Notícias

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

Publicações abordam a preservação da cultura catarinense

Livretos têm como objetivo divulgar e valorizar o Patrimônio Cultural de Santa Catarina
Publicado em 25/03/2021 18h27 Atualizado em 30/03/2021 18h00
Convite Roda de Conversa

Roda de conversa será transmitida ao vivo pelo canal oficial do Iphan no YouTube e aberta ao público

Uma roda de conversa online marcará o lançamento de três publicações que integram a Coleção Rede Educação Patrimonial Catarina, nesta sexta-feira (26/03), às 16h. Os livretos “Conservação preventiva de imóveis antigos em núcleos históricos”, “Educação Patrimonial no centro histórico de Laguna” e “Conservação preventiva de imóveis antigos na região de imigração” farão parte de uma série de nove publicações que busca retomar, de forma sintética, alguns dos conceitos do campo do Patrimônio Cultural, bem como revisitar saberes e lugares da cultura catarinense.

As publicações, em formato digital, estarão disponíveis no site do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e também poderão ser encontradas, em formato impresso na sede do Iphan em Florianópolis (SC) e nos Escritórios Técnicos do Instituto em Laguna (SC), Pomerode (SC) e São Francisco do Sul (SC).

“Esta é uma ação que muito nos orgulha, pois é fruto de uma construção coletiva que continua gerando bons resultados. O nosso intuito é dar continuidade a essas iniciativas em conjunto com parceiros municipais e sociedade civil organizada para que, paralelamente, cada um em seu papel, possamos expandir esta coleção”, disse a superintendente do Iphan em Santa Catarina (Iphan-SC), Liliane Nizzola.

Para dialogar sobre os livretos e sobre a preservação do Patrimônio Cultural do estado, a roda de conversa contará com a mediação da superintendente do Iphan-SC e da participação da arquiteta, organizadora e editora das publicações, Maria Regina Weissheime. Também participam as arquitetas e chefes dos escritórios técnicos do Iphan em São Francisco do Sul, Laguna e Pomerode: Aline Figueiredo, Ana Paula Cittadin e Suelen Artuso, respectivamente. O ex-chefe do Escritório Técnico em Pomerode, Marco Antônio Gabriel, também estará no bate-papo.

As publicações “Conservação preventiva de imóveis antigos em núcleos históricos” e “Conservação preventiva de imóveis antigos na região de imigração” têm como objetivo oferecer informações acessíveis e efetivas para proprietários e usuários de bens tombados interessados em realizar adequadamente a manutenção de seus imóveis. Já o livreto “Educação Patrimonial no centro histórico de Laguna” é composto por um material de apoio para educadores que desejem trabalhar a temática do Patrimônio Cultural em sala de aula. Os três materiais foram integralmente elaborados pelo Iphan.

Aberto ao público, o evento será transmitido ao vivo pelo canal oficial do Iphan no YouTube.

Coleção Rede Educação Patrimonial Catarina

Os quatro primeiros livretos da coleção foram elaborados entre 2018 e 2020 por parceiros do Iphan na Rede Patrimônio Cultural Santa Catarina e produzidos integralmente pelos signatários do Acordo de Cooperação Técnica para realização de ações de educação patrimonial. São eles: “Engenho é patrimônio: Inventário Cultural dos Engenhos de farinha do litoral catarinense” (Cepagro/Rede Catarinense de Engenhos de Farinha); “Conhecendo Museus Blumenau” (Secretaria Municipal de Cultura de Blumenau); “Araquari: nossa história, nossa herança” (Secretaria Municipal de Cultura de Araquari); e “Itaiópolis, Mosaico Cultural” (Secretaria Municipal de Cultura de Itaiópolis).

O livreto da Rede de Engenhos compartilha o processo de construção coletiva do inventário participativo dos engenhos de farinha do litoral catarinense, ação vencedora do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, em 2019. Os livretos de Blumenau, Araquari e Itaiópolis buscam retratar as realidades locais, que demonstram alguns dos principais atrativos locais e suas singularidades.

Já em 2020, a Rede Patrimônio Cultural Santa Catarina se ampliou, nascendo assim a Rede de Educação Patrimonial Catarina, a qual congrega parceiros que atuam na área da educação patrimonial no estado. Assim, mais dois livretos foram criados: Ilha do Campeche e Educação Patrimonial (Instituto Ilha do Campeche); e Plano de Salvaguarda da Capoeira em Santa Catarina (Colegiado de Mestres de Capoeira de Santa Catarina).

Esses números abordam temáticas relacionadas com dois bens protegidos e salvaguardados pelo Iphan: a Ilha do Campeche, inscrita no Livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico, em 2000, e a Roda de Capoeira, inscrita no Livro de Registro das Formas de Expressão, em 2008.

Serviço:

Roda de conversa e lançamento de publicações sobre Patrimônio Cultural em Santa Catarina
Data: Sexta-feira (26/03)
Horário: de 16h às 18h
Local: Canal do YouTube do Iphan: Iphangovbr

Confira as publicações aqui:

Conservação preventiva em imóveis antigos em núcleos históricos              Educação Patrimonial no Centro Histórico de Laguna             Conservação preventiva em imóvies antigos na regiao de imigração

 

 

Informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Juliana Brascher - juliana.brascher@iphan.gov.br
(61) 2024-5527
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr | www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr

Educação e Pesquisa