Cooperação técnica bilateral

Publicado em 18/01/2021 17h08

O Inep também promove discussões para a introdução de novas avaliações comparativas de larga escala em âmbito internacional e prospectou novos acordos bilaterais. Às exitosas relações cooperativas com organismos internacionais somaram-se o aprofundamento das relações bilaterais com Portugal e as tratativas para novas cooperações com a Espanha, com os Estados Unidos da América (EUA) e com o Reino Unido.

Desde 2014, o Inep tem celebrado acordos interinstitucionais de cooperação com instituições de educação superior portuguesas, conjugando esforços para simplificar a utilização de informações de desempenho nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a seleção de candidatos a ingresso em cursos de graduação em Portugal. Em 2020, por meio do Enem Portugal, o Inep contabilizou 51 acordos vigentes com instituições portuguesas de ensino superior.

Ações cooperativas com o Itamaraty

Com o apoio do Ministério das Relações Exteriores (MRE), o Inep aplica dois de seus exames também no exterior: o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) e o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Nesse último, há aplicações, inclusive, para pessoas privadas de liberdade, dentro de unidades prisionais no exterior.