Estudo Internacional de Progresso em Leitura (PIRLS)

Apresentação

O Estudo Internacional de Progresso em Leitura (PIRLS), tradução de Progress in International Reading Literacy Study, é uma iniciativa realizada a cada cinco anos pela International Association for the Evaluation of Educational Achievement (IEA), cooperativa internacional de instituições nacionais de pesquisa, acadêmicos e analistas que trabalham para avaliar, entender e melhorar a educação em todo o mundo.

O PIRLS avalia habilidades de leitura dos estudantes do 4º ano do ensino fundamental, com o objetivo de analisar tendências de compreensão leitora, além de coletar informações sobre os contextos de aprendizagem, para caracterizar o processo de leitura dos estudantes avaliados nos países que participam do estudo. É nessa etapa da escolarização que se vivencia um importante estágio de transição no desenvolvimento da autonomia nas habilidades da leitura. Os estudantes estão superando a etapa do “aprender a ler” e passando a utilizar a leitura para aprender.

A avaliação das habilidades de leitura pelo PIRLS procura contemplar dois eixos: a experiência literária e a aquisição e uso da informação. Para a análise dos resultados, o estudo também considera fatores contextuais que podem influenciar o desempenho de leitura, mediante a aplicação de questionários aos estudantes, professores, diretores e pais ou responsáveis.

Desde sua primeira edição, em 2001, o número de países e economias participantes tem aumentado a cada ciclo. A edição do PIRLS 2021 será a primeira em que o Brasil participará e ocorrerá em uma amostra de escolas públicas e privadas, abrangendo todo o território nacional.

Os resultados do PIRLS permitem que cada país avalie os conhecimentos e as habilidades de leitura de seus estudantes em relação aos demais países participantes. A troca de experiências, a partir dos resultados obtidos, pode contribuir para o permanente aprimoramento da qualidade da educação e para a equidade dos resultados de aprendizagem.

Assim como nos demais estudos e avaliações internacionais dos quais participa, o Inep é o órgão responsável por planejar e operacionalizar a avaliação no país, o que envolve representar o Brasil perante a IEA; colaborar com a seleção de amostra; coordenar a tradução dos instrumentos de avaliação, a aplicação desses instrumentos nas escolas amostradas, a coleta das respostas dos participantes e a codificação dessas respostas; contribuir para a análise dos resultados e a produção do relatório nacional.

Aplicação inédita – A aplicação dos instrumentos do PIRLS no Brasil abrangerá uma amostra de escolas públicas e privadas de todo o território nacional, conforme diretrizes amostrais e critérios estatísticos estabelecidos pela IEA, de modo a manter a padronização do estudo entre os diferentes países participantes. A aplicação dos testes está prevista para ocorrer em outubro de 2021. O PIRLS realiza aplicações em formato eletrônico e em papel. Os países participantes podem optar pelo formato adotado. No Brasil, os testes e questionários serão aplicados em papel. 

Saiba mais