Notícias

No mês das Crianças, Integra Brasil realiza webinário sobre inclusão social por meio do futebol

Publicado em 15/10/2020 19h36 Atualizado em 15/10/2020 19h39

“O esporte é saúde, é educação, é vida”. A afirmação do secretário nacional dos direitos da criança e do adolescente, Maurício Cunha, foi feita durante o quinto webinário do Projeto Integra Brasil nesta quinta-feira (15). Com o tema "o futebol na inclusão social da criança e adolescente em situação de vulnerabilidade", o evento fez alusão ao mês das Crianças.

A atividade foi coordenada pela Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) e teve transmissão ao vivo pelas redes sociais do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Para o titular da SNDCA, disciplina, respeito e a possibilidade de um futuro melhor, longe da violência, são alguns dos benefícios proporcionados a crianças e adolescentes por meio da prática esportiva.

"O futebol é capaz de criar no imaginário infantil as mais variadas emoções, por tudo que o popular esporte representa no país. Uma bola nos pés de uma criança é capaz de fazê-la sonhar e mudar uma realidade, a história de toda uma família", afirmou.

Ainda de acordo com ele, o esporte é uma ferramenta poderosa que permite o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, promove a dignidade e mudanças sociais positivas. Ele acrescenta que a prática também gera mais qualidade de vida.

"Nesse contexto, o esporte aparece como um instrumento capaz de iluminar um caminho seguro e assim impedir que crianças, adolescentes e jovens se percam no mundo das drogas", completou.

Na oportunidade, o secretário também parabenizou os educadores pelo Dia do Professor, celebrado na data do evento. “Gratidão aos que nos orientam pelos bons caminhos da vida”, concluiu.

Legislação

A mesa de abertura também teve a participação do secretário nacional de futebol e defesa dos direitos do torcedor, Ronaldo Lima, do Ministério da Cidadania. Durante o evento, ele afirmou que os debates subsidiarão o aperfeiçoamento da Lei Pelé (9.615/98) e Estatuto do Futebol.

“O que nós pensarmos em termos de futuro tem a ver com a necessidade do futebol brasileiro estatutário. Então nós já estamos colhendo essas informações. Saibam que os senhores estão prestando um grande serviço com as suas experiências, sugestões, expertises, para que possamos, juntos, trabalhar e moldar o Estatuto do Futebol”, enfatizou.

Futebol

O webinário também teve a participação do jogador Edmílson, pentacampeão na Copa do Mundo de 2002, e da esposa Simeia Moraes. Criadores da Fundação Edmílson, eles têm a proposta de fornecer um ambiente de desenvolvimento para as crianças, pois elas merecem ser amadas e transformadas em cidadãs capazes de sonhar.

“Independentemente da idade, o futebol é usado como uma forte ferramenta de transformação social com valores aplicados. A linguagem do futebol é universal. Minha experiência ao redor do mundo, em países que sofrem com guerras, violências de todos os tipos, além da pobreza extrema, é que podemos virar o jogo através do esporte que transmite valores, principalmente aqueles que permeiam o respeito aos direitos humanos”, disse.

A programação contou ainda com palestras de representantes da Fundação Athletico Paranaense e clubes Santos e Náutico, além da organização sem fins lucrativos Endeleza International, que desenvolve trabalhos sociais no Quênia, país localizado na África. As ações apresentadas possuem foco na transformação social.

Projeto Integra Brasil

O Integra Brasil é uma iniciativa inédita que tem por objetivo estimular ações de promoção de direitos humanos e enfrentamento a suas violações; de defesa dos direitos do torcedor; de educação em antidopagem; e em valores do espírito esportivo e de prevenção ao uso de álcool e outras drogas nos diversos espaços e ambientes esportivos por intermédio do futebol e seus derivados: futebol de areia e futebol de salão.

Criado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Futebol e Direitos do Torcedor da Secretaria Especial do Esporte, em 2019, o projeto conta com o apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), além da parceria com times de futebol profissional na divulgação de suas ações.

O Integra Brasil promove, além de eventos presenciais e virtuais, campanhas em estádios de futebol e pelas redes sociais e demais canais online voltadas para a promoção e o enfrentamento de violações de direitos de mulheres, crianças, adolescentes e jovens, pessoas idosas e com deficiência, e de outros grupos populacionais em situação de vulnerabilidade.

Para dúvidas e mais informações:
gab.sndca@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277

Reportar erro