OBSERVATÓRIO COVID-19

Publicado em 26/03/2020 18h32 Atualizado em 24/06/2022 09h40

 covidfaixa2020.png

Diante da emergência da COVID-19, esta página tem como objetivo divulgar as tecnologias que possam ser de utilidade para ações globais e locais e serem capazes de contribuir para solução deste problema, de forma que os atores do Sistema de Inovação brasileiro tenham ferramentas para desempenharem com excelência o seu papel.

 

Estudos do ObTec INPI e Resumo das patentes e pedidos de patentes de tecnologias relacionadas à covid-19 depositados no INPI

Passados um ano e meio da pandemia, o ObTec COVID-19 do INPI passa a exibir um novo formato, dando maior foco às patentes e pedidos de patente que estão sendo publicados no Brasil. Toda semana o ObTec publica uma nova edição que contempla diferentes resumos, que podem ser apreciados no site e baixados através do ícone de Download. Os resumos anteriores ficam arquivados segundo diferentes temas.

Saiba mais clicando (abaixo) nos temas de seu interesse:

   

   


EDIÇÃO 30                                                                                                      08 a 20 de junho de 2022

Nota: Os gráficos possuem dados atualizados até a RPI 2684 publicada em 14 de junho de 2022.      

 Acesse aqui os dados dos pedidos: Planilha de dados

Os processos aqui citados estão disponíveis em Busca Web INPI  

 

MEDICAMENTOS

O pedido de patente de invenção n° BR 112021013807-2 da empresa sueca ASTRAZENECA AB foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a compostos de heteroarila e suas preparações farmacêuticas. A invenção se relaciona adicionalmente com métodos de tratamento ou prevenção de doenças cardiovasculares e métodos de tratamento de sepses ou choque séptico, usando os novos compostos heterocíclicos descritos no presente documento. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

Em 03 de novembro de 2021 foi admitido o trâmite prioritário do pedido de patente de invenção n° BR 102021016375-5 da empresa brasileira GRAL BIOATIVOS LTDA e foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido refere-se a um processo de produção de nanopartículas biogênicas de prata que compreende reduzir a prata, a partir de uma solução de nitrato de prata (AgNO3), com uma solução de extrato de casca de Trichilia catigua (catuaba) como agente redutor. O processo pode compreender ainda a obtenção de soluções de nanopartículas biogênicas de prata coloidal e micelar. Também se refere a nanopartículas biogênicas de prata e aos usos das mesmas. As nanopartículas biogênicas de prata, obtidas pelo processo da presente invenção, possuem importante atividade antimicrobiana, podendo ser aplicadas em materiais e formulações cosméticas, farmacêuticas, medicamentosas e sanitizantes em geral, ou utilizadas para a fabricação de formulações de interesse, com o fim conferir atividade contra microrganismos. O pedido de patente está pendente de decisão, estando em fase de exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 112021019217-4 da empresa americana GENZYME CORPORATION foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a métodos e sistemas para a produção contínua de proteínas recombinantes. Em concretizações particulares, a invenção refere-se a métodos e sistemas usando cromatografia por captura, cromatografia de pós-captura, filtração de vírus, e ultrafiltração/diafiltração para a produção contínua de proteínas recombinantes. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 102020004988-7 da universidade brasileira UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL e HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE GENZYME CORPORATION foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a uma composição nasal para entrega de enzima recombinante. Descreve a composição de uma formulação contendo a isoflavona genisteína como vetor para a forma recombinante da enzima iduronidase, com tamanho nanométrico (menor 1,0 micrômetro) a fim de ser administrado in vivo para fins de tratamento da mucopolissacaridose tipo I. A presente invenção pertence ao campo da nanotecnologia e consiste em formulações que podem ser utilizadas nas áreas farmacêutica e médica. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 112021017853-8 da empresa americana GENERATION BIO CO. foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a vetores de ceDNA que têm estrutura linear e contínua para entrega e expressão de um transgene. Os vetores de ceDNA compreendem um cassete de expressão flanqueado por duas sequências ITR, em que o cassete de expressão codifica um transgene que codifica proteína FVIII. Alguns vetores de ceDNA compreendem ainda elementos cis-reguladores, incluindo chaves reguladoras. São ainda fornecidos neste documento métodos e linhagens celulares para expressão confiável de genes de proteína FVIII in vitro, ex vivo e in vivo com o uso dos vetores de ceDNA. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 112021019022-8 das empresas espanholas ESTEVE PHARMACEUTICALS, S.A. e UNIVERSITAT AUTÒNOMA DE BARCELONA foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a métodos para a produção de altas titulações de vetores virais recombinantes, mais particularmente vetores AAV recombinantes, de modo que os métodos podem ser efetivamente empregados em uma escala que é adequada para a aplicação prática de técnicas de terapia genética. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 112021019120-8 da empresa americana BAYLOR COLLEGE OF MEDICINE foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente refere-se a linhagens de células T específicas para múltiplos vírus respiratórios e métodos de uso das mesmas para tratar e prevenir infecções virais. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

O pedido de patente de invenção n° BR 112021019476-2 da empresa israelense NOVAREMED LTD. foi publicado em 30 de novembro de 2021. O pedido de patente de invenção refere-se a uma forma polimórfica de (S,S)-2-N(3-O- (propan-2-ol)-1-propil-4-hidroxibenzeno)-3-fenilpropilamida ou, de forma sinônima, de N-[2-(4-Hidroxi-fenil)-1-(2-hidroxi-propoximetil)-etil]-3-fenil-propionamida e para o tratamento ou profilaxia de dor, inflamação e / ou autoimunidade e fornece um método para tratar ou prevenir a dor, inflamação e / ou autoimunidade, bem como o uso dessa forma polimórfica na fabricação de medicamentos para o tratamento ou profilaxia de dor (de preferência nociceptiva ou neuropática), inflamação e / ou autoimunidade em humanos e / ou animais não humanos. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

VACINAS

 

O pedido de patente de invenção n° BR 112021023579-5 da empresa alemã BOEHRINGER INGELHEIM VETMEDICA GMBH foi publicado em 08 de fevereiro de 2022. O pedido de patente refere-se a um inalador com um dispositivo de proteção para proteger o inalador contra a remoção ou substituição do cartucho, com um indicador de prontidão para exibir um estado não pronto para acionar ou um estado pronto para acionar, um indicador de respiração, um inalador com este, e um inalador com uma inserção para colocar o inalador em um estado pronto para acionar e/ou para quebrar um selo à prova de manipulação. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

 

O pedido de patente de invenção n° BR 112021023209-5 da empresa suíça AC IMMUNE SA foi publicado em 18 de janeiro de 2022. O pedido de patente refere-se a uma composição de vacina lipossomal, compreendendo um antígeno de peptídeo derivado de ß-amiloide (Aß) exibido na superfície do lipossoma que compreende os aminoácidos 1-15 de Aß e um adjuvante compreendendo monofosforil lipídeo A (MPLA) é usado para induzir uma resposta imune anti-Aß em um sujeito humano sem induzir um evento adverso sério. O antígeno de peptídeo derivado de ß-amiloide (Aß) (SEQ ID NO: 1) é administrado em uma quantidade de 300-2000 µg, preferencialmente em torno de 1000 µg. O MPLA é administrado numa quantidade de 15-600 µg, de preferência de 175 µg. A composição da vacina lipossomal é administrada por via intramuscular ou subcutânea. O pedido de patente está pendente de decisão, aguardando o início do exame técnico no INPI.

 

 

 

                             

NOTA: TODAS as edições do ObTec estão disponíveis para download no ícone Histórico Edição do Dia (abaixo)


 

 Resumos de artigos científicos e tecnológicos e notícias relacionados à covid-19 

Ao longo dos meses março de 2020 até agosto de 2021 foram divulgados no site do ObTec os resumos de artigos científicos relacionados à covid-19 de maior relevância; que eram selecionados diariamente nos sites das principais revistas científicas. Após este período o ObTec passou a disponibilizar o resumo das patentes e pedidos de patente relacionados a tecnologias de prevenção e tratamento da covid-19 que foram depositados no INPI.

Saiba mais clicando (abaixo) nos temas de seu interesse:  

MEDICAMENTO6C2.png VACINA6C2.png TRATAMENTO6C2.png  DIAGNOSTICO6C2.png

RESPIRADOR6C3.png EQUIPAMENTO6C3.png MASCARA6C3.png  TELEMEDICINA6C3.png

Matérias relacionadas à covid-19

PRIORITARIO6C4.png   NORMAS6C1.png 

Sobre o Observatório de tecnologias Relacionadas à covid-19 do INPI (ObTec)