Notícias

Ministério da Economia publica licitação do TáxiGov para órgãos e entidades localizados na Bahia.

A iniciativa da Central de Compras, da Secretaria de Gestão, visa expandir o modelo já em uso no Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo para demais Estados.
Publicado em 26/08/2020 00h00 Atualizado em 01/09/2020 18h41

A Central de Compras do Governo Federal publicou o Pregão Eletrônico n° 05/2020, do tipo menor preço, para registro de preços objetivando a contratação de serviço de transporte terrestre dos servidores, empregados e colaboradores a serviço dos órgãos e entidades localizados em Salvador e parte da Região Metropolitana, TáxiGov.

A licitação permite a contratação de serviços de táxi ou de transporte individual de passageiros, ou prestação de serviço de transporte por locação de veículos, com área de atuação na Bahia. O contrato terá duração de 12 meses. Entre as exigências do contrato está que os carros tenham quatro portas, ar-condicionado e monitoramento via aplicativo com GPS.

O valor anual estimado do Pregão é de R$ 3.409.229,12 (três milhões, quatrocentos e nove mil, duzentos e vinte e nove reais e doze centavos), abrangendo 22 (vinte e dois) órgãos e entidades participantes, com previsão anual de 968.531 (novecentos e sessenta e oito mil quinhentos e trinta e um) quilômetros serem rodados. Há uma expectativa de economia superior a R$ 4,8 milhões ao ano, que equivale a 58,7% sobre o valor atualmente pago com o transporte de servidores nestas unidades.

Entre os órgãos que serão atendidos estão a Universidade Federal da Bahia (UFBA), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), Instituto Federal Baiano (IFBAIANO), Tribunal Regional do Trabalho da 5° Região (TRT), diversas agências reguladoras e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Cerca de 22 mil servidores poderão ser atendidos com a implantação do TáxiGov.

A licitação foi publicada no Diário Oficial da União – DOU, do dia 26 de agosto de 2020, e o respectivo Edital está disponível no endereço www.comprasgovernamentais.gov.br, UASG 201057, podendo as propostas das empresas interessadas serem apresentadas até a data da realização da sessão, dia 10 de setembro de 2020, às 10 horas.

Expansão

A licitação faz parte do projeto de expansão do TáxiGov para órgãos e entidades localizados nos demais Estados da federação. A expectativa é de que, ainda neste semestre, o modelo esteja implantado também em Florianópolis, Cuiabá, Belo Horizonte, Natal e Porto Alegre.

O TáxiGov, serviço de transporte de servidores por meio de aplicativo, já está presente em 86 órgãos e entidades. Até o momento, a medida já gerou uma economia de R$ 25 milhões, representando redução de mais de 60% dos gastos do governo com transporte.

“Esse resultado demonstra o quanto a ampliação do TáxiGov é importante para a modernização da administração pública. Esse crescimento reduz gastos e libera recursos para, por exemplo, investimento em melhores serviços ao cidadão”, explica o Secretário de Gestão, Cristiano Heckert.

A adoção do TáxiGov também possibilitou o leilão de 137 veículos, que deixaram de ser utilizados pelos órgãos da administração pública. A venda desses carros resultou numa arrecadação de R$ 1,9 milhão.

O modelo incorpora o conceito de serviços por demanda, trazendo outros benefícios como a avaliação dos serviços pelo usuário final, maior transparência com o uso intensivo de tecnologia, menor esforço de gestão dos serviços e mitigação da ociosidade.

“Nosso objetivo é melhorar os mecanismos de gestão existentes e a qualidade do atendimento ao servidor público usuário do serviço, com redução do tempo de espera em 22% na comparação com os modelos pré-TáxiGov, e aumento da disponibilidade de veículos”, enfatiza o Secretário.