Notícias

Desenvolvimento

Começam os testes no Ramal do Agreste, parte da Integração do Rio São Francisco

Juntamente com a Adutora do Agreste, cerca de 2,2 milhões de pessoas serão beneficiadas com água do Eixo Leste
Publicado em 19/02/2021 16h51 Atualizado em 19/02/2021 16h53
Começam os testes no Ramal do Agreste, parte da Integração do Rio São Francisco

Integração do Rio São Francisco é o maior empreendimento hídrico do País, totalizando 477 quilômetros de extensão. - Foto: Alan Santos´/PR

Nesta sexta-feira (19), em mais uma etapa do Projeto de Integração do Rio São Francisco, para garantir água aos nordestinos que enfrentam a seca, foram iniciados os testes do Ramal do Agreste. As comportas que deram passagem à água foram acionadas no reservatório de Barro Branco, em Sertânia (PE). Em conjunto, as estruturas irão distribuir a água do Eixo Leste da Integração para até 2,2 milhões de pessoas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro,  acompanhou o acionamento. “Água é vida para este povo sofrido do nosso Nordeste. Isso é mais do que ganhar na mega sena. A água não tem preço”, afirmou.

Ramal do Agreste

Com 70,8 quilômetros de extensão e capacidade de vazão de 8 mil litros de água por segundo, o ramal levará as águas do Eixo Leste para a região de maior escassez hídrica de Pernambuco. 84,51% do ramal já está concluído e a entrega está prevista para junho de 2021.

O Ramal do Agreste está orçado em R$ 1,67 bilhão. Cerca de 2,6 mil trabalhadores atuam no empreendimento que, além de levar água a quem precisa, gera emprego e renda. O Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco está com 97,13% de execução, beneficiando 57 municípios, sendo 21 em Pernambuco e 36 na Paraíba.

Integração do Rio São Francisco

O maior empreendimento hídrico do País, conta com 477 quilômetros de extensão. A obra está com 97,48% de execução física, somando mais de R$ 12 bilhões em investimentos do Governo Federal.

O complexo formado pelos eixos Norte e Sul e as obras complementares permitirá levar segurança hídrica e desenvolvimento aos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), 390 municípios serão beneficiados, atingindo cerca de 12 milhões de pessoas.

 Com informações do gov.br