Notícias

Concessão

Leilão dos serviços de água e esgoto da Cedae atenderá 12 milhões de pessoas

Concessão dos serviços gerará 40 mil empregos diretos
Publicado em 03/05/2021 18h19
Cedae

Companhia terá investimentos de R$ 27 bilhões em 35 anos de contrato - Foto: Júlio Nascimento/PR

Com o leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) do Rio de Janeiro, realizado no dia 30 de abril, a Cia irá receber, em 35 anos, cerca de R$ 27,1 bilhões em investimentos para melhoria dos serviços públicos de fornecimento de água e esgotamento sanitário e dos serviços complementares. A cerimônia contou a participação do ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.

A concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário atenderá em torno de 12 milhões de pessoas no estado, 90% da população coberta pela Cedae. Vai gerar mais de 40 mil empregos diretos e indiretos e investimentos de mais de R$ 27 bilhões durante os 35 anos de contrato, sendo R$ 12 bilhões nos cinco primeiros anos.

Ao todo, 29 municípios atualmente atendidos pela Cedae, incluindo a capital, tiveram os serviços concedidos à iniciativa privada. Para tanto, o projeto foi dividido em quatro blocos de concessões. A Cedae continuará responsável pela captação, tratamento e fornecimento de água para as empresas vencedoras em 13 municípios da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, com as operações dos sistemas Guandu, Imunana-Laranjal, Lajes e Acari

O objetivo da concessão é a universalização do serviço de água e o acesso à rede de esgoto para 90% da população dessas localidades até o 12º ano do contrato (dependendo do município). Atualmente, 87% dos moradores das áreas que serão atendidas têm acesso a água e apenas 44% possuem tratamento de esgoto.

Com informações dos ministérios da Economia e do Desenvolvimento Regional