Notícias

Medicamentos

Mapeamento da produção e abastecimento da heparina

Dados se referem ao período de maio a agosto de 2020.
Publicado em 30/09/2020 18h37 Atualizado em 09/10/2020 12h10

A Anvisa recebeu, nas últimas semanas, consultas quanto à eventual interrupção ou diminuição no fornecimento de heparina ao mercado nacional, o que poderia trazer dificuldades no tratamento de terapia renal substitutiva (TRS), entre outras condições médicas assistidas.

No intuito de melhor conhecer o cenário nacional, a Agência notificou e recebeu informações de todos os detentores de registro de heparina no Brasil quanto ao volume produzido, importado, vendido e em estoque entre os meses de maio e agosto do presente ano.

Foram solicitadas informações tanto sobre heparina de baixo peso molecular, quanto de heparina não fracionada nas diferentes apresentações disponíveis. As informações recebidas foram compiladas e organizadas, conforme pode ser visualizado no painel abaixo.

 

Painel - produção e abastecimento de heparina

Observou-se que, ainda que tenha havido alguma variação na quantidade liberada e em estoque desses produtos, o volume de vendas realizadas de heparina entre os meses de maio e agosto permaneceu com pequena variação a cada mês.

Esses dados foram apresentados ao Ministério da Saúde, de modo a auxiliar no esforço de mapeamento da situação de demanda nacional e o correspondente impacto no abastecimento do produto no mercado brasileiro, bem como subsidiar a tomada de decisões eventualmente necessárias a respeito do assunto.

Esta foi mais uma ação estratégica da Anvisa com o objetivo de promover o acesso a medicamentos seguros e eficazes.

Saúde e Vigilância Sanitária
Tags: heparina