Notícias

Ministério lança a campanha Maio Laranja

Publicado em 27/04/2020 15h30 Atualizado em 13/05/2020 19h07

Em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) lançou, nesta segunda-feira (27), a campanha de proteção a exploração sexual de crianças e adolescentes, intitulada Maio Laranja.

A campanha foi iniciada por meio de uma live no facebook do MMFDH onde participaram o secretário nacional da criança e do adolescente, Maurício Cunha, e o delegado Alesandro Barreto, especialista do MJSP.

De acordo com Maurício Cunha, essa é a primeira de cinco lives que serão realizadas ao longo do mês de maio para tratar da campanha Maio Laranja.

"Essa problemática tem diversas formas de manifestação, tem a exploração pra fins comerciais, a questão do abuso sexual intra doméstico que é um problema gravíssimo e a gente ta chamando atenção de uma maneira especial, esse ano, para o contexto da pornografia na internet", destacou o secretário.

Para o delegado Alesandro Barreto, devido ao isolamento social, muitos jovens passam a ser vítimas. “No momento de hoje, as pessoas estão mais em casa, mais conectadas. As crianças estão mais expostas e os criminosos estão em uma verdadeira caçada por vítimas", apontou Barreto.

A Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) apoia um projeto de lei para a regulamentação da campanha Maio Laranja, que é lembrado no dia 18 de maio, em homenagem à jovem Araceli, assassinada de maneira brutal em 1973, no estado do Espírito Santo, aos 8 anos de idade.

Por esse motivo, 18 de maio é considerado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Reportar erro