Notícias

FAMÍLIA

Saúde mental de crianças e adolescentes na pandemia é destaque em audiência da Câmara

O evento contou com a participação da secretária nacional da família, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Angela Gandra
Publicado em 10/06/2021 16h58 Atualizado em 10/06/2021 17h01
Saúde mental de crianças e adolescentes na pandemia é destaque em audiência da Câmara

O evento foi promovido pela Comissão de Seguridade Social e Família. (Divulgação/Câmara dos Deputados)

Parlamentares e autoridades da sociedade civil se reuniram em audiência pública promovida pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (10), para discutir os impactos da pandemia na saúde mental das crianças e adolescentes. O evento contou com a participação da secretária nacional da Família do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Angela Gandra.

A gestora afirmou que os desafios deste período podem ser superados com o fortalecimento do vínculo entre familiares. “O ser humano que está bem na família também está bem no trabalho, na sociedade e em todos os níveis. A família unida se estrutura para resolver os problemas domésticos. O Ministério está atento e participando com outros órgãos para incentivar a proteção e o cuidado das crianças e os adolescentes durante a pandemia”, salientou Gandra.


Confira a audiência pública.

“Durante a pandemia tivemos outra pandemia: a de celulares nas mãos de crianças. Tivemos os sintomas desse uso exagerado, como a ansiedade, os TOCs, a hiperatividade, a miopia, a tendinite de polegar, até chegar na dependência de fato”, avaliou Luci Pfeiffer, representante da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Também participaram do encontro a pediatra Marina Lemos, o presidente da Associação Crônicos do Dia a Dia, Gustavo San Martin, e a conselheira nacional de Saúde pela Amigos Múltiplos pela Esclerose (AME), Vitória Bernardes.

Para dúvidas e mais informações:
gab.snf@mdh.gov.br

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277

Reportar erro