas

Na estrutura do MMFDH, a Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI) coordena as iniciativas que visam a assegurar direitos sociais, além de criar condições de promoção de autonomia, integração e participação efetiva na sociedade. O estabelecimento das ações culmina em uma visão integral das pessoas idosas como detentoras de direitos.

Para dúvidas e mais informações:
cgdpi@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277

Reportar erro