Notícias

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

Abertas as inscrições para palestras sobre educação patrimonial no Pará

Entre os meses de junho e julho, o Iphan-PA promove eventos online com a participação de especialistas do campo do Patrimônio Cultural
Publicado em 31/05/2021 15h22 Atualizado em 01/06/2021 09h46
Marujada de São Benedito em Bragança (PA)

Marujada de São Benedito em Bragança (PA) é um dos temas do "Conversa Pai d'égua" (Foto: Cristino Martins/Acervo Agência Pará)

Ações de educação patrimonial adaptadas à pandemia de Covid-19 são o tema que abre a edição 2021 do ciclo de palestras Conversa Pai d’Égua: falando sobre patrimônio, realizada pela superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Pará (Iphan-PA). Com início nesta sexta-feira, 4, às 17h, os eventos têm como objetivo abrir um espaço de debate público sobre temas relacionados à preservação e promoção do Patrimônio Cultural. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por meio de formulário digital.

Com transmissão virtual, por meio do canal da Rede Casas do Patrimônio do Pará no YouTube, o ciclo é composto por cinco encontros transmitidos, reunindo especialistas das áreas da educação patrimonial, patrimônio imaterial, arqueologia e patrimônio edificado. Os encontros serão realizados nos dias 4, 11, 18 e 25 de junho e 2 de julho, sempre às sextas-feiras. O público receberá certificados de participação.

O encontro desta sexta-feira, 4, tem como tema “Aprendendo no caminho: estratégias para uma educação patrimonial à distância”; a palestrante será a chefe do Núcleo de Educação Patrimonial do Iphan, Sônia Florêncio. A sessão visa a debater ações educativas, no âmbito do Patrimônio Cultural, diante da epidemia de Covid-19, que impôs o afastamento e isolamento sociais, o que acabou por limitar a realização dessas atividades, como as que são promovidas em museus.

Já no dia 11 de junho, os palestrantes são os historiadores Érico Muniz e Roseane Pinto, do campus de Bragança da Universidade Federal do Pará (UFPA). Eles vão tratar do tema “Entrevistas como fontes primárias em processos de inventário no Iphan: a experiência do INRC da Marujada de Bragança”, uma vez que a Marujada está em processo de registro como Patrimônio Cultural do Brasil no âmbito do Iphan.

No dia 18 de junho, por sua vez, o tema do evento será a "Política Nacional da Diversidade Linguística", tendo como palestrante Marcus Garcia, que faz parte da Divisão Técnica de Diversidade Linguística do Iphan. E no encontro seguinte, no dia 25 de junho, o palestrante será o arqueólogo Jair Boro Munduruku, autor da monografia vencedora do Prêmio Luiz de Castro Faria de 2020, realizado pelo Iphan.

A sessão de encerramento do ciclo, a ocorrer no dia 2 de julho, terá como palestrante a pesquisadora Celma Chaves, da Faculdade de Arquitetura da UFPA. O tema do encontro será o “Patrimônio Moderno em Belém: em busca de visibilidade e reconhecimento”.

Conversa Pai d’Égua

Realizado desde 2012, o ciclo de palestras Conversa Pai d’Égua: falando sobre patrimônio é uma ação da área de Educação Patrimonial do Iphan-PA. O evento visa a divulgar e refletir sobre questões atuais relacionadas à identificação, preservação e salvaguarda do Patrimônio Cultural, convidando especialistas para abordarem os temas sob diferentes pontos de vista.

Serviço:
Ciclo de palestras Conversa Pai d’Égua: falando sobre patrimônio
Datas:
4, 11, 18 e 25 de junho e 2 de julho de 2021
Inscrições: formulário digital

Programação

Dia 04/06 às 17h
"Aprendendo no caminho: estratégias para uma educação patrimonial à distância"
Palestrante: Sônia Florêncio - Chefe do Núcleo de Educação Patrimonial - DECOF/IPHAN

Dia 11/06 - 16h
Entrevistas como fontes primárias em processos de inventário no Iphan: a experiência do INRC da Marujada de Bragança
Palestrantes: Prof. Dr. Érico Muniz e Profª Drª Roseane Pinto (Faculdade de História/ UFPA Bragança)

Dia 18/06 - 16h
A Política Nacional de Diversidade Linguística
Palestrante: Marcus Vinicius Garcia (Divisão Técnica de Diversidade Linguística/CGIR/DPI/IPHAN)

Dia 25/06 - 16h
Oca’õ Agõkabuk e Cultura Material Munduruku (monografia vencedora do Prêmio Luiz de Castro Faria)
Palestrante: Jair Boro Munduruku

Dia 02/07
Patrimônio Moderno em Belém: em busca de visibilidade e reconhecimento
Palestrante: Profª Drª Celma Chaves (FAU/UFPA)

Assessoria de Comunicação Iphan
comunicacao@iphan.gov.br
Moisés Sarraf – moises.sarraf@iphan.gov.br
(61) 2024-5526 / (91) 98165-4577
www.gov.br/iphan
www.facebook.com/IphanGovBr
www.twitter.com/IphanGovBr
www.youtube.com/IphanGovBr 

Cultura, Artes, História e Esportes