Notícias

Produção mineral

Faturamento do setor de mineração no Brasil tem alta de 36%, em 2020

A Compensação Financeira pela Exploração Mineral passou de R$ 4,5 bilhões em 2019, para R$ 6,1 bilhões, em 2020
Publicado em 04/02/2021 20h23 Atualizado em 05/02/2021 12h16
Faturamento do setor de mineração no Brasil tem alta de 36% em 2020

O resultado trouxe um aumento de R$ 72,2 bilhões na arrecadação de impostos. - Foto: EBC

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) divulgados nessa quinta-feira (4), o faturamento do setor de mineração no Brasil somou R$ 209 bilhões em 2020, alta de 36% em relação a 2019 que congrega mais de 130 associados e é responsável por 85% da produção mineral no Brasil.

O resultado trouxe um aumento de R$ 72,2 bilhões na arrecadação de impostos. Destaque para a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), que passou de R$ 4,5 bilhões em 2019 para R$ 6,1 bilhões em 2020, beneficiando diretamente estados e municípios, em especial em Minas Gerais e Pará.

“A alta de cerca de 29% do dólar e o aumento do preço das commodities influenciaram os resultados, mas em uma proporção que não descaracteriza o desempenho setorial, na medida em que a produção mineral cresceu 2,5%”, afirmou o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Alexandre Vidigal.

Dados de janeiro a setembro mostram que foram contratados cerca de 5 mil trabalhadores no setor, número expressivo quando considerada a geração de empregos indiretos da ordem de 1 para 11 ao longo das cadeias produtivas.

Segundo o Ibram, “foi decisiva a contribuição do setor mineral para manter positivo o saldo do comércio exterior brasileiro em 2020. O saldo mineral aumentou 31%, passando de quase US$ 25 bilhões em 2019 para mais de US$ 32 bilhões em 2020”. Contribuíram para esse saldo positivo as exportações de minério de ferro e ouro, os quais tiveram, respectivamente, variação positiva de 16% e 36% (em US$) na comparação com 2019.

“Os dados apresentados mostram claramente a pujança e a importância fundamental da indústria mineral para o país, que vem se destacando na retomada da economia brasileira, afetada pela crise da pandemia da Covid-19”, completou Vidigal.

Com informações do Ministério de Minas e Energia