Notícias

Imunização

Mais dois milhões de doses de vacina contra a Covid-19 chegam ao Brasil

Segundo lote de doses Oxford/AstraZeneca foram importadas do Instituto Serum, da Índia
Publicado em 23/02/2021 12h18 Atualizado em 23/02/2021 12h19
Imunizante produzido na Índia.

Em janeiro, o Brasil já havia recebido dois milhões de doses do imunizante produzido na Índia. - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Em continuidade ao Plano de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, chegaram ao Brasil, nesta terça-feira (23), mais dois milhões de doses de vacinas Oxford/AstraZeneca importadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Instituto Serum, na Índia, um dos centros produtores do imunizante.

Esse é o segundo lote de doses importadas da Índia recebido para ampliar a vacinação dos grupos prioritários. Em janeiro, o Brasil já havia recebido dois milhões de doses do imunizante produzido na Índia. O novo montante se soma aos 11,8 milhões de doses já distribuídas pelo Governo Federal para vacinar os brasileiros. As doses são entregues aos estados, que, por sua vez, organizam a logística de envio aos municípios.

A iniciativa de importar mais doses é parte de uma estratégia paralela à produção de vacinas no Brasil, com o objetivo de aumentar a oferta de imunizantes frente ao quadro epidemiológico da Covid-19 no País. No dia 27 de fevereiro, o Brasil deve receber também mais dois lotes de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), com o equivalente de insumo para produção de cerca de 12 milhões de doses da vacina de Oxford pela Fiocruz, no Brasil.

Do final de fevereiro até julho deste ano, o Ministério da Saúde prevê distribuir aos estados mais de 230,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Na última semana, o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, assegurou mais 54 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. Junto com outras 46 milhões de doses já garantidas, 100 milhões de doses serão distribuídas aos estados até setembro. 

Com informações do Ministério da Saúde