Sobre

eagu.png

Uma organização pulverizada e com atribuições complexas como a AGU necessita que seus servidores detenham os mais elevados níveis de conhecimento, com habilidades técnicas e operacionais que os qualifiquem para atuar de modo ágil e inteligente nas respostas às dificuldades de um panorama judicial incerto e de uma administração pública que requer padrões superiores de eficiência e segurança jurídica.

É exatamente para enfrentar tantos desafios que a Escola da Advocacia-Geral da União se vale de sua atribuição de capacitação para, não apenas disseminar informações, mas efetivamente promover o desenvolvimento de pessoas por meio da adequada gestão do conhecimento, pela busca constante da inovação e assimilação de novas ferramentas e tecnologias que possam permitir que a AGU se consolide como paradigma da advocacia publica do país.

Histórico

Prevista inicialmente na Lei Orgânica da AGU em 1993, a instituição da Escola da AGU se deu com a Portaria nº 1.294, de 2000, como Centro de Estudos Victor Nunes Leal, já trazendo os objetivos de promoção de atividades, formação continuada e complementação dos conhecimentos jurídicos dos membros e servidores da AGU.

Em 2005, com o Decreto nº 7.392 de 2010, o Centro de Estudos passou a ser denominado Escola da Advocacia-Geral da União Ministro Victor Nunes Leal.