Notícias

ENTREGAS

Conjunto ferroviário de Marcílio Dias é reaberto ao público em Canoinhas (SC)

Com investimento de R$ 2,6 milhões, projeto restaurou o espaço, que está inscrito na Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário do Iphan
Publicado em 10/09/2021 16h41 Atualizado em 11/09/2021 12h06
Conjunto ferroviário Marcílio Dias

Obra de requalificação do conjunto ferroviário Marcílio Dias será entregue neste domingo (12). Crédito: Acervo/Iphhan

No próximo domingo (12), dia em que o município de Canoinhas (SC) completa 110 anos, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada ao Ministério do Turismo (Mtur) e à Secretaria Especial da Cultura (Secult), entregará à população, totalmente restaurado, o Conjunto Ferroviário de Marcílio Dias (SC). A cerimônia de reabertura do espaço começa às 15h e contará com representantes do Iphan-SC e da Prefeitura Municipal de Canoinhas (SC).

Conjunto ferroviário Marcílio Dias

Para requalificar o complexo ferroviário, o Governo Federal investiu mais de R$ 2,6 milhões, valor financiado pelo Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDD), do Ministério da Justiça e Segurança Pública; o projeto foi executado pelo Iphan.

“A estação estava sem uso e desativada há muitos anos. A restauração das edificações do conjunto ferroviário possibilitará o desenvolvimento de projetos culturais por parte da Prefeitura Municipal de Canoinhas, detentora da cessão do imóvel desde 2015. Com isso, o local ficará aberto ao público, a serviço da comunidade, turistas e visitantes”, declarou a superintendente do Iphan-SC, Liliane Nizzola.

Com o local revitalizado, a ideia da prefeitura agora é implantar o Complexo Turístico e Cultural Marcílio Dias, que contará com museu, oficinas, apresentações e restaurante.

Conjunto ferroviário Marcílio Dias 2

Localizado em Canoinhas (SC), município que está na região do Planalto Norte de Santa Catarina, o conjunto ferroviário de Marcílio Dias, valorado pelo Iphan como Patrimônio Cultural Ferroviário, é formado por três edificações: a estação de passageiros, o terminal de cargas e o restaurante, todos alinhados paralelamente aos trilhos. O complexo reúne edificações construídas com duas técnicas construtivas: a alvenaria autoportante do edifício de cargas e a estrutura autônoma de madeira do terminal de passageiros e do restaurante.

A obra de recuperação da integridade física das edificações foi iniciada em novembro de 2019 e contemplou o saneamento das principais causas dos danos estruturais. Entre eles, está a revisão e recuperação integral das estruturas e coberturas; a recuperação das vedações em madeira, incluindo esquadrias; a reintegração das alvenarias e rebocos danificados; a reintegração das superfícies de proteção (pinturas).

Patrimônio Ferroviário

Conjunto ferroviário Marcílio Dias 3

Lei 11.483, de 31 de maio de 2007, atribuiu ao Iphan a responsabilidade de receber e administrar os bens móveis e imóveis de valor artístico, histórico e cultural, oriundos da extinta Rede Ferroviária Federal SA (RFFSA), bem como zelar pela sua guarda e manutenção. Desde então, o Instituto avalia, dentre todo o espólio oriundo da extinta RFFSA, quais são os bens detentores de valor histórico, artístico e cultural.

Para responder à demanda, foi instituída a Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário, por meio da Portaria Iphan nº 407/2010. Assim, os bens são avaliados pela equipe técnica das superintendência dos estados onde estão localizados e, posteriormente, passam por apreciação da Comissão de Avaliação do Patrimônio Cultural Ferroviário (CAPCF), cuja decisão é homologada pela Presidência do Iphan.

Serviço
Reabertura do conjunto ferroviária de Marcílio Dias
Data: 12/09/21
Horário: 15h
Local: Rua Bernardo Metzker s/n – Distrito de Marcílio Dias, em Canoinhas (SC)

 

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Juliana Brascher - juliana.brascher@iphan.gov.br
(61) 2024-5528
www.iphan.gov.br
www.facebook.com/IphanGovBr  |  www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr