Sobre

Publicado em 18/01/2021 17h08 Atualizado em 18/01/2021 17h39

O Inep tem como razão institucional produzir informações claras e confiáveis a gestores, pesquisadores, educadores e público em geral, com conteúdos que abranjam tanto temas de extrema complexidade técnica quanto temas de fácil acesso e inteligibilidade ao público leigo, lastreados em bases científicas. O estabelecimento de cooperação técnica e a obtenção de assistência de órgãos e entidades estrangeiras ou internacionais destinados à promoção e ao desenvolvimento das atividades da autarquia são importantes mecanismos de contínua melhoria na produção de indicadores educacionais para o país.

A busca por essas parcerias internacionais faz parte da estratégia de ampliar a expertise em avaliações, pesquisas, estatísticas e estudos educacionais. Nesse sentido, além de ser um centro de excelência nacional em construção de evidências científicas, o Inep compartilha suas experiências com o mundo e atualiza-se com o estado da arte internacional para aperfeiçoamento de todas as suas entregas junto à sociedade brasileira.

As ações internacionais ajudam a estabelecer novos parâmetros de acompanhamento da educação brasileira e auxiliam na tomada de decisão baseada em evidências, sobretudo, em perspectiva comparada. O Inep também contribui para as discussões sobre a qualidade da educação de países com os quais coopera e em diversos fóruns mundiais, haja vista o reconhecimento internacional do trabalho científico desenvolvido pelo instituto.

Visão de futuro

Tendo em vista a expertise requerida ao Inep, de modo que atenda a seu propósito legal, é necessário que o instituto se mantenha continuamente atualizado. Esse desenvolvimento ininterrupto perpassa a qualificação de seu quadro de pesquisadores, técnicos e gestores.

Nos próximos anos, o Inep tenciona ampliar seu escopo de atuação internacional por meio de ações de cooperação técnica internacional que visem à atualização e ao fortalecimento institucional quanto às melhores metodologias, técnicas e tecnologias disponíveis mundialmente em seu campo de atuação. O objetivo é fazer frente às novas demandas por evidências sobre o sistema educacional brasileiro, além dos habituais intercâmbios de experiências exitosas com outros países do globo.