Projeto de Integração do Rio São Francisco

Governo Federal avança para garantir segurança hídrica à Região Metropolitana de Fortaleza

Governo Federal avança para garantir segurança hídrica à Região Metropolitana de Fortaleza

Ministro Rogério Marinho acionou a comporta que libera as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco para o Cinturão das Águas do Ceará

Obras de recuperação na Barragem Jati avançam e moradores voltam a suas casas

Obras de recuperação na Barragem Jati avançam e moradores voltam a suas casas

Inspeções de técnicos do MDR atestam segurança da infraestrutura, que é parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Serviços seguem em regime 24 horas

Presidente Jair Bolsonaro aciona comporta e águas do Projeto São Francisco chegam ao Ceará

Presidente Jair Bolsonaro aciona comporta e águas do Projeto São Francisco chegam ao Ceará

Após encher o Reservatório Jati, primeiro em território cearense, recurso hídrico seguirá para próximas estruturas do empreendimento até a Paraíba e o Rio Grande do Norte

Água para 12 milhões de pessoas

O Projeto de Integração do Rio São Francisco levará água para 12 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Serão contemplados 390 municípios.

O empreendimento hídrico é composto por dois eixos de transferência de água: Norte, com 260 quilômetros de extensão; e Leste, com 217 quilômetros. As estruturas captam a água do Rio São Francisco, no interior de Pernambuco, para abastecer adutoras e ramais que vão perenizar rios e açudes existentes na região.

Foto: Isac Nóbrega/PR

Entenda o Projeto

O Projeto de Integração do Rio São Francisco é a maior obra de infraestrutura hídrica do País, dentro da Política Nacional de Recursos Hídricos. Com 477 quilômetros de extensão em dois eixos (Leste e Norte), o empreendimento vai garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba, onde a estiagem é frequente.

Andamento das Obras

O Eixo Leste, mesmo em pré-operação, segue abastecendo 1,4 milhão de pessoas em 46 municípios, sendo 12 em Pernambuco e 34 na Paraíba. Seu funcionamento evitou que a cidade paraibana de Campina Grande entrasse em colapso hídrico à época em função da maior seca já registrada nos últimos 102 anos.

Programas Socioambientais

O Projeto de Integração do Rio São Francisco destina mais de R€0.88 bilhão do seu orçamento global aos programas ambientais.. Este valor representa mais de 10% dos investimentos do projeto.

As ações desenvolvidas dos 38 programas possibilitam o conhecimento profundo da fauna e flora do bioma Caatinga, além de aspectos econômico-sociais e arqueológicos da região.