Notícias

Wi-fi na Praça

MCom conecta 1,3 mil pontos de internet gratuita e ilimitada no Maranhão

Maioria das conexões, 88%, cobre escolas públicas. Demais pontos atendem unidades de saúde e de segurança pública, aldeias indígenas e espaços comunitários de inclusão digital
Publicado em 29/10/2020 19h36 Atualizado em 29/10/2020 19h44
mcom_maranhaojpg.jpeg

Facilidade para acessar serviços públicos e conteúdos didáticos na palma da mão e de graça. Agora, é a realidade de cerca de três mil maranhenses que vivem em áreas remotas de Balsas, Açailândia e Imperatriz. Em agenda nesse último município, nesta quinta-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, inauguraram mais um ponto de internet ilimitada. Em todo o estado, já são 1.297 antenas de conexão por satélite.

A maioria das antenas, 88% delas, está localizada em escolas públicas e o restante cobre unidades de saúde e de segurança pública, aldeias indígenas e espaços comunitários de inclusão digital. Em Imperatriz, o ponto de rede, que faz parte do programa Wi-Fi na Praça, fica em uma escola municipal do povoado conhecido como “KM 1700”.

Além de ser fonte de conhecimento aos alunos e apoio pedagógico aos professores, quem estiver em um raio de 200 metros da antena poderá contar com internet ilimitada, de 20 mega, no celular ou no computador. É o caso também de uma escola pública do município de Balsas. Já em Açailândia, o sinal está disponível e será instalado em estabelecimento público indicado pelo município. A conexão integra o projeto “Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (GESAC)", que oferta internet com 10 mega de velocidade.

"Já são quase 1.300 pontos de internet que o presidente Bolsonaro trouxe para o povo do Maranhão. É Tarcísio trazendo estradas, Rogério trazendo obras de saneamento, Heleno cuidando da segurança, e a gente trazendo internet para o povo ter direito ao acesso gratuito", afirmou Fábio Faria, referindo-se ao trabalho dos ministros da Infraestrutura, do Desenvolvimento Regional, do Gabinete de Segurança Institucional e da própria pasta das Comunicações, presentes no evento.

A iniciativa do Ministério das Comunicações permite que o cidadão agende consultas médicas na rede pública, acesse serviços do INSS e pague de contas de luz e água, por exemplo. É um meio também de estimular o comércio local on-line e ofertar entretenimento à população. No Brasil, já são 12 mil pontos de conexão em 2.810 cidades. As antenas são instaladas pela Telebras.

4G no Maranhão

Cerca de 15 mil habitantes passaram a ter cobertura 4G em regiões remotas de sete municípios maranhenses neste ano: Alto Alegre do Pindaré, Araguanã, Boa Vista do Gurupi, Buriticupu, Miranda do Norte, Presidente Dutra e São Domingos do Maranhão. Até 2023, serão mais de 100 cidades atendidas, alcançando 150 mil habitantes de áreas rurais. Em todo o país, este ano, a cobertura 4G chegou a 149 localidades, beneficiando cerca de 130 mil novos usuários.