Taxa de Juros Selic

Publicado em 02/02/2015 09h59 Atualizado em 01/12/2020 08h40

  

 Taxa de Juros Selic
 Taxa de Juros Selic Acumulada Mensalmente
 Taxa de Juros Selic Incidente sobre as Quotas do Imposto de Renda Pessoa Física

Taxa de Juros Selic

A taxa de juros equivalente à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais, relativa ao mês de novembro de 2020, aplicável no pagamento, na restituição, na compensação ou no reembolso de tributos federais, exigível a partir de 1º de dezembro de 2020 é de 0,15%.

Mês/Ano 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Janeiro 0,60% 0,85% 0,94% 1,06% 1,09% 0,58% 0,54% 0,38%
Fevereiro 0,49% 0,79% 0,82% 1,00% 0,87% 0,47% 0,49% 0,29%
Março 0,55% 0,77% 1,04% 1,16% 1,05% 0,53% 0,47% 0,34%
Abril 0,61% 0,82% 0,95% 1,06% 0,79% 0,52% 0,52% 0,28%
Maio 0,60% 0,87% 0,99% 1,11% 0,93% 0,52% 0,54% 0,24%
Junho 0,61% 0,82% 1,07% 1,16% 0,81% 0,52% 0,47% 0,21%
Julho 0,72% 0,95% 1,18% 1,11% 0,80% 0,54% 0,57% 0,19%
Agosto 0,71% 0,87% 1,11% 1,22% 0,80% 0,57% 0,50% 0,16%
Setembro 0,71% 0,91% 1,11% 1,11% 0,64% 0,47% 0,46% 0,16%
Outubro 0,81% 0,95% 1,11% 1,05% 0,64% 0,54% 0,48% 0,16%
Novembro 0,72% 0,84% 1,06% 1,04% 0,57% 0,49% 0,38% 0,15%
Dezembro 0,79% 0,96% 1,16% 1,12% 0,54% 0,49% 0,37%

 

Mês/Ano 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Janeiro 1,27% 1,38% 1,43% 1,08% 0,93% 1,05% 0,66% 0,86% 0,89%
Fevereiro 1,08% 1,22% 1,15% 0,87% 0,80% 0,86% 0,59% 0,84% 0,75%
Março 1,38% 1,53% 1,42% 1,05% 0,84% 0,97% 0,76% 0,92% 0,82%
Abril 1,18% 1,41% 1,08% 0,94% 0,90% 0,84% 0,67% 0,84% 0,71%
Maio 1,23% 1,50% 1,28% 1,03% 0,88% 0,77% 0,75% 0,99% 0,74%
Junho 1,23% 1,59% 1,18% 0,91% 0,96% 0,76% 0,79% 0,96% 0,64%
Julho 1,29% 1,51% 1,17% 0,97% 1,07% 0,79% 0,86% 0,97% 0,68%
Agosto 1,29% 1,66% 1,26% 0,99% 1,02% 0,69% 0,89% 1,07% 0,69%
Setembro 1,25% 1,50% 1,06% 0,80% 1,10% 0,69% 0,85% 0,94% 0,54%
Outubro 1,21% 1,41% 1,09% 0,93% 1,18% 0,69% 0,81% 0,88% 0,61%
Novembro 1,25% 1,38% 1,02% 0,84% 1,02% 0,66% 0,81% 0,86% 0,55%
Dezembro 1,48% 1,47% 0,99% 0,84% 1,12% 0,73% 0,93% 0,91% 0,55%

 

Mês/Ano 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003
Janeiro 0,00% 2,58% 1,73% 2,67% 2,18% 1,46% 1,27% 1,53% 1,97%
Fevereiro 3,63% 2,35% 1,67% 2,13% 2,38% 1,45% 1,02% 1,25% 1,83%
Março 2,60% 2,22% 1,64% 2,20% 3,33% 1,45% 1,26% 1,37% 1,78%
Abril 4,26% 2,07% 1,66% 1,71% 2,35% 1,30% 1,19% 1,48% 1,87%
Maio 4,25% 2,01% 1,58% 1,63% 2,02% 1,49% 1,34% 1,41% 1,97%
Junho 4,04% 1,98% 1,61% 1,60% 1,67% 1,39% 1,27% 1,33% 1,86%
Julho 4,02% 1,93% 1,60% 1,70% 1,66% 1,31% 1,50% 1,54% 2,08%
Agosto 3,84% 1,97% 1,59% 1,48% 1,57% 1,41% 1,60% 1,44% 1,77%
Setembro 3,32% 1,90% 1,59% 2,49% 1,49% 1,22% 1,32% 1,38% 1,68%
Outubro 3,09% 1,86% 1,67% 2,94% 1,38% 1,29% 1,53% 1,65% 1,64%
Novembro 2,88% 1,80% 3,04% 2,63% 1,39% 1,22% 1,39% 1,54% 1,34%
Dezembro 2,78% 1,80% 2,97% 2,40% 1,60% 1,20% 1,39% 1,74% 1,37%

  Taxa de Juros Selic Acumulada Mensalmente

Assim, os juros de mora, incidentes sobre tributos federais, cujos fatos geradores tenham ocorrido a partir de 1º de janeiro de 1995, devem ser calculados, no mês de dezembro de 2020, nos percentuais abaixo indicados, conforme o mês em que se venceu o prazo legal para pagamento:      

   

 Mês/Ano 2019 2020
 janeiro 8,81 3,18
 fevereiro 8,32 2,89
 março 7,85 2,55
 abril 7,33 2,27
 maio 6,79 2,03
 junho 6,32 1,82
 julho 5,75 1,63
 agosto 5,25 1,47
 setembro 4,79 1,31
 outubro 4,31 1,15
 novembro 3,93 1,00
 dezembro 3,56 ---
 Mês/Ano 2013 2014 2015 2016 2017 2018
 janeiro 68,58 60,41 49,92 37,26 24,03 15,01
 fevereiro 68,09 59,62 49,10 36,26 23,16 14,54
 março 67,54 58,85 48,06 35,10 22,11 14,01
 abril 66,93 58,03 47,11 34,04 21,32 13,49
 maio 66,33 57,16 46,12 32,93 20,39 12,97
 junho 65,72 56,34 45,05 31,77 19,58 12,45
 julho 65,00 55,39 43,87 30,66 18,78 11,91
 agosto 64,29 54,52 42,76 29,44 17,98 11,34
 setembro 63,58 53,61 41,65 28,33 17,34 10,87
 outubro 62,77 52,66 40,54 27,28 16,70 10,33
 novembro 62,05 51,82 39,48 26,24 16,13 9,84
 dezembro 61,26 50,86 38,32 25,12 15,59 9,35
 Mês/Ano 2007 2008 2009 2010 2011 2012
 janeiro 129,25 118,15 106,21 97,10 87,53 76,46
 fevereiro 128,38 117,35 105,35 96,51 86,69 75,71
 março 127,33 116,51 104,38 95,75 85,77 74,89
 abril 126,39 115,61 103,54 95,08 84,93 74,18
 maio 125,36 114,73 102,77 94,33 83,94 73,44
 junho 124,45 113,77 102,01 93,54 82,98 72,80
 julho 123,48 112,70 101,22 92,68 82,01 72,12
 agosto 122,49 111,68 100,53 91,79 80,94 71,43
 setembro 121,69 110,58 99,84 90,94 80,00 70,89
 outubro 120,76 109,40 99,15 90,13 79,12 70,28
 novembro 119,92 108,38 98,49 89,32 78,26 69,73
 dezembro 119,08 107,26 97,76 88,39 77,35 69,18
 Mês/Ano 2001 2002 2003 2004 2005 2006
 janeiro 230,79 214,45 196,35 175,89 160,64 143,03
 fevereiro 229,77 213,20 194,52 174,81 159,42 141,88
 março 228,51 211,83 192,74 173,43 157,89 140,46
 abril 227,32 210,35 190,87 172,25 156,48 139,38
 maio 225,98 208,94 188,90 171,02 154,98 138,10
 junho 224,71 207,61 187,04 169,79 153,39 136,92
 julho 223,21 206,07 184,96 168,50 151,88 135,75
 agosto 221,61 204,63 183,19 167,21 150,22 134,49
 setembro 220,29 203,25 181,51 165,96 148,72 133,43
 outubro 218,76 201,60 179,87 164,75 147,31 132,34
 novembro 217,37 200,06 178,53 163,50 145,93 131,32
 dezembro 215,98 198,32 177,16 162,02 144,46 130,33
 Mês/Ano 1995 1996 1997 1998 1999 2000
 janeiro 382,38 341,09 317,47 294,18 269,09 246,79
 fevereiro 378,75 338,74 315,80 292,05 266,71 245,34
 março 376,15 336,52 314,16 289,85 263,38 243,89
 abril 371,89 334,45 312,50 288,14 261,03 242,59
 maio 367,64 332,44 310,92 286,51 259,01 241,10
 junho 363,60 330,46 309,31 284,91 257,34 239,71
 julho 359,58 328,53 307,71 283,21 255,68 238,40
 agosto 355,74 326,56 306,12 281,73 254,11 236,99
 setembro 352,42 324,66 304,53 279,24 252,62 235,77
 outubro 349,33 322,80 302,86 276,30 251,24 234,48
 novembro 346,45 321,00 299,82 273,67 249,85 233,26
 dezembro 343,67 319,20 296,85 271,27 248,25 232,06

 

Taxa de Juros Selic Incidente sobre as Quotas do Imposto de Renda Pessoa Física

Lembramos, por oportuno, que a 7ª (sétima) quota do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (IRPF) relativo ao ano-calendário 2019, cujo pagamento deve ser efetuado até o dia 30 de dezembro de 2020, está sujeita ao acréscimo de 1,82% (um inteiro e oitenta e dois centésimos por cento), a título de juros, devendo esse valor constar do campo 09 do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf).

A emissão do Darf para pagamento das quotas do IRPF nas Agências Bancárias pode ser feita com o Programa para Cálculo e Emissão do Darf das Quotas do IRPF.

Para o pagamento de quotas do IRPF em atraso, inclusive as de exercícios anteriores, também podem ser emitidos Darf, atualizados com os respectivos acréscimos legais, utilizando-se o mesmo programas acima.