Sanidade Vegetal

Publicado em 18/11/2016 15h45 Atualizado em 06/05/2020 12h30

Sanidade Vegetal

Exigências Fitossanitárias As exigências fitossanitárias, imprescindíveis para a proteção da vida vegetal, são normas e medidas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura e regulamentações internacionais, que protegem a cadeia produtiva e evitam a contaminação e disseminação de pestes e doenças no território nacional. Contribuem para preservação da saúde humana e dos rebanhos. Acordos e Convenções Internacionais Mais informações sobre a Convenção Internacional para Proteção dos Vegetais (CIPV) , um tratado internacional com o objetivo de impedir a propagação e a introdução de pragas das plantas e dos produtos derivados, assim como promover medidas apropriadas para controlá-las, e a Comissão de Medidas Fitossanitárias (CMF), que governa a Convenção e aprova as Normas Internacionais para Medidas Fitossanitárias (NIMF). As normas são preparadas como parte do programa global de política e assistência técnica em quarentena vegetal da Organização para a Agricultura e a Alimentação (FAO). Campanhas e Programas Fitossanitários Saiba mais sobre os Programas de Controle e Prevenção de Pragas. Planos de Contingência - Pragas Ausentes Conheça os Planos de Contingências de Pragas Controle de Trânsito de Vegetais Base Legal e Instrumentos do Controle do Trânsito Vegetal, Confira. Análise de Riscos de Pragas Análise de Risco de Pragas determinar se um organismo é considerado uma praga, leia mais. Importação A legislação brasileira e os acordos internacionais para o trânsito de produtos vegetais e insumos agrícolas entre países. Exportação - Sanidade Vegetal Informações sobre exportação em Sanidade Vegetal. Organismos Geneticamente Modificados (OGM - Transgênicos) Conheça os principais setores envolvidos no manejo de tecnologias transgênicas no Brasil. Sistema de Requisitos Fitossanitários para Exportação – T-Rex Acesse aqui o Sistema de Requisitos Fitossanitários para Exportação – T-Rex