Notícias

DIREITOS HUMANOS

Ministra Damares destaca a importância da defesa das pessoas com deficiência em Jaguariúna (SP)

Titular do MMFDH se reuniu com autoridades do interior de SP nesta segunda-feira (13)
Publicado em 13/09/2021 14h18 Atualizado em 13/09/2021 17h04
ab47e30c-c7bb-4b02-bf0c-808a3fe9a1e8.jpg

Ministra Damares Alves reforçou a importância das frentes parlamentares no estado de São Paulo. (Foto: MMFDH)

“São quase 40 milhões de pessoas no Brasil que têm algum tipo de deficiência. Precisamos alcançar as pessoas com deficiências e suas famílias”. O recado da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi dado em Jaguariúna, na região metropolitana de Campinas (SP), nesta segunda-feira (13), em uma reunião com cerca de 100 prefeitos e vereadores do estado.

A ministra esteve com as autoridades locais com o objetivo de fortalecer a implementação de Frentes Parlamentares de Defesa das Pessoas com Deficiência e Doenças Raras nos municípios paulistas. Deputados integrantes dessa Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo também estiveram presentes no encontro.

“Acho que São Paulo vai ser o primeiro estado do Brasil que vai ter pelo menos um vereador cuidando desse desafio em todos os municípios. A gente precisa que essa política continue, que vocês vereadores continuem e que essa onda se espalhe para todo o Brasil”, afirmou Damares.

Assista à transmissão

A coordenadora das frentes parlamentares, deputada estadual Valéria Bolsonaro (Sem partido), destacou o desafio de criar as frentes. “Tem muito trabalho para ser feito e é isso que nós contamos: a disponibilidade, a vontade e o desprendimento de buscar as necessidades reais de cada município, porque é em cada município que as ações realmente acontecem”, avaliou.

Frentes de Trabalho

Entre as autoridades presentes, discursaram o secretário especial de Cultura do ministério do Turismo, Mario Frias, e a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). Para Frias, a experiência com as pessoas com deficiência é transformadora e merece a atenção de toda a sociedade.

“Desde 2008, participo do universo das pessoas com deficiência. A gente sabe como é importante o envolvimento da sociedade civil e do governo para o desenvolvimento dessas pessoas. Então, contem comigo para isso”, reforçou o secretário.

Para Carla Zambelli, a legislação está a favor da população. “A ministra Damares tem feito um trabalho maravilhoso. Queria lembrar do Setembro Amarelo, temos uma das melhores, senão a melhor lei de combate ao suicídio do mundo. São muitas pessoas trabalhando arduamente para que os resultados cheguem para vocês”, avaliou.

Visita à Americana

Na parte da tarde, a ministra Damares Alves seguiu para o município de Americana (SP). Lá, visitou a Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) Benaiah e conheceu as instalações da Casa de Orientação e Assistência Social Seareiros de Jesus (Coasseje), que mantém serviço de acolhimento para crianças e adolescentes.

“O poder público não vai resolver todos os problemas sem a participação do terceiro setor, sem a participação da sociedade civil organizada. O que vimos aqui foi gente cuidando de gente com zelo e com amor. É dessa forma que vamos resolver os problemas no Brasil, com essa união de forças”, analisou a ministra.

Para dúvidas e mais informações:

imprensa@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:

Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 2027-3538

Reportar erro