Notícias

PATRIMÔNIO IMATERIAL

Oficinas promovem debate sobre a salvaguarda da Capoeira no Piauí

Realizadas nos dia 10 e 24 de outubro, os eventos visam compreender as demandas dos capoeiristas para elaboração do Plano de Salvaguarda.
Publicado em 08/10/2021 16h30 Atualizado em 08/10/2021 16h31

Capoeiristas do Piauí vão discutir sobre a construção do Plano de Salvaguarda da Capoeira no estado. Os debates serão realizados nos dias 10 e 24 de outubro, durante as oficinas online promovidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada à Secretaria Especial de Cultura (Secult) e ao Ministério do Turismo. 

As oficinas têm início às 10h e são abertas ao público interessado, bastando acessar o a reunião. O objetivo é compreender as necessidades e perspectivas dos detentores em relação à proteção e difusão da capoeira no Piauí, envolvendo questões temáticas como educação e cultura. 

As discussões contam com a participação do Mestre Paulão Kikongo (Niterói-RJ), no dia 10,  e do Mestre Luiz Renato Vieira (Brasília-DF), no dia 24, que irão falar sobre as experiências com a elaboração do Plano de Salvaguarda da Capoeira em seus respectivos estados. A ideia é conhecer o processo de construção do documento em outros lugares do país e usar como referência para os capoeiristas piauienses.

“Estamos dialogando com os detentores desde o início do ano. Iremos definir juntos as diretrizes que devem balizar o Plano de Salvaguarda. A previsão é que o documento seja apresentado no primeiro semestre de 2022”, destaca a historiadora do Iphan-PI, Patrícia Alcântara, que integra a organização das ações da Política de Patrimônio Imaterial no estado.

Com mais de 40 anos de dedicação à Capoeira, o Mestre Tucano, de Teresina (PI), considera a ação primordial para o reconhecimento desse Patrimônio Cultural: “Assim como no resto do país, a Capoeira do Piauí enfrenta muitos desafios envolvendo questões educacionais, sociais, culturais e outras”, ressalta. O mestre enfatiza ainda a importância da união entre os capoeiristas para a construção do Plano de Salvaguarda: “Precisamos lutar juntos pela valorização. O trabalho de salvaguarda irá nos ajudar a superar os desafios e contribuir com o desenvolvimento da Capoeira no Piauí e em todo o país”, acrescenta.

 

Serviço

Oficinas online para capoeiristas
Data: 10 e 24 de outubro
Horário: a partir das 10h
Link de acesso: https://meet.google.com/bjq-rbgz-jhm 

 

Mais informações para a imprensa:

Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br

Letícia Maciel - leticia.vale@iphan.gov.br
2024-5512

www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr  |  www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Cultura, Artes, História e Esportes