Notícias

Comitiva do Governo Federal visita armazém onde são distribuídos alimentos a indígenas no Amazonas (AM)

Comitiva do Governo Federal visita armazém onde são distribuídos alimentos a indígenas no Amazonas (AM)

Foto: Willian Meira/MMFDH

A agenda de dois dias da comitiva do Governo Federal em Manaus (AM) foi concluída, nesta quarta-feira (17), com a visita da titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), ministra Damares Alves, ao armazém da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Ela esteve no local para ver como é feita a montagem das mais de 60 mil cestas básicas que serão distribuídas a povos e comunidades tradicionais do estado.

"Pandemia a gente enfrenta assim, com união de esforços. Chega de politicagem, de mentiras! As pessoas estão precisando ser socorridas. Estamos cuidando de quem precisa ser cuidado", afirmou a ministra.

Para o governador Wilson Lima, o reforço alimentar fará diferença na proteção dos indígenas durante a pandemia. "Essa ação vai ajudar muito nossos irmãos indígenas, que estão sofrendo muito com essa situação. A vinda da ministra é muito importante porque ela vem conhecer a nossa realidade e facilitar o diálogo com o estado. Isso tem um significado muito grande", concluiu.

O superintendente regional da Conab no Amazonas, Pedro Jorge, falou sobre a distribuição de alimentos para indígenas do município de São Gabriel da Cachoeira. A ação deve ser realizada até o dia 25 de junho. "Serão cerca de 13,5 mil cestas chegando em São Gabriel até essa data. Lá, 90% da população é indígena".

Partindo da capital Manaus, o trajeto de balsa até o município demora cinco dias para ser concluído. "Juntos, conseguimos fazer essa entrega em tempo recorde e hoje estamos realizando um sonho", comentou a secretária nacional de promoção da igualdade racial, Sandra Terena.

Solidariedade

A ministra convocou empresários e demais integrantes da sociedade civil para contribuírem com a iniciativa. "Vamos lá, pessoal! Nós podemos multiplicar essas cestas! Qualquer pessoa pode ajudar doando pela Arrecadação Solidária", disse.

Com o lema "Vamos combater o coronavírus com solidariedade", a campanha Arrecadação Solidária é uma iniciativa de doação financeira desenvolvida pelo programa Pátria Voluntária, do Ministério da Cidadania, que conta com o apoio da Fundação Banco do Brasil.

A ação vai até o dia 2 de julho e já recebeu quase 4 mil doações, totalizando R$ 10.836.747 arrecadados. Todo o recurso será doado para instituições. As doações podem ser acompanhadas pelo portal da Pátria Voluntária. 

Reportar erro