Notícias

Elaborada pelo Ipea, publicação on-line aborda histórico do planejamento regional no Brasil

Produzida pelo Ipea, obra abrange desde os precedentes das políticas regionais durante o Império até os tempos atuais
Publicado em 20/11/2020 12h22 Atualizado em 20/11/2020 13h57
Selo IPEA

Brasília (DF) – Uma publicação que resgata a memória do planejamento regional no Brasil e os resultados de políticas públicas foi tema de um webinar promovido nessa quinta-feira (19) pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O livro História das Políticas Regionais no Brasil, elaborado pelo Ipea, retrata como o Estado se moldou para tratar as regiões do País conforme a economia, a geografia, o direito e a ciência política.

A obra abrange desde os precedentes das políticas regionais durante o Império, passando pelo prelúdio do Estado nacional desenvolvimentista e pelo modelo clássico (como as ações no setor são conhecidas atualmente) até o balanço de como o Brasil aborda atualmente as questões regionais. Presente ao debate, a diretora de Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Adriana Melo Alves, citou avanços conquistados a partir da parceria junto ao Ipea.

"Essa cooperação já se estende há várias décadas e tem nos ajudado no processo tanto de formulação da política regional como de melhoria das nossas ações programáticas. Essa parceria nos ajuda a estarmos sintonizados com o que acontece no nosso País e com o propósito de redução das desigualdades. O livro nos ajuda a pensar a política regional e buscar respostas que venham a minimizar desigualdades", pontuou Adriana.

O livro estimula o debate de novos caminhos da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), com uma perspectiva de longo prazo para o planejamento territorial. A publicação integra o projeto Federalismo e Políticas Públicas Territoriais no Brasil, sob a coordenação de Aristides Monteiro Neto, técnico em planejamento e pesquisa do Ipea. Aristides, que também participou do webinar, apontou a relevância da obra à difusão de conhecimento.

"É cada vez mais relevante essa obra, porque ela vai se disseminando por diferentes agrupamentos de saberes. E a obra do planejamento governamental no Brasil não pode ser escrita sem o capítulo do planejamento regional e do planejamento territorial. A ideia de desenvolvimento regional é uma coisa de toda nação moderna, de toda nação desenvolvida e da nação que quer se desenvolver, e o Brasil tem isso", enfatizou Monteiro Neto.

O webinar também contou com as presenças dos autores do livro: Rodrigo Portugal, economista da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e pesquisador associado ao Ipea, e Simone Affonso da Silva, pesquisadora de pós-doutorado no Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP).

O debate teve ainda a participação de João Mendes Rocha Neto, diretor do Departamento de Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, e de Tânia Bacelar, professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O debate desta quinta-feira, intitulado Desenvolvimento Regional no Brasil - Estudos e Subsídios para Aprimoramento e Consolidação da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, faz parte de uma série de eventos do tipo organizados pelo Ipea e o MDR, que se estenderão até 2021.