Andamento das Obras

Publicado em 18/03/2019 17h21 Atualizado em 07/04/2021 16h04

Andamento das obras

O Projeto São Francisco está em fase final, com 97,48 % de avanço operacional nos dois eixos (data base: março).

Confira o mapa da obra

Eixo Leste

Mais de 1,4 milhão de pessoas em 57 municípios - 21 em Pernambuco e 36 na Paraíba – são beneficiadas, desde 2017, pelo Eixo Leste. Seu funcionamento, mesmo em pré-operação, evitou que a cidade paraibana de Campina Grande entrasse em colapso hídrico à época em função da maior seca já registrada nos últimos 100 anos. 

O Eixo Leste apresenta 97,13% de execução, restando apenas serviços remanescentes e complementares que não comprometem a operação do trecho, tais como tratamento dos taludes, melhoria de estradas de acesso, execução de sistema para águas pluviais e instalação de equipamentos auxiliares de monitoramento.

A água 'Velho Chico' tem percorrido os 217 quilômetros dos canais e das demais estruturas de engenharia, que a conduzem desde Floresta (PE) até o leito do Rio Paraíba, em Monteiro (PB).

O trecho é composto por seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, um túnel, uma adutora e 12 reservatórios que estão em pré-operação - fase de verificação dessas estruturas e dos equipamentos eletromecânicos.  

Ao todo, o Eixo Leste foi projetado para levar água para cerca de 4,5 milhões de pessoas em 168 municípios pernambucanos e paraibanos.

Eixo Norte

Desde março de 2021, a água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco chegou ao Reservatório Castanhão, no Ceará. A barragem, que recebe águas do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), é responsável pelo abastecimento de 4,5 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza.

Desde 2012, o estado do Ceará enfrenta uma das piores crises hídricas da história. A RM de Fortaleza correu riscos de precisar de abastecimento por meio de carro pipa em diversas ocasiões, como em 2016 e 2017. Além de garantir segurança hídrica na região, a liberação das águas possibilitará a realização de testes na estrutura do CAC.

O Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco possui 260 quilômetros de extensão, três estações de bombeamento (EBI 1, 2 e 3), 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis. Todas as estruturas responsáveis pela passagem de água até o Reservatório Caiçara estão concluídas, restando apenas a recuperação da tubulação em Atalho e outros serviços complementares que não comprometem a pré-operação. O total de execução física do trecho é 97,7%.

Quando todas as obras complementares estiverem concluídas e em funcionamento, a expectativa é que o Eixo Norte garanta segurança hídrica a mais de 220 cidades paraibanas, pernambucanas, cearenses e potiguares. Cerca de 6,5 milhões de pessoas contarão com abastecimento de água regular.