Notícias

Desempenho

Setor mineral supera expectativas e contribui para impulsionar a retomada da economia

Em 2020, o faturamento do setor foi de R$ 209 bilhões
Publicado em 22/02/2021 12h15
Setor MIneral

O setor é responsável por quase 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) - Foto: Divulgação/Agência Brasil

O Ministério de Minas e Energia (MME) divulgou na última semana os dados sobre o faturamento do setor mineral, que em 2020 atingiu a marca de R$ 209 bilhões. Esse desempenho superou as expectativas e impactou positivamente o setor da mineração no País. Os dados são da Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (SGM/MME) ao fazer um balanço dos resultados obtidos pelo setor ao longo do ano passado, cuja arrecadação de tributos foi de R$ 72,3 bilhões.

Segundo o MME, o setor, que hoje é responsável por quase 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB), é um dos mais promissores para a consolidação e o fortalecimento da economia do País. “É preciso popularizar a imagem da mineração brasileira como forma de explorar todo o potencial do setor, que traz tantos benefícios gerando emprego e renda às localidades”, destaca o ministro Bento Albuquerque.

Dados estatísticos confirmam a contribuição do setor mineral para um saldo positivo em relação ao comércio exterior em 2020. O aumento foi de 31%, passando de quase US$ 25 bilhões, em 2019, para mais de US$ 32 bilhões, em 2020. Neste cenário, merecem destaque as exportações de minério de ferro e ouro, que tiveram variação positiva de 16% e 36% (em US$), respectivamente, na comparação com 2019.

Dentre os tributos, a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM) obteve crescimento significativo, passando de R$ 4,5 bilhões, em 2019, para R$ 6,1 bilhões em 2020. Um resultado que trará benefícios diretos aos estados e à população de milhares de municípios brasileiros, pois são recursos normalmente aplicados em melhorias em infraestrutura, qualidade ambiental, saúde e educação.

Os títulos minerários também obtiveram resultados positivos. Foram protocolados 10.746 requerimentos, aprovados 1.444 relatórios finais de pesquisa, concedidas 527 portarias de lavras, 1.154 licenciamentos e 265 Permissões de Lavra Garimpeira (PLG).

Com informações do MME