Notícias

Combate a incêndios

Governo Federal repassa R$ 3,3 milhões para combate a incêndios florestais em Goiás

Os recursos vão possibilitar o combate às chamas na região da Chapada dos Veadeiros e possibilitarão o trabalho de bombeiros militares e outros profissionais
Publicado em 13/10/2021 10h54
Repasse combate a incêndios

A Defesa Civil Nacional vem monitorando a situação dos incêndios florestais pelo Centro-Oeste em parceria com os gestores de estados e municípios - Foto: Divulgação/Agência Brasil

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse  R$ 3,3 milhões para ações de combate a incêndios florestais em Goiás. Os recursos vão possibilitar o combate às chamas na região da Chapada dos Veadeiros e possibilitarão o trabalho de bombeiros militares e outros profissionais que auxiliam no combate.

O repasse será usado para a compra de equipamentos de combate às chamas, aquisição de combustível e materiais para auxiliar os combatentes, além do aluguel de aeronaves. Além disso, os recursos também serão destinados à alimentação e aquisição de itens de limpeza e higiene e barracas para os 150 profissionais envolvidos na operação.

A Defesa Civil Nacional vem monitorando a situação dos incêndios florestais pelo Centro-Oeste em parceria com os gestores de estados e municípios. Esse acompanhamento tem por objetivo prestar o apoio necessário, além de levantar necessidades que possam surgir para melhor resposta ao desastre. As informações são compiladas por meio de relatórios diários de monitoramento.

Goiás é o segundo estado do Centro-Oeste a receber recursos específicos para o combate aos incêndios florestais. Em agosto, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) já havia autorizado a liberação de R$ 8,6 milhões para Mato Grosso do Sul.

Como solicitar 

Para solicitar recursos federais para ações de defesa civil, os estados e municípios afetados por desastres naturais devem ter decretado situação de emergência ou estado de calamidade pública. Em seguida, o reconhecimento federal deve ser solicitado ao MDR, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). O pedido deve atender aos critérios da Instrução Normativa n. 36/2020.

Com informações do MDR