Notícias

MMA celebra termo de compromisso para reciclagem de alumínio com novo centro de coleta

Publicado em 10/11/2020 15h31 Atualizado em 17/11/2020 12h08

Nesta quarta-feira (10/11), o Ministério do Ambiente (MMA) firmou Termo de Compromisso de Latas de Alumínio para Bebidas com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas). A ação, resultado direto do programa Lixão Zero, traz novos desafios para o setor e reforça o sucesso da reciclagem desse material no Brasil, com a inauguração de novo centro de coleta e reciclagem em Brasília.
 
Entre os principais objetivos do termo de compromisso estão a criação de uma entidade gestora, com o lançamento no Brasil do programa Cada Lata Conta; a modernização, centralização e transparência nas informações sobre o processo de coleta e reciclagem; o fortalecimento das metas de reciclagem no setor em 95%; a facilitação da chegada das latinhas aos centros de coleta e parceiros pelo País; investimentos em educação ambiental e financeira para melhorar renda e condição de vida dos catadores; e o desenvolvimento de ações tecnológicas para aumento da produtividade.
 
Assim, a ação, além de produzir ganho ambiental, traz um importante apoio para os catadores que trabalham na cadeia de reciclagem. As indústrias de reciclagem vão garantir a compra das latas coletadas a preço de mercado no Brasil, que é o maior reciclador de latas de alumínio para bebidas do mundo.
 
O centro de coleta da Novelis, construído neste ano, na cidade de Águas Claras, também está equipado para a prensagem de latas de alumínio. O investimento, superior a R$ 1,5 milhão deve criar cerca de 200 empregos diretos e indiretos, e processar entre 600 a 700 toneladas de latas de alumínio por mês. Mais R$ 650 milhões serão investidos para a expansão da produção, o que inclui novas linhas de fusão e de reciclagem.
Agenda Ambiental Urbana
A assinatura do termo faz parte do programa Lixão Zero, eixo da Agenda Ambiental Urbana, lançada pelo MMA em 2019. O objetivo é erradicar os lixões espalhados por todo o Brasil, fortalecendo a destinação final ambientalmente correta e aquecendo o setor da reciclagem pela geração de emprego e renda. O MMA já avançou na logística reversa de baterias automotivas, eletroeletrônicos, medicamentos, óleo lubrificante, entre outros tipos de resíduos.
 
Dados da reciclagem no Brasil
Atualmente, são cerca de 30 bilhões de latas de alumínio consumidas por ano. O modelo de economia circular promovido pelo programa Lixão Zero reduz em mais de 70% a emissão de gases de efeito estufa e o consumo de energia no setor. O ciclo da lata envolve cerca de 800 mil pessoas, com geração de renda de mais de R$ 5 bilhões por ano.
 
 
Ascom MMA 
(61) 2028-1227