Agricultura Digital

Publicado em 18/11/2020 12h18 Atualizado em 08/12/2021 16h11

A Agricultura Digital como foco das políticas de inovação para o setor agropecuário brasileiro define prioridades e campos tecnológicos levando-se em conta a integração de áreas importantes como a conectividade, a agricultura e pecuária de precisão, os avanços em inteligência artificial, machine learning, mineração de dados, realidade aumentada, cloud computing, big data, internet das coisas, computação holográfica e outras tecnologias. Bem como, a visão de novos modelos de negócio, entendendo o contexto de inovações crescentes para gerar emprego e renda tanto para as empresas como para os produtores rurais.

Neste contexto, o MAPA, MCTI, CNA e OCB coordenam, em parceria com centenas de instituições, a Câmara Agro 4.0 - instância estratégica de discussão e integração de esforços para agricultura digital no Brasil. O Plano de Ação da Câmara Agro 4.0 e seus desdobramentos podem ser acessados abaixo.

Plano de Ação da Câmara do Agro 4.0

Desenvolvimento profissional - Capacite-se!

EADs

Embrapa: e-Campo

Portal Senar FIC

Aplicativos

Bibliotecas

Estante Senar

Mapeamento dos Ecossistemas de Inovação no Agronegócio – ABDI

Potencialidades e Desafios do Agro 4.0 (livro em PDF)

Conectividade Rural

A conectividade é o elemento de infraestrutura essencial para a agricultura digital. A partir da ampliação da conectividade rural, os produtores, pequenos, médios e grandes, terão acesso a mais conhecimento, mais tecnologia e oportunidades que transformarão os processos e sistemas produtivos. Além disso, a importância da expansão da conectividade no campo pode ser comparada à universalização do acesso à energia elétrica, a qual atende a 99,8% da população brasileira, a melhoria do acesso à internet, por meio das redes 3G, 4G e, a recém-chegada, 5G, será um atalho fundamental para a difusão de tecnologias inovadoras a todos os cantos do País.

CENÁRIOS E PERSPECTIVAS DA CONECTIVIDADE PARA O AGRO (livro em PDF)