Programas e Bolsas no País

Publicado em 19/09/2020 13h15 Atualizado em 18/11/2020 10h37

Portal de Periódicos      

Como funciona o Portal de Periódicos?

O acesso ao conteúdo assinado pelo Portal de Periódicos CAPES (http://www.periodicos.capes.gov.br) é realizado a partir de computadores ligados às redes das instituições participantes ou por elas autorizados, sem necessidade de cadastro ou login. Os terminais estão instalados nas dependências das instituições, como bibliotecas, laboratórios, escritórios de trabalho e outros locais.

Qualquer tipo de acesso feito fora dessas condições permitirá apenas a utilização do conteúdo de acesso livre disponível no Portal e que compreende, entre outros, periódicos nacionais, publicações e e-books de acesso livre, banco de teses da CAPES, bem como algumas bases de resumos e patentes gratuitas.

Lembramos que o cadastro no "Meu Espaço" não habilita o acesso remoto. A ferramenta permite apenas inscrição nos treinamentos on-line; acesso ao certificado de participação após os treinamentos; recebimento de informativos enviados aos usuários; registro de artigos e alertas de pesquisas realizadas no acervo; criação de lista de bases de dados favoritas.

Caso tenha interesse em acessar remotamente o conteúdo assinado do Portal, sugerimos que seja feita uma consulta à biblioteca ou equipe de tecnologia da sua instituição sobre a possibilidade de utilização desse tipo de serviço.

Reiteramos que as condições para obtenção e utilização do acesso remoto são de responsabilidade única e exclusiva de cada instituição participante, mesmo aquelas que participam da Comunidade Acadêmica Federada (CAFe).

Como acessar o Portal de Periódicos estando no exterior?

Primeiramente gostaríamos de confirmar se você já começou a receber a bolsa e se já se encontra no país onde deverá fazer seu curso. O acesso remoto só é ativado neste momento. Em seguida, solicitamos que confirme os procedimentos que devem ser seguidos:

1. Acesse o Portal de Periódicos (http://www.periodicos.capes.gov.br)

2. Clique no link ACESSO CAFE disponível no topo da página

3. Uma lista de instituições participantes da CAFE será apresentada. Você deve selecionar a opção COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR.

4. Na nova tela que será apresentada, você deve incluir o login e senha encaminhados na mensagem informada abaixo. O login é seu número de CPF (sem ponto, nem hífen).

5. Após a identificação você será novamente redirecionado para o Portal. Caso já possua cadastro, ele solicitará sua autorização para unificar o cadastro do Portal com o cadastro da Capes. Isso só será necessário uma vez. Caso ainda não possua, você será redirecionado normalmente para a página inicial para iniciar sua pesquisa.

Caso não se lembre da senha, solicitamos que acesse o sistema Cadastro de Usuário através do link http://sicapes.capes.gov.br/ e peça uma nova senha através do link “Esqueci minha senha”. Informe o CPF e o código de segurança e selecione a opção “Requisitar nova senha”. Após esse procedimento, chegará ao e-mail cadastrado uma validação que deve ser feita em até 15 minutos. Após a validação, você receberá outro e-mail com a senha definitiva. Vale lembrar que se não for validado dentro de 15 minutos, será necessário efetuar novamente a requisição de nova senha.

Caso não receba a nova senha ou verifique que o e-mail indicado não está atualizado, solicitamos que entre em contato com a  Central de Atendimento da CAPES pelo 0800 616161 ou pelo e-mail faleconosco@capes.gov.br, informando seu número de CPF e indicando a  necessidade de atualização do e-mail, conforme orientação veiculada na página da CAPES (vide: http://www.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_pfaq&Itemid=260). Talvez seus dados estejam desatualizados e por isso não é possível recuperar uma nova senha para realizar o acesso remoto via CAFe ao Portal de Periódicos.

É possível acessar informações de conteúdos não assinados?

No caso de periódicos não assinados ou mesmo de conteúdos fora do período de assinatura, é possível acessar gratuitamente apenas a tabela de conteúdo ou índice dos periódicos, a referência bibliográfica e o resumo dos artigos.

Para verificar a disponibilidade de acesso ao conteúdo desejado, faça uma pesquisa no Portal de Periódicos (http://www.periodicos.capes.gov.br) pela opção BUSCAR PERIÓDICO. O resultado da pesquisa apresentará a informação sobre a disponibilidade de acesso ao conteúdo e ainda o período de assinatura disponível.

Para verificar as informações do periódico é preciso clicar no título desejado. Aparecerá uma aba à direita com as informações: período de disponibilidade; link para acesso à revista/artigo; métricas (JCR, índice H, Qualis); categoria (assunto cadastrado); e outros títulos que o periódico já teve. É importante destacar que nem sempre as informações de métricas e outros títulos estarão presentes.

Para obter o texto completo de artigos não disponíveis via Portal de Periódicos, o usuário poderá encomendá-los online diretamente do fornecedor, ou através de programas de comutação bibliográfica, como o COMUT, que localiza documentos em bibliotecas brasileiras e também no exterior e fornece as cópias solicitadas. Consulte sua biblioteca para obter mais informações sobre este serviço. Em ambos os casos, unicamente o usuário é responsável pelo pagamento do material, não cabendo a Capes ou às instituições qualquer responsabilidade referente a estas despesas.

Como identificar um problema de acesso?

As principais informações que a equipe de acesso precisa receber para iniciar o atendimento são:

- Vinculação institucional (a qual IES o usuário está vinculado, pois pode ocorrer situações em que o conteúdo não está disponível para determinadas instituições);

- Forma de acesso ao Portal (por identificação de IP, acesso remoto – CAFE, VPN, proxy – ou acesso livre). Para cada modalidade de acesso existe um procedimento/fluxo de identificação do problema;

- Conteúdo desejado (é preciso que o indique dados sobre o conteúdo que deseja acessar, como título do periódico, código ISSN, volume, número e ano; título do livro, código ISBN; ou título da base de dados;

Em qualquer situação, é importante que o usuário envie um print da tela com o endereço URL aparecendo.

O relato deve ser encaminhado ao e-mail acessoperiodicos@capes.gov.br.

Como obter nome de usuário e senha para acesso remoto via CAFe?

Um dos serviços oferecidos pela Comunidade Acadêmica Federada (CAFe) é o acesso remoto ao conteúdo assinado do Portal de Periódicos CAPES disponível para sua instituição. 

Para utilizar a identificação por meio da CAFe, a instituição participante deve aderir ao serviço, provido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Caso sua instituição faça parte da federação, é necessário consultar a equipe de TI ou biblioteca institucional para obter nome de usuário e senha para acesso.

Como uma instituição pode participar do Portal (convênio)?

O acesso ao Portal de Periódicos CAPES é concedido gratuitamente a instituições de ensino e pesquisa que atendem a algum dos seguintes critérios:

  • Instituições federais de ensino superior;
  • Instituições de pesquisa com pós-graduação e instituições públicas de ensino superior, estaduais e municipais com pós-graduação com avaliação quadrienal nota 4 (quatro) pela CAPES;
  • Instituições privadas de ensino superior com pelo menos um curso de doutorado com avaliação quadrienal nota 5 (cinco) ou superior pela CAPES;
  • Instituições com programas de pós-graduação recomendados pela CAPES e que atendam aos critérios de excelência definidos pelo Ministério da Educação. Esses usuários acessam parcialmente o conteúdo assinado pelo Portal de Periódicos.

As instituições participantes são selecionadas considerando-se a missão da CAPES de promover a elevação da qualidade do ensino superior através do fomento à pós-graduação e formação de professores. Instituições que não se enquadram na regulamentação das participantes gratuitas do programa e desejam acessar o conteúdo assinado pelo Portal de Periódicos devem entrar em contato direto com os editores e representantes responsáveis. A CAPES não se responsabiliza pela assinatura e pagamento do contrato, nem pela execução e manutenção do acesso.

O que é Comunidade Acadêmica Federada (CAFe)?

A Comunidade Acadêmica Federada - CAFe é uma federação que estabelece uma relação de confiança entre instituições de ensino e pesquisas brasileiras. A responsabilidade de manter o repositório centralizado com dados sobre integrantes da federação é da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP.

As instituições que têm interesse em participar devem acessar o endereço https://www.rnp.br/servicos/gestores-de-ti/hospedagem-e-armazenamento/cafe para verificar os pré-requisitos. Para outras informações, entre em contato com a equipe de suporte da CAFe pelo e-mail atendimento@rnp.br.

Para acessar remotamente o Portal de Periódicos via CAFe, basta seguir os seguintes passos:

1. Acesse o Portal de Periódicos;

2. Clique no link ACESSO CAFE disponível no topo da página;

3. Uma lista de instituições participantes da comunidade aparecerá. Você deve selecionar sua;

4. Ao clicar em “enviar”, você será direcionado para uma nova tela onde deverá incluir o nome de usuário e senha fornecidos pela sua instituição;

5. Após a identificação, você será redirecionado para a página inicial do Portal de Periódicos e poderá iniciar sua pesquisa.

Para informações detalhadas do passo a passo, acesse o tutorial disponível em https://www.periodicos.capes.gov.br/images/documents/Orientacoes_para_o_acesso_remoto_via_CAFe.pdf.

Como é o funcionamento em geral do Portal de Periódicos?

O acesso ao conteúdo assinado pelo Portal de Periódicos da Capes (http://www.periodicos.capes.gov.br) é realizado a partir de computadores ligados à rede das instituições participantes ou por elas autorizados, sem necessidade de cadastro ou informe de nome de usuário e senha. Estes terminais estão instalados nas dependências das instituições, como bibliotecas, laboratórios, escritórios de trabalho e outros locais.

Qualquer tipo de acesso feito fora dessas condições permitirá apenas a utilização do conteúdo de acesso livre disponível no Portal e que compreende, entre outros, os periódicos nacionais, periódicos e e-livros de livre acesso, o banco de teses da CAPES, bem como algumas bases de resumos e patentes gratuitas.

Lembramos que o cadastramento no Meu Espaço não habilita o acesso remoto. Esta ferramenta permite apenas salvar artigos e criar alertas de pesquisas já realizadas no acervo do Portal, guardar periódicos preferidos em um espaço virtual; submeter sua inscrição online nos treinamentos do Portal, avaliar a qualidade dos treinamentos, acessar e imprimir o certificado de conclusão do curso.

Caso tenha interesse de acessar remotamente o conteúdo assinado do Portal, sugerimos que seja feita uma consulta à biblioteca ou equipe de tecnologia da sua instituição sobre a possibilidade de utilização desse tipo de serviço. Reiteramos que as condições para obtenção e utilização do acesso remoto são de responsabilidade única e exclusiva de cada instituição participante, mesmo aquelas que participam da Comunidade Acadêmica Federada (CAFe).

Como alterar meu e-mail no sistema?

Para alterar o seu e-mail no “Meu Espaço”, você deve seguir os passos abaixo:

1) Acessar o link http://www.periodicos.capes.gov.br;

2) Clicar em “Meu Espaço”, parte superior da página inicial, fazer a identificação com o seu nome de usuário e senha;

3) Após sua identificação, logo abaixo do link do MEU ESPAÇO na página inicial do Portal, aparecerá a seguinte saudação: “Seja bem-vindo(a), nome do usuário (editar perfil)”;

4) Após o login, na parte superior da página inicial do Portal, clicar no link “editar perfil”. Faça as alterações desejadas e clique em “enviar”. Após esse procedimento suas alterações foram efetuadas.

Caso não se lembre do nome de usuário cadastrado ou de sua senha, por favor encaminhe uma solicitação de alteração, por meio da aba Contato disponível no Portal de Periódicos, informando nome, CPF e o novo e-mail.

Como altero a minha senha no sistema?

Para alterar sua senha você deve:

1. Acessar o Portal de Periódicos CAPES (http://www.periodicos.capes.gov.br);

2. Fazer sua identificação utilizando o nome de usuário cadastrado e senha informada;

3. Após sua identificação, no cabeçalho do Portal à direita, aparecerá a seguinte saudação: “Seja bem-vindo (a), nome do usuário (editar perfil)”;

4. Clique no link EDITAR PERFIL localizado à direita do seu nome;

5. Você será direcionado novamente para a página de cadastro com seus dados. Nessa tela aparecerá o link "Alterar senha". Ao clicar, você poderá incluir a nova senha. Não se esqueça de clicar em "enviar" para salvar.

Informamos ainda que outros dados, como o e-mail de cadastro, também podem ser alterados em "Editar perfil". Dados como nacionalidade, CPF e nome de usuário são alterados somente pela equipe do Portal de Periódicos, mediante solicitação do usuário.

 

Não consigo acessar o meu espaço. O que posso fazer?

Após preencher o registro no Meu Espaço, você receberá na sua caixa de e-mails uma mensagem para confirmação do cadastro. É necessário clicar no link do recebido para concluir o processo. Caso não o e-mail não chegue no prazo de 48h, solicitamos que verifique seu correio eletrônico novamente, incluindo caixa de spam ou lixo eletrônico, visto que alguns provedores restringem o acesso a determinadas mensagens.

Se não localizar a mensagem nas áreas indicadas, acesse novamente no Portal de Periódicos a opção MEU ESPAÇO. À esquerda da tela, logo abaixo do botão NOVO USUÁRIO, há um link para reenviar o e-mail de confirmação de cadastro.

Se o problema persistir, pedimos que envie os dados abaixo para o e-mail periodicos@capes.gov.br:

  • Nome
  • CPF
  • E-mail cadastrado
  • Instituição

Lembramos que o cadastro e identificação no Meu Espaço não possibilita acesso ao conteúdo assinado do Portal de Periódicos. O acesso remoto é responsabilidade exclusiva das instituições participantes.

Como fazer o cadastro no Meu Espaço, e como utilizá-lo?

O cadastro no Meu Espaço permite inscrição nos treinamentos on-line, acesso ao certificado de participação após os treinamentos, recebimento de informativos enviados aos usuários; registro de artigos e alertas de pesquisas realizadas no acervo; criação de lista de bases de dados favoritas.

Para utilizar esse serviço acesse o Portal (http://www.periodicos.capes.gov.br), clique no link MEU ESPAÇO (localizado no topo da página) e em seguida clique no botão NOVO USUÁRIO. Um formulário será exibido para preenchimento. Após o preenchimento um link de confirmação será encaminhado para o e-mail cadastrado, a fim de confirmar o correto preenchimento do e-mail e liberar o acesso ao serviço. Caso o e-mail não chegue num prazo de 48h, é possível solicitar novo envio por meio da opção ‘Não recebi meu e-mail de confirmação de cadastro disponível também no MEU ESPAÇO.

Caso verifique que o e-mail foi cadastrado incorretamente, e, por isso, não é possível receber o link de confirmação, encaminhe um e-mail para periodicos@capes.gov.br solicitando a correção do e-mail e informando seu número de CPF para que seu cadastro seja localizado corretamente.

Posso incluir um artigo no Portal de Periódicos?

O Portal de Periódicos é uma biblioteca virtual que garante acesso a artigos, bases referenciais, livros e outros documentos publicados por outros editores. O Portal não possui um periódico próprio para publicação de artigos, apenas fornece acesso às publicações existentes.

A Capes publica a Revista Brasileira de Pós-Graduação - RBPG (http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg), que aceita colaborações e oferece acesso ao Portal Domínio Público (www.dominiopublico.gov.br/), que também recebe colaborações (Verifique as normas de colaboração em http://www.dominiopublico.gov.br/QueroColaborar/QueroColaborar.jsp).

Sugerimos que consulte os periódicos de sua área sobre a possibilidade de publicação de trabalhos.

Neste sentido sugerimos a consulta ao Qualis (https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.jsf) que é o conjunto de procedimentos utilizados pela Capes para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação. Tal processo foi concebido para atender as necessidades específicas do sistema de avaliação e é baseado nas informações fornecidas por meio do aplicativo Coleta de Dados. Como resultado, disponibiliza uma lista com a classificação dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção.

O Portal de Periódicos disponibiliza periódicos nacionais?

O Portal inclui em sua coleção as publicações eletrônicas brasileiras distribuídas pelo SciELO e os periódicos nacionais avaliados pelo programa Qualis que atendem a todos os requisitos estabelecidos pela Diretoria da Capes, a seguir relacionados:

- Títulos classificados em nível A e/ou B;

- Títulos com textos completos dos artigos em formato eletrônico;

- Títulos de acesso gratuito na internet.

Se você é editor ou usuário de publicação que atende a todas as condições acima indicadas e que não foi incluída no Portal, por favor, entre em contato conosco no endereço periodicos@capes.gov.br, indicando:

1º) Título completo do periódico

2º) Título abreviado do periódico

3º) ISSN do periódico

4º) áreas do conhecimento a que atende de acordo com o Portal

5º) URL de acesso

6º) período disponível para acesso

7º) nota de avaliação pelo Qualis

Lembramos que o Qualis é uma classificação feita pela Capes, em consonância com a comunidade acadêmica, dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da produção intelectual de seus docentes e alunos. O objetivo dessa classificação é atender às necessidades específicas da avaliação da pós-graduação realizada por esta agência. Este programa é de responsabilidade da Coordenação de Gestão da Informação e você pode contatá-la pelo e-mail: qualis@capes.gov.br ou pelo telefone (61) 2022-6452.

Como realizo uma pesquisa no Portal de Periódicos?

A equipe da Coordenação-Geral do Portal de Periódicos desempenha atividades relacionadas ao desenvolvimento de coleções, contratos com editores, realização de treinamentos e coleta, análise e manutenção dos dados de uso e acesso ao Portal.

Frente à quantidade de atividades desempenhadas pela equipe contamos com o auxílio dos bibliotecários das instituições que participam do Portal para auxiliar-nos na tarefa de atendimento aos usuários com relação às solicitações de pesquisa. Assim, sugerimos o contato com a biblioteca de sua instituição para auxiliá-lo(a).

Lembramos que o Portal permite a busca por assunto, disponível na página inicial sob o tema BUSCAR ASSUNTO ou pelo menu BUSCA. O uso de bases de dados destinadas à área do conhecimento desejado também podem ser útil para iniciar pesquisas, principalmente as bases referenciais cuja abrangência é maior. Assim, após o levantamento inicial é possível selecionar os periódicos desejados e verificar os artigos que poderão auxiliá-lo(a) em sua pesquisa. Indicamos que os termos utilizados para pesquisa sejam em inglês, considerando que grande parte das bases disponíveis é estrangeira e que, portanto o número de resultados localizados será maior. Entretanto, é possível realizar sua pesquisa em qualquer idioma.

Podem ser sugeridos conteúdos para o Portal?

As sugestões de novas assinaturas e de manutenção das coleções existentes no acervo do Portal são fundamentais para a continuidade do Programa de Apoio à Aquisição de Periódicos (PAAP). Isso porque o número de indicações e sugestões é que permite ao programa (do qual o Portal de Periódicos é resultado) manter e atualizar o acervo disponível.

Entretanto, para que possamos iniciar o processo de manutenção ou aquisição de conteúdos, é preciso reunir informações detalhadas sobre o conteúdo solicitado e relatar o motivo pelo qual deve ser adquirido ou mantido. Assim, as solicitações encaminhadas devem conter:

1) Título completo do conteúdo indicado, da coleção de periódicos, da base de dados ou plataforma (no caso de revistas científicas, é preciso informar o código ISSN; no caso de livros, é preciso informar o código ISBN; para bases de dados, é necessário incluir dados como nome, editor e área de abrangência);

2) Informações sobre o conteúdo indicado que permitam identificá-lo (do que se trata ou qual a temática aborda);

3) O motivo pelo qual o conteúdo deve ser incluído ou mantido no acervo do Portal (é utilizado para pesquisa? Para ensino? O conteúdo é citado com frequência? Consta na lista de referências da ementa de alguma disciplina? Você o utilizou antes e agora não tem mais acesso? Você o utilizou em alguma de suas publicações científicas?);

4) Seu nome e a instituição à qual está vinculado (a).

Todas as solicitações são analisadas pela equipe de bibliotecários do Portal e encaminhadas para o Conselho Consultivo do Programa de Apoio à Aquisição de Periódicos (PAAP), coordenadores de área CAPES, helpdesks do Portal de Periódicos e Grupo de Trabalho do Portal de Periódicos para pronunciamento.

As análises levam em consideração os seguintes critérios:

- O motivo da contratação;

- A relação entre a demanda e o pedido (programas e cursos que podem ser atendidos pelo número de solicitações);

- Benefícios diretos e indiretos que resultarão da aquisição/manutenção do conteúdo para o Portal;

- Acervo já disponível no Portal;

- Índices de qualidade;

- Número de indicações;

- Disponibilidade de recursos financeiros;

- Viabilidade de contratação.

A CAPES é responsável pelo reconhecimento de Periódicos?

A CAPES não reconhece publicações, apenas disponibiliza revistas científicas por meio do Portal de Periódicos, que é uma biblioteca virtual brasileira com conteúdo científico em nível internacional.

A CAPES possui o Qualis Periódicos, que reúne procedimentos utilizados para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação (PPGs). Tal processo foi concebido para atender as necessidades específicas do sistema de avaliação da pós-graduação stricto sensu brasileira e é baseado em informações fornecidas por meio da coleta de dados dos PPGs.

Como resultado, disponibiliza uma lista com a classificação dos veículos utilizados pelos programas de pós-graduação para a divulgação da sua produção.

Desta forma, esclarecemos que tanto o Portal de Periódicos quanto o Qualis Periódicos não são ferramentas de reconhecimento de periódicos.

 

Como funciona o acesso remoto?

A CAPES incentiva as instituições participantes a oferecerem aos usuários o acesso remoto, desde que a biblioteca se responsabilize pelo suporte e pela infraestrutura necessária para o serviço.

Caso tenha interesse em acessar remotamente o conteúdo assinado do Portal, sugerimos que seja feita uma consulta à biblioteca da sua instituição sobre a possibilidade de utilização do serviço.

Reiteramos que as condições para obtenção e utilização do acesso remoto são de responsabilidade única e exclusiva de cada instituição participante, mesmo aquelas que participam da Comunidade Acadêmica Federada (CAFe). 

Como são divulgadas as novidades do Portal?

O Portal de Periódicos divulga com frequência informações sobre o acervo e outros serviços oferecidos aos usuários em sua página inicial, na área de Informativos (ou diretamente neste link: https://www.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_pnews&Itemid=304).

Além disso, regularmente a equipe produz e-mails marketing e outros conteúdos visuais que são enviados por e-mail aos usuários. Para receber as novidades, o usuário precisa ter cadastro ativo e atualizado no Meu Espaço.

O sistema Capes Web TV continua ativo?

A Capes WebTV foi descontinuada em 15 de julho de 2016. Os principais motivos que levaram a fundação a tomar a decisão foram o alto custo do serviço e a baixa adesão por parte das instituições de ensino e pesquisa participantes do Portal de Periódicos.

Ressaltamos que a Capes segue acompanhando as evoluções tecnológicas e estuda a viabilidade de desenvolver e implementar uma nova tecnologia que possa substituir a proposta implementada na Capes WebTV.

Para mais informações, consulte o Ofício Circular nº 3/2016-CGPP/DPB/CAPES, disponível em https://www.periodicos.capes.gov.br/images/mailing/oficio_descontinuidade_capeswebtv.pdf

O Portal dispõe de aplicativo para smartphones e tablets?

O Portal de Periódicos CAPES oferece um aplicativo para acesso rápido ao acervo por meio de dispositivos móveis. O Aplicativo Periódicos passa por constantes melhorias, sendo que a última versão foi disponibilizada em julho de 2019.

A atualização teve foco na usabilidade e na busca unificada por materiais de todos os tipos, o que permite ao usuário maior fluidez e uma melhor experiência durante as pesquisas. A atualização conta ainda com outras funcionalidades:

- Visualização das instituições participantes do Portal de Periódicos no mapa, contendo dados de localização e contato, além da possibilidade de traçar rota até o local;

- Atribuição de tags (etiquetas) e anotações aos conteúdos salvos como favoritos;

- Recuperação dos materiais baixados pelos termos inseridos nas etiquetas, tornando os materiais mais acessíveis.

A primeira versão da plataforma móvel foi desenvolvida em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e lançada em 2014. A partir da experiência dos usuários foi possível aperfeiçoar a ferramenta ao longo dos anos. Dessa forma, o aplicativo atual foi repensado para oferecer recursos mais modernos e com mais opções de interação.

O Aplicativo Periódicos. permite a realização de pesquisas no acervo completo do Portal de Periódicos da CAPES, de forma que todo o conteúdo acessível pelo site tradicional também pode ser consultado por meio da plataforma móvel, desde que a rede seja autorizada.

O reconhecimento de IP é feito automaticamente quando o usuário utiliza o app na rede da instituição à qual é vinculado. Em caso de acesso remoto, é possível fazer login na Comunidade Acadêmica Federada (CAFe). Além disso, usuários com ou sem vínculo a instituições participantes do Portal têm à disposição um vasto acervo em acesso aberto.

A ferramenta está disponível gratuitamente nas lojas de aplicativos dos sistemas operacionais iOS e Android.

Caso tenha sugestões ou comentários sobre o aplicativo, entre em contato pelo Fale Conosco do Portal ou pelo e-mail periodicos@capes.gov.br.

Para mais informações, o Guia do Portal de Periódicos, que inclui um tópico com tutorial para uso do aplicativo, está disponível em:

https://www.periodicos.capes.gov.br/images/documents/Portal_Peri%C3%B3dicos_CAPES_Guia_2019_4_oficial.pdf.

Pelo Portal de Periódicos temos acesso ao Portal Saúde Baseada em Evidência?

Agradecemos o contato e informamos que o Portal Saúde Baseada em Evidência é gerenciado pelo Ministério da Saúde e a equipe responsável pode ser contatada pelo e-mail periodicos@saude.gov.br.  

Como utilizo o Portal de Periódicos?

O Portal de Periódicos CAPES permite realizar busca de quatro formas: por assunto, periódico, livro ou base.

Para busca por assunto, recomenda-se que os termos utilizados para pesquisa sejam em inglês, pois grande parte dos conteúdos acadêmicos e científicos disponíveis está nesse idioma, portanto o número de resultados localizados será maior. Entretanto, é possível realizar pesquisa em qualquer idioma.

Aos usuários que sentirem necessidade de mais informações para realizarem suas pesquisas, o Portal de Periódicos disponibiliza um guia de uso que pode ser encontrado no menu SUPORTE, item MATERIAIS DIDÁTICOS.

Outra opção para conhecer melhor as ferramentas disponibilizadas é participar dos treinamentos on-line oferecidos gratuitamente pelo Portal de Periódicos. Para mais informações sobre a capacitação, acesse https://www.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_ptreinaments&Itemid=306.

Como faço uma pesquisa por assunto?

Para realizar uma pesquisa por assunto, utilize a respectiva opção disponível na página inicial ou acesse o menu BUSCA para verificar outras opções de pesquisa para este conteúdo.

Digite o termo desejado no campo de pesquisa e clique no botão BUSCAR. Em uma nova tela será apresentado o resultado da busca, informações e recursos disponíveis.

o sistema de busca do Portal de Periódicos executa a busca nos conteúdos indexados (periódicos, bases de dados, jornais, capítulos de livros) e recupera as referências desses itens que atendem ao termo pesquisado. A etapa seguinte, de acesso ao texto completo, é feita junto ao editor.

Os sites dos editores oferecer formas variadas de acesso, que podem levar diretamente ao artigo, para a página geral da publicação ou ainda para um sumário. O usuário deve complementar a busca manualmente, localizando o artigo com os dados de volume e número de páginas da referência recuperada, a depender de como o conteúdo é liberado pelo editor.

Quais são os critérios de relevância utilizados no Portal?

A ordenação por relevância dos resultados localizados em uma busca por assunto leva vários fatores em consideração:

- Pesos diferentes atribuídos à existência do termo de busca em locais diferentes, bem como a quantidade de vezes que os termos aparecem (exemplo: existência do termo de busca nos metadados versus o mesmo termo dentro do texto completo do documento);

- A relevância considera a ordem dos termos de busca e a sua proximidade, tanto nos metadados quanto no texto completo (“search-wise distance”);

- A relevância do recurso leva em consideração medidas de utilização do texto da citação por usuários do Primo em todo o mundo;

- Datas de publicação.

A ordenação dos registros localizados em uma busca por assunto também pode ser feita por:

- Data – mais recente;

- Mais acessados;

- Autor;

- Título.

Como exporto registros para o EndNote?

Para exportar registros para o EndNote Web, gerenciador de referências gratuito, é necessário cadastrar-se previamente no MEU ESPAÇO do Portal.

Para cadastrar-se, é necessário preencher um formulário e ativar a conta pelo link encaminhado ao e-mail cadastrado.

Após o procedimento, identifique-se no MEU ESPAÇO antes de iniciar a pesquisa na opção BUSCAR ASSUNTO, e guarde os artigos desejados no MEU ESPAÇO a partir do clique no ícone de favoritos (em formato de estrela) que aparece na tela de resultados da pesquisa.

Ao finalizar a seleção dos artigos desejados para exportação, acesse o MEU ESPAÇO, marque os artigos desejados para exportação, selecione a opção ENVIAR PARA ENDNOTE (localizado na parte superior à direita da lista de artigos salvos) e clique no botão IR.

Uma nova janela será exibida para identificação no gerenciador de referência indicado e realização da exportação dos artigos, que serão salvos na pasta [Unfiled] do mesmo.

Como visualizo os resultados?

O sistema de busca do Portal de Periódicos executa a busca nos conteúdos indexados e recupera referências que atendem ao termo pesquisado.

A etapa seguinte, de acesso ao texto completo, é feita junto ao editor.

Cada editor possui mecanismo. Esse mecanismo pode levar diretamente ao artigo ou para a página geral da revista e outros para o sumário. O usuário deve complementar a busca manualmente localizando o artigo com os dados de volume e número e páginas da referência recuperada a depender de como o conteúdo é liberado pelo editor.

 

 

Como busco uma Base no Portal de Periódicos?

Para buscar bases no Portal de Periódicos da Capes (http://www.periodicos.capes.gov.br), utilize a opção disponível na página inicial ou acesse no menu BUSCA o item BUSCAR BASE para verificar outras opções de pesquisa para este conteúdo. Basta digitar o título da base no campo de pesquisa e clicar no botão BUSCAR. O resultado será listado em uma nova tela. Para acessar a interface de busca da base desejada clique no título da base, para verificar mais informações sobre o conteúdo oferecido pela base acesse o ícone de informação em azul.

Como busco um livro no Portal de Periódicos?

Para buscar livros no Portal, utilize a opção disponível na página inicial ou acesse no menu BUSCA o item BUSCAR LIVRO.

Digite o título do livro no campo de pesquisa e clique no botão “buscar”. O resultado será listado em seguida. Para obter mais informações sobre o livro, clique no título desejado.

Como busco um periódico?

Para buscar periódicos, utilize a opção disponível na página inicial ou acesse o item BUSCAR PERIÓDICO, no menu BUSCA.

Digite o título do periódico no campo de pesquisa e clique no botão BUSCAR. O resultado será listado em seguida.

Para obter mais informações sobre o periódico, clique no título da publicação desejada.

Como fazer para verificar as métricas?

Para verificar as informações sobre o fator de impacto dos periódicos ou outros índices de avaliação das publicações, localize a base estatística desejada na opção BUSCAR BASE.

Por exemplo, para localizar o fator de impacto (FI) de um periódico, localize a base Journal Citation Reports (JCR); para verificar o estrato de um periódico, localize a base WebQualis; para verificar o índice H, localize a base SCImago.

Após o clique, uma nova janela será aberta à direita da página. Esta janela apresentará a interface de busca própria da base na qual será possível localizar o periódico e verificar o índice desejado.

Como é emitido o certificado de participação nos treinamentos on-line?

Para a emissão dos certificados, solicitamos o prazo uma semana - a contar pelo dia de realização do treinamento. Ocasionalmente, os certificados podem ser disponibilizados antes do prazo estimado.

Para obtê-lo, é necessário:

1. Realizar login no MEU ESPAÇO, localizado no topo da página inicial do Portal de Periódicos;

2. Acessar o menu SUPORTE, item TREINAMENTOS;

3. No canto direito da tela, verificar no item CERTIFICADOS o link ‘aqui’ e, em seguida, selecionar o treinamento do qual participou;

4. É possível avaliar o treinamento recebido antes de emitir o certificado.

Para certificados anteriores a novembro de 2009, é preciso:

1. Acessar o menu SUPORTE, item TREINAMENTOS;

2. No lado direito inferior da página, na área CERTIFICADOS, localizar o treinamento e clicar sobre o nome de interesse.

 

Como posso me inscrever nos treinamentos do Portal de Periódicos?

Os passos para inscrição no treinamento são os seguintes:

1. Entre na página www.periodicos.capes.gov.br;

2. Faça a identificação no Portal. Para isso, é preciso preencher um formulário, disponível na seção “Meu Espaço”. O cadastro permite usar vários recursos adicionais do Portal de Periódicos;

3. Após se identificar, acesse o menu TREINAMENTOS para verificar as turmas disponíveis;

4. Escolha a sessão que se encaixa em seu perfil;

5. Para se inscrever, clique no botão "Solicitar inscrição";

6. Um e-mail de confirmação será encaminhado para o endereço de e-mail cadastrado no "Meu Espaço". O e-mail de confirmação é encaminhado até um dia antes da data de realização do treinamento, com as orientações para acessar o ambiente onde será realizado o treinamento.

O Portal de Periódicos dispõe de materiais de divulgação?

O Portal de Periódicos produz e fornece às instituições participantes materiais de divulgação eletrônicos. Solicitações referentes a esses materiais podem ser encaminhadas ao e-mail periodicos@capes.gov.br. Por esse canal também é possível solicitar orientações para aplicação do logotipo do Portal. Lembre-se de identificar no assunto do e-mail o motivo do seu contato.

Para solicitação da logomarca da CAPES, de identidades visuais de outros programas da Coordenação e outros e manuais de aplicação, é necessário enviar e-mail para comunicacao@capes.gov.br com breve explicação das peças que necessitam utilizar tais artes.

 

Programas Institucionais no País

O que é o Programa de Apoio à Pós-Graduação (PROAP)?

O Programa de Apoio à Pós-Graduação - PROAP destina-se a proporcionar melhores condições para a formação de recursos humanos e para a produção e o aprofundamento do conhecimento nos cursos de pós-graduação stricto sensu mantidos por instituições públicas participantes do Programa de Demanda Social (DS).

Por tratar-se de um programa institucional, informações sobre o PROAP devem ser obtidas com a Pró-reitoria de pós-graduação da instituição participante.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/proap.

As bolsas do Programa de Demanda Social (DS) podem ser concedidas a estudantes estrangeiros?

Não há restrição quanto à nacionalidade do estudante. Para ser bolsista do Programa de Demanda Social (DS) basta cumprir as exigências às quais se refere o artigo 9º do regulamento do DS — anexo à Portaria Capes nº 76, de 14 de abril de 2010 —, possuir CPF e ser titular de conta corrente no Banco do Brasil. A seleção dos candidatos às bolsas é atribuição da comissão de bolsas Capes/DS de cada programa de pós-graduação das instituições participantes do DS, conforme previsto no artigo 5º do regulamento do programa.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/programa-de-demanda-social-ds

O que é o Programa de Demanda Social (DS)?

O DS destina-se a promover a formação de recursos humanos de alto nível, por meio de concessão de bolsas de estudo para cursos de mestrado e doutorado ofertados por instituições públicas de ensino gratuito.

As bolsas são anualmente concedidas para cursos de mestrado e doutorado avaliados pela CAPES com nota 3, 4 ou 5, que são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos bolsistas.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/programa-de-demanda-social-ds

O Programa de Demanda Social (DS) prevê a concessão de Taxa de Bancada?

O regulamento do Programa de Demanda Social (DS) — anexo à Portaria Capes nº 76, de 14 de abril de 2010 — não prevê a concessão de taxa de bancada.

Para mais informações, acesse: http://cad.capes.gov.br/ato-administrativo-detalhar?idAtoAdmElastic=741#anchor

Como posso realizar contato com a equipe dos programas DS, PROSUP e PROSUC?

O contato com a equipe dos programas DS, PROSUP e PROSUC é realizado por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, ou unidade equivalente. Assim, o discente deve primeiramente contatar esse setor que, por sua vez, entrará em contato com a Capes, se for o caso.

O programa PROSUP prevê algum auxílio de reserva técnica para impressão dos volumes de dissertação?

No âmbito do PROSUP não é disponibilizado esse auxílio. O recurso é restrito a bolsa ou a taxa escolar com limite máximo de 24 meses para mestrado e 48 para doutorado. O auxílio-tese foi extinto em 2007, conforme Portaria nº 84, de 29 de agosto de 2007 (Dispõe sobre a extinção do auxílio tese dos Programas de Fomento da CAPES).

Qual o objetivo do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições Comunitárias de Educação Superior (PROSUC)?

Com a finalidade de contribuir para a formação e manutenção de padrões de excelência e eficiência na formação de recursos humanos de alto nível, o PROSUC tem por objetivo apoiar discentes de programas de pós-graduação stricto sensu oferecidos por Instituições Comunitárias de Educação Superior (ICES) por meio da concessão de bolsas de estudo e taxas escolares aos cursos de mestrado acadêmico e doutorado.

  • Requisitos para participar do programa

Poderão solicitar apoio ao PROSUC as ICES que mantenham programas de pós-graduação stricto sensu recomendados pela CAPES com nota 3, 4 ou 5.

  • Como funciona

As bolsas de estudo, bem como as taxas escolares, são gerenciadas pelas Pró-Reitorias de Pós-Graduação das ICES, ou equivalentes, que são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos beneficiários, conforme orientações da Capes.

Para informações sobre como obter uma bolsa ou taxa de pós-graduação PROSUC, os discentes deverão entrar em contato com as Pró-Reitorias de Pós-Graduação, ou unidades equivalentes, das ICES apoiadas pelo PROSUC.

Para mais informações, acesse https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/prosuc

 

Qual é o objetivo do Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP)?

O PROSUP tem por objetivo apoiar discentes de Programas de Pós-Graduação stricto sensu oferecidos por Instituições Particulares de Ensino Superior, contribuindo para a formação e manutenção de padrões de excelência e eficiência na formação de recursos humanos de alto nível, imprescindíveis ao desenvolvimento do País.

Poderão solicitar apoio ao PROSUP as Instituições de Ensino Superior Particulares que mantenham Programas de Pós-Graduação stricto sensu recomendados pela CAPES com nota 3, 4 ou 5.

Formas de apoio

Bolsas de Pós-Graduação nos níveis de mestrado e doutorado, e taxas escolares destinadas aos discentes selecionados pelas Instituições apoiadas pelo Programa.

Para mais detalhes sobre como obter uma bolsa de pós-graduação ou taxa escolar do PROSUP, os discentes deverão entrar em contato com as Pró-reitorias de Pós-Graduação, ou unidade equivalente das Instituições apoiadas pelo Programa.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/programa-de-suporte-a-pos-graduacao-de-instituicoes-de-ensino-particulares-prosup.

 

O programa PROSUP prevê algum auxílio de reserva técnica para impressão dos volumes de dissertação?

No âmbito do PROSUP não é disponibilizado esse auxílio. O recurso é restrito a bolsa ou a taxa escolar com limite máximo de 24 meses para mestrado e 48 para doutorado. O auxílio-tese foi extinto em 2007, conforme Portaria nº 84, de 29 de agosto de 2007 (Dispõe sobre a extinção do auxílio tese dos Programas de Fomento da CAPES).

 

Como posso realizar contato com a equipe dos programas DS, PROSUP e PROSUC?

O contato com a equipe dos programas DS, PROSUP e PROSUC é realizado por meio do Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, ou unidade equivalente. Assim, o discente deve primeiramente contatar esse setor que, por sua vez, entrará em contato com a Capes, se for o caso.

 

Qual é o objetivo do Programa de Excelência Acadêmica (PROEX)?

O objetivo do PROEX é manter o padrão de qualidade dos programas de pós-graduação com nota 6 ou 7, pertencentes a instituições jurídicas de direito público e privado, atendendo adequadamente suas necessidades e especificidades. 

Os Programas inseridos no Proex recebem uma dotação orçamentária que pode ser utilizada de acordo com prioridades estabelecidas pelos próprios programas, em qualquer das modalidades de apoio concedidas pela CAPES: concessão de bolsas de estudo, recursos de custeio e fomento para investimento em laboratórios, custeio de elaboração de dissertações e teses, passagens, eventos, publicações, entre outros.

As bolsas de estudo concedidas no âmbito do Proex são gerenciadas pelas coordenações dos cursos de pós-graduação, que são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos bolsistas conforme as orientações da CAPES.

Para mais informações, acesse:  https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/proex

 

Como posso realizar contato com a equipe do PROEX?

O contato com a equipe do PROEX é realizado por meio do Programa de Pós-Graduação, PPG. Assim, o discente deve primeiramente contatar o PPG que, por sua vez, entrará em contato com a Capes, se for o caso.

 

O que é o Programa Nacional de Pós-Doutorado da Capes (PNPD/CAPES)?

O PNPD/CAPES, Programa Nacional de Pós-Doutorado da CAPES, é um programa de concessão institucional que financia estágios pós-doutorais em Programas de Pós-Graduação (PPG) stricto sensu acadêmicos recomendados pela CAPES.

Os PPGs contemplados são responsáveis pela seleção e acompanhamento dos bolsistas, assim como pela definição de seus objetivos e atividades.

OBJETIVOS DO PNPD/CAPES

I – promover a realização de estudos de alto nível; II – reforçar os grupos de pesquisa nacionais; III – renovar os quadros dos Programas de Pós-Graduação (PPG) nas instituições de ensino superior e de pesquisa; IV – promover a inserção de pesquisadores brasileiros e estrangeiros em estágio pós-doutoral, estimulando sua integração com projetos de pesquisa desenvolvidos pelos Programas de Pós-Graduação no país.

MODALIDADES

As três modalidades de bolsa PNPD/CAPES são detalhadas no Regulamento do programa. Embora os bolsistas inscritos na modalidade C possam interromper as atividades decorrentes de vínculo empregatício, e retomá-las após o encerramento da bolsa, nenhum bolsista PNPD/CAPES pode desenvolver atividades profissionais concomitantes à bolsa, sob pena de lhe ser imputada a obrigação de restituir à CAPES os valores recebidos acrescidos de multa e juros. A tabela-resumo abaixo descreve as principais características de cada uma delas, mas recomenda-se fortemente que os candidatos leiam atentamente o Regulamento a fim de conhecerem os pormenores de cada modalidade.

Modalidade da Bolsa: A

Público alvo: Brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil e portadores de visto temporário.

Aceita Vínculo empregatício? Não, o bolsista não pode manter vínculo empregatício, exceto o de professor substituto.

Duração máxima da bolsa: 12 meses, prorrogáveis anualmente até atingir o máximo de 60 meses.

Modalidade da bolsa: B

Público alvo: Estrangeiros residentes no exterior.

Aceita vínculo empregatício? Não, o bolsista não pode manter vínculos empregatícios de nenhuma espécie enquanto bolsista.

Duração máxima da bolsa: 12 meses, prorrogáveis anualmente até atingir o máximo de 60 meses.

Modalidade da bolsa: C

Público alvo: Brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil e empregados como docentes em IES ou pesquisadores em instituições públicas de pesquisa.

Aceita vínculo empregatício? Sim, desde que o bolsista mantenha-se afastado das atividades e não mantenha o vínculo com a mesma IES de onde provém a bolsa PNPD.

Duração máxima da bolsa: Até 12 meses.

A BOLSA PNPD/CAPES

A bolsa PNPD/CAPES engloba dois aportes financeiros distintos: a bolsa mensal e o pagamento de recursos de custeio anual.

A bolsa mensal consiste no pagamento de mensalidades de R$ 4.100,00 diretamente ao bolsista.

CADASTRAMENTO DA BOLSA

Os procedimentos de seleção, cadastramento, suspensão e cancelamento de bolsas, assim como os de alteração de dados bancários, são realizados pelo Coordenador do Programa de Pós-Graduação (PPG) por meio do acesso ao SCBA, Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (https://scba.capes.gov.br). Para tanto, é necessário que o Coordenador esteja devidamente registrado e tenha seus dados periodicamente atualizados no Cadastro de Discentes.

As Pró-Reitorias das IES são responsáveis por chancelar as bolsas cadastradas pelos Coordenadores de PPG no SCBA.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/pnpd-capes

O candidato ao programa PNPD/CAPES deve possuir diploma de Doutor no ato da inscrição?

O candidato deve possuir o título de doutor, quando da implementação da bolsa, obtido em cursos avaliados pela CAPES e reconhecidos pelo CNE/MEC. Em caso de diploma obtido em instituição estrangeira, este deverá ser analisado pelo Programa de Pós-Graduação.

Quais são os critérios para as Instituições que desejam participar do programa PNPD/CAPES?

A instituição que pretender participar do PNPD deverá:

  • Ter personalidade jurídica de direito público ou privado;
  • Garantir e manter infraestrutura adequada para o gerenciamento do PNPD;
  • Ter Programa de Pós-Graduação stricto sensu, recomendado pela CAPES, reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação (CNE)/Ministério da Educação (MEC) e em funcionamento.

Qual é a duração da bolsa de PNPD/CAPES?

Para os bolsistas aprovados nas modalidades A e B, o período de duração da bolsa será de doze meses, podendo ser renovada anualmente até atingir o limite máximo de 60 (sessenta) meses. Para os candidatos aprovados na modalidade C, o período máximo de duração da bolsa será de 12 meses, sem possibilidade de renovação.

 

O que é o Doutorado Interinstitucional - DINTER?

O Dinter tem como objetivo viabilizar a formação, em nível de pós-graduação stricto sensu no país, de docentes das Instituições de Ensino Superior; Formar doutores do quadro permanente de docentes de instituições distantes dos grandes centros de ensino e pesquisa, de modo a diminuir as assimetrias hoje existentes; e Fomentar a Produção Acadêmica e fortalecer, nas instituições atendidas, linhas de pesquisas que respondam às demandas relacionadas ao desenvolvimento local e regional.

Os projetos Dinter caracterizam-se pelo atendimento, em caráter temporário e sob condições especiais, de uma turma de alunos por um programa de pós-graduação com curso de doutorado recomendado pela CAPES com nota maior ou igual a 5.

Para mais informações acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/dinter

 

O que é o Programa Professor Visitante Nacional Sênior - PVNS?

O PVNS tem como objetivo apoiar a execução de estudos e pesquisas pelo Professor Visitante Nacional Sênior que, em conjunto com planos institucionais, contribuam para a criação ou fortalecimento de programas de pós-graduação stricto sensu, além de propiciar a produção de conhecimento científico.

Poderão participar os professores/pesquisadores doutores com pelo menos dez anos que estejam aposentados ou oficialmente licenciados para participar do programa. O candidato deve ter sido docente ou pesquisador de reconhecida competência em sua área e ter produção científica relevante, notadamente nos últimos dez anos.

São oferecidas bolsas no valor de R$ 8.905,42 mensais durante um período de dois anos, prorrogável por igual período.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/pvns

 

O que é o Programa de Formação Doutoral Docente – Prodoutoral?

O Prodoutoral tem como objetivo estimular a elaboração e a implementação de estratégias de melhoria do ensino, da pesquisa e da extensão das IFES de origem, de modo a apoiar esforços institucionais para a capacitação e para o aprimoramento da qualificação dos seus docentes, visando à consolidação de grupos de pesquisa e à formação de programas de pós-graduação.

É um programa que se caracteriza por favorecer a mobilidade dos bolsistas das IFES de origem para as IES de destino durante o tempo de duração da capacitação docente.

O Programa é realizado de forma compartilhada entre a CAPES e as instituições participantes por meio de um planejamento específico, cujas bases devem estar descritas no Plano Institucional de Formação de Quadros Docentes (Planfor), instrumento comum a todas as IFES de origem participantes.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/prodoutoral

 

Programas Estratégicos

Como se dá a seleção para as bolsas no exterior em Áreas Estratégicas?

ATENÇÃO: Inscrição restrita aos que tiverem suas candidaturas aprovadas previamente no âmbito dos editais lançados pela Coordenação-Geral de Programas Estratégicos da Capes.

Seleção e concessão de bolsas de diferentes modalidades no Exterior com vistas a atender áreas do conhecimento de natureza estratégica para o país em vinculação com os programas especiais da Capes.

A Capes concede bolsas aos participantes dos projetos de pesquisa integrantes do Programa Nacional de Apoio ao Ensino e à Pesquisa em Áreas Estratégicas (PRONAP) e aos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT), com vistas à inserção internacional de estudantes e pesquisadores, ao estabelecimento de intercâmbio científico e a abertura de novas linhas de pesquisa, para o desenvolvimento no País.

A duração das bolsas para realização das atividades no Exterior varia de acordo com a modalidade concedida e o cronograma de execução proposto na candidatura dentro da vigência do projeto. A natureza das atividades que compreendem a estadia no Exterior apresenta a perspectiva de colaboração entre pesquisadores, não cabendo encargos recíprocos para desenvolvimento que impliquem, por exemplo, o pagamento de taxas escolares.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos

O que é o Capes/Cofen - Apoio a programas de pós-graduação da área de enfermagem – Modalidade mestrado profissional?

O Acordo CAPES/COFEN tem por finalidade apoiar e conceder recursos de custeio a Programas de Pós-Graduação (PPGs) profissionais em Enfermagem, na modalidade presencial, vinculada a instituições de ensino superior (IES) públicas ou privadas, visando propiciar a formação de recursos humanos altamente especializados, a cooperação técnico-cientifica e o desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica, com foco em Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) e em Gestão em Enfermagem.

Requisitos:

Propostas tipo PROAP-ENF:

*Ser um programa de pós-graduação da área de Enfermagem – modalidade Mestrado Profissional, recomendado pela CAPES e possuir conceito igual ou superior a 3 ou conceito A, de acordo com a última Avaliação Quadrienal de 2017 da CAPES;

*Pertencer a IES públicas ou privadas sem fins lucrativos;

Ter como proponente o coordenador do PPG ou o representante da coordenação do Mestrado Profissional, doravante denominado coordenador da proposta, responsável pela submissão da proposta e pela condução do projeto;

 

Propostas tipo PCI:

*Ser um programa de pós-graduação da área de Enfermagem – modalidade Mestrado Profissional e ter passado por pelo menos uma Avaliação de Permanência e recebido, no mínimo, nota 4 (quatro), para oferta de turma de mestrado;

*Os projetos deverão contar com dois coordenadores sendo um deles pertencente ao corpo docente permanente do programa promotor e o outro pertencente à instituição receptora;

*Ser encaminhado pelo coordenador proponente na instituição promotora;

Para mais informações, acesse: 

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/formacao-de-recursos-humanos-em-areas-estrategicas/acordo-capes-cofen

 

No que consiste a parceria CAPES-FAPEMIG-FAPES-CNPQ-ANA Apoio a Redes de Pesquisa para Recuperação da Bacia do Rio Doce?

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Agência Nacional de Águas (ANA) tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados a apresentarem propostas nos termos aqui estabelecidos.

Objetivo

Apoiar projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, de caráter interdisciplinar, desenvolvidos em rede, em diferentes instituições de ensino superior (IES), institutos de ciência e tecnologia (ICT) e demais instituições, públicas ou privadas sem fins lucrativos, enquadráveis nos termos desta Chamada, visando à formação de recursos humanos em nível de pós-graduação stricto sensu e a geração de conhecimento, tecnologias e processos tendo como objetivo a Recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Doce e ecossistemas associados, nas áreas temáticas previstas no item 2.

Áreas temáticas prioritárias

Estudos Socioeconômicos: estudos socioeconômicos e de reconversão econômica para recuperar a capacidade de geração de renda pela população de áreas afetadas pelo desastre da Barragem de Fundão em Mariana/MG;

Uso do solo: uso do solo e plano de ação para a recuperação da condição de vida e de trabalho das populações em áreas atingidas pela lama de rejeitos e no entorno;

Qualidade de vida: saúde, qualidade de vida e impacto em comunidades atingidas direta e indiretamente pelo desastre;

Áreas degradadas: recuperação de áreas degradadas pela lama de rejeitos;

Qualidade da água: recuperação da qualidade da água, considerando o abastecimento de água para as comunidades e para a biota;

Biota: recuperação da biota aquática e terrestres na Bacia do Rio Doce e mitigação dos efeitos do impacto do desastre a curto, médio e longo prazo;

Mata Atlântica: recuperação da Mata Atlântica em áreas atingidas pelo desastre e em seu entorno;

Ecossistemas de estuário: recuperação físico-química e biológica da região marinha e entorno do estuário do Rio Doce e mitigação dos efeitos do impacto a curto, médio e longo prazo; 

Redução de resíduos: processos para redução de resíduos da mineração, modelagem e gestão de risco de eventos relacionados com rompimento de barragens de rejeitos;

Saneamento básico: saneamento básico nos municípios que despejam dejetos na Bacia do Rio Doce;

Governança: sustentabilidade da Bacia do Rio Doce e marcos legais da mineração.

Para mais informações acesse: 

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/programas-emergenciais/chamada-capes-fapemig-fapes-cnpq-ana-apoio-a-redes-de-pesquisa-para-recuperacao-da-bacia-do-rio-doce

 

Qual é o objetivo do International Ocean Discovery Program (IODP)?

O Programa IODP/CAPES-Brasil integra as ações de indução e de financiamento da CAPES para possibilitar a participação do Brasil no Programa IODP (International Ocean Discovery Program).

Tem como objetivo científico investigar a história e a estrutura da Terra, a partir do registro de sedimentos e rochas em águas profundas dos oceanos, utilizando tecnologias de perfuração oceânica como instrumento essencial para coleta de amostras, que permitem o levantamento de dados e contribuem para o alcance de novas descobertas sobre o sistema Terra.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/formacao-de-recursos-humanos-em-areas-estrategicas/programa-iodp/programa-iodp

 

Quem pode se inscrever para a chamada IODP para Expedições 372 e 375?

Do dia 12 de dezembro até o dia 18 de dezembro, estão abertas inscrições para duas Expedições IODP.

Podem se inscrever pesquisadores em nível de doutorado, pós-doutorado ou pesquisador pleno (candidato com mais de 8 anos de título de doutor), nas especialidades de:

Biology, Microbiology, Inorganic Geochemistry, Organic Geochemistry, Geophysics, Hydrogeology, Hydrology, Lithostratigraphy, Logging, Igneous Petrology Log – Seismic Interpretation, Oceanography, Paleomagnetism, Paleontology (Diatom), Paleontology (Dinoflagellate), Paleontology (Megafossil), Paleontology (Foraminifer – Benthic), Paleontology (Foraminifer – Planktonic), Paleontology (Nannofossils), Paleontology (Phytoplankton), Paleontology (Radiolaria), Paleontology (Silicoflagellate), Paleontology (Other), Palynology, Petroleum Geology, Petrology, Igneous Petrology, Metamorphic Petrology, Physical Properties, Sedimentology, Seismology, Stratigraphic Correlation, Structural Geology, Downhole Measurements.

O candidato pode se inscrever para mais de uma expedição simultaneamente.

Para se candidatar, o interessado deverá se inscrever online no http://inscricao.capes.gov.br/individual, incluindo os seguintes documentos:

Documentos necessários para upload no sistema online de inscrição (em formato PDF):

  • Currículo em inglês;
  • Currículo lattes em português;
  • Application form (modelo abaixo);
  • Participation Plan (modelo abaixo); e,
  • Uma das 3 cartas (de acordo com o vínculo do candidato):

1. Carta de recomendação em inglês do orientador (somente para candidatos cursando doutorado) - a letter from their primary adviser documenting the student’s scientific experience and detailing how participation on the cruise would fit into their graduate degree program;2. Carta de recomendação em inglês do coordenador do projeto (somente para candidatos que forem membros de projeto do Edital IODP/Capes nº 38/2014);3. Carta de compromisso em inglês da instituição à qual se vincula o candidato (somente para aqueles candidatos que não se enquadram em nenhuma das duas opções anteriores) – essa carta deve demonstrar que a instituição proverá apoio ao candidato para continuidade de sua pesquisa pós-expedição.

Para mais informações sobre a Expedição 372, consultar o link:

http://iodp.tamu.edu/scienceops/expeditions/hikurangi_gas_hydrate_slides.html

Para mais informações sobre a Expedição 375, consultar o link:

http://iodp.tamu.edu/scienceops/expeditions/hikurangi_subduction_margin.html

As candidaturas serão avaliadas pelo Comitê Científico do Programa no Brasil e homologadas pelo próprio IODP.

Uma vez selecionado, o candidato contará, durante sua permanência no navio JOIDES Resolution, com bolsa de doutorado, pós-doutorado ou pesquisador pleno (candidato com mais de 8 anos de título de doutor) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), de acordo com o nível de estudos/pesquisa do candidato.

Para mais informações acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/formacao-de-recursos-humanos-em-areas-estrategicas/programa-iodp/chamada-iodp-para-expedicoes-372-e-375

 

Qual é o objetivo do Edital IODP - Agente de Divulgação do Programa IODP/CAPES-Brasil - Edital nº 26/2017?

O Edital n° 26/2017 - IODP/CAPES-Brasil tem por objetivo selecionar 1 (um) Agente de Divulgação do Programa IODP/Capes-Brasil para integrar a Expedição 369 - Austrália Cretaceous Climate and Tectonics, a ser realizada no período de 26 de Setembro a 26 de Novembro de 2017, a bordo do navio JOIDES Resolution, com a finalidade de divulgar as atividades científicas do programa IODP e os resultados da expedição para estudantes (dos níveis médio e superior), pesquisadores, professores de ensino médio, docentes da educação superior e profissionais que trabalham com divulgação científica, de forma a estimular o interesse pela ciência nos oceanos. Objetivos Específicos: O Agente de Divulgação do Programa IODP/Capes-Brasil selecionado deverá:- Trabalhar lado a lado com cientistas e tomar conhecimento em primeira mão sobre os resultados da Expedição científica 369;- Traduzir os resultados científicos em recursos comunicacionais e educacionais úteis, tais como material audiovisual e páginas de internet, para o público brasileiro, em linguagem acessível e atrativa durante e após a expedição;- Divulgar a ciência desenvolvida no navio JOIDES Resolution para o público geral.

Quem pode se candidatar: Para representar o Brasil, na Expedição 369, como Agente de Divulgação do Programa IODP/Capes-Brasil, podem se candidatar a esta chamada comunicadores sociais ou profissionais da educação, ciência e tecnologia.

Requisitos do candidato: Para ser elegível, o candidato deverá atender aos seguintes requisitos:- Ser brasileiro nato ou naturalizado;- Ter idade igual ou acima de 21 (vinte e um) anos até o prazo de submissão da candidatura;- Possuir diploma de nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) em qualquer área do conhecimento;- Possuir currículo na Plataforma Lattes do CNPq, atualizado até o prazo final para candidatura neste Edital (http://lattes.cnpq.br/);- Ter proficiência no idioma inglês;- Ter atuado ou atuar profissionalmente por 5 (cinco) anos, em uma, ou mais, das áreas listadas a seguir: a) educação/ensino de ciências; b) divulgação científica; c) popularização da ciência) produção jornalística escrita e/ou audiovisual voltada à educação, ciência e tecnologia; e) atuação em redes sociais com foco na divulgação científica e conteúdos educacionais.

Auxílios a serem concedidos ao Candidato Selecionado: Uma vez selecionado, o Agente de Divulgação do Programa IODP/Capes-Brasil será contemplado com:- Passagem aérea de ida e volta, no trecho BRASIL-AUSTRÁLIA-BRASIL, adquirida em classe econômica, para período da expedição;- Auxílio para aquisição de seguro saúde, no valor de USD180,00 (cento e oitenta dólares americanos), a ser depositado diretamente na conta bancária do candidato selecionado;- Recurso de custeio no valor de R$10.000,00 (dez mil) reais para as atividades previstas no período pós-expedição da “Proposta de Atividades Educacionais e de Divulgação” aprovada.

 

Quem pode se inscrever para o IODP - Expedição 369 - Australia Cretaceous Climate and Tectonics - Vaga para a posição de “Paleomagnetist”?

A Expedição 369 - Australia Cretaceous Climate and Tectonics Expedition ocorrerá de 26 de setembro a 26 de novembro de 2017 e a vaga é para a posição de “Paleomagnetist”.

Podem se inscrever pesquisadores em nível de doutorado, pós-doutorado ou estágio sênior, na área de “Paleomagnetist”.

Para se candidatar, os interessados deverão se inscrever online no link:

http://inscricao.capes.gov.br/individual, incluindo os seguintes documentos obrigatórios:

Documentos necessários para upload no sistema online de inscrição (em formato PDF):

  • Currículo em inglês;
  • Currículo lattes em português;
  • Application form (modelo abaixo);
  • Plano de trabalho (modelo abaixo);
  • Participation Plan (modelo abaixo);
  • Carta de recomendação do orientador em inglês (somente para candidatos cursando doutorado) - a letter from their primaryadviser documenting the student’s scientific experience and detailing how participation on the cruise would fit into their graduate degree program;
  • Carta de recomendação em inglês do coordenador do projeto (somente para candidatos que forem membros de projeto do Edital IODP/Capes nº 38/2014).

Para mais informações sobre a Expedição 369, consultar o link:

http://iodp.tamu.edu/scienceops/expeditions/australia_climate_tectonics.html 

As candidaturas serão avaliadas pelo Comitê Científico do Programa no Brasil e homologadas pelo próprio IODP.

Uma vez selecionado, o candidato contará, durante sua permanência no navio Joides Resolution, com bolsa de doutorado, pós-doutorado ou estágio sênior no exterior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), de acordo com o nível de estudos/pesquisa do candidato.

Como funciona o programa International Ocean Discovery Program (IODP)?

O International Ocean Discovery Program (IODP) é um programa internacional de pesquisas marinhas que visa investigar a história e a estrutura da Terra a partir do registro de sedimentos e rochas. Este programa reúne parte significativa da comunidade científica atuante na ciência do mar em águas profundas e tem como objetivo explorar de forma integrada o sistema Terra. Para isto, usa o atual e mais evoluído estado da arte da tecnologia em perfuração oceânica como instrumento essencial para novas descobertas, permitindo a disseminação de dados e amostras a partir de arquivos globais, particularmente para os países membros do programa.

O IODP/Capes-Brasil é executado pela Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em parceria com a National Science Foundation (NSF). O programa enquadra-se nas diretrizes da Capes de indução temporária de áreas estratégicas da política brasileira de ciência, tecnologia e inovação e consiste em conceder apoio financeiro aos projetos selecionados de acordo com os critérios definidos em Edital.

Saiba mais sobre o programa em www.iodp.org.

Qual é o objetivo da chamada Memórias Brasileiras - Conflitos Sociais?

Esta chamada tem como objetivo promover e fomentar a realização de pesquisas científicas que resultem em livros, que poderão vir a ser utilizados na educação básica, e que deverão enfocar processos e episódios (revoltas, insurreições, rebeliões populares, lutas armadas, manifestações populares entre outros) que, ao longo da história brasileira do período republicano, tenham sido expressão da conflitividade social e significativos para o entendimento da construção do Estado e da sociedade brasileira, valorização de episódios pouco estudados da história brasileira.

Áreas:  Ciências Humanas e Sociais com destaque para Antropologia; Artes; Ciência Política; Ciências Sociais Aplicadas; Educação; História; Letras (Literatura) e linguística; Sociologia, e outras cujas propostas se insiram nos termos do Edital.

O projeto deverá ter, obrigatoriamente, caráter multi-institucional e interdisciplinar. Deve ter ainda como objetivo final a publicação de livros e eventuais materiais complementares previstos no projeto. Estão previstas bolsas nas modalidades de iniciação científica; mestrado e pós-doutorado, além de recursos de custeio e capital para despesas com material bibliográfico.

Apoio:

O valor total do financiamento do projeto é de até R$ 300 mil em recursos de custeio, capital, para aquisição de material bibliográfico, e pagamento de bolsas, a serem repassados em duas parcelas anuais.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/outras-informacoes/programas-encerrados-estrategicos/memorias-brasileiras-conflitos-sociais

 

Qual é o objetivo do PBE-DPM - Programa de Bolsa Especial para Doutorado em Pesquisa Médica?

O Programa de Bolsa Especial para Doutorado em Pesquisa Médica tem por objetivo fomentar o desenvolvimento para a formação em pesquisa médica, com a finalidade de estimular a produção acadêmica e a formação de pesquisadores, em nível de doutorado, por meio de financiamento específico, consolidando e ampliando o pensamento crítico estratégico para o desenvolvimento científico do país.

 

Como funciona a concessão de bolsas para programas especiais?

Serão concedidas bolsas de Doutorado Pleno no país, por prazo máximo de 48 meses, a candidatos indicados pelo Programa de Pós-Graduação, de acordo com cota aprovada pela Capes, após realização de processo seletivo para o ingresso do aluno no referido Programa de Doutorado.

PGPSE - Programa de Apoio à Pós-Graduação e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Desenvolvimento Socioeconômico no Brasil.

 

Qual é o objetivo do PGPSE - Programa de Apoio à Pós-Graduação e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Desenvolvimento Socioeconômico no Brasil?

O PGPSE tem por objetivo estimular no País a realização de projetos conjuntos de pesquisa com vistas a possibilitar o desenvolvimento de pesquisas científicas e a formação de recursos humanos pós-graduados na área de Desenvolvimento Socioeconômico no Brasil, contribuindo, assim, para desenvolver e consolidar o pensamento brasileiro contemporâneo na área.

São financiáveis os seguintes itens:

  • bolsa, com prazo de implementação e duração vinculados ao de vigência do projeto, nas modalidades constantes do edital;
  • passagens aéreas, adquiridas na classe econômica e tarifa promocional, para missões de estudos e de pesquisa, no Brasil ou no exterior, e de docência no país para pesquisadores qualificados;
  • diárias para missões de pesquisa e docência, conforme legislação vigente;
  • despesas de custeio relacionadas às atividades do projeto.

Para mais informações acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/formacao-de-recursos-humanos-em-areas-estrategicas/desenvolvimento-socioeconomico-pgpse

 

Qual é o objetivo da chamada destinada a Prevenção e Combate ao vírus Zika?

A chamada destina-se a investir recursos em estudos e pesquisas científicas para o diagnóstico do vírus Zika, o controle do mosquito Aedes aegypti, o desenvolvimento da vacina contra o vírus Zika e entendimento sobre o comportamento da doença e suas correlações, no âmbito do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes Aegypti e à Microcefalia: Eixo de Desenvolvimento Tecnológico, Educação e Pesquisa.

A chamada pública visa apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica que visem contribuir significativamente, com foco especial na prevenção, diagnóstico e tratamento da infecção do vírus Zika e doenças correlacionadas, e no combate ao mosquito Aedes Aegypti, contribuindo assim de modo efetivo para o avanço do conhecimento, formação de recursos humanos, geração de produtos, formulação, implementação e avaliação de ações públicas voltadas para a melhoria das condições de saúde da população brasileira.

As linhas temáticas abrangidas pela chamada são:

  • Desenvolvimento de novas tecnologias diagnósticas
  • Desenvolvimento e avaliação de repelentes;
  • Desenvolvimento e avaliação de estratégias para controle de vetores em seus vários estágios de desenvolvimento;
  • Desenvolvimento de imunobiológicos;
  • Desenvolvimento de tecnologias sociais e inovação em educação ambiental e sanitária;
  • Inovação em gestão de serviços de saúde, de saneamento e de políticas públicas;
  • Imunologia e virologia;
  • Epidemiologia e vigilância em saúde.

Serão financiados:

  • bolsa, com prazo de implementação e duração vinculados ao de vigência do projeto, nas modalidades constantes do edital;
  • passagens aéreas, adquiridas na classe econômica e tarifa promocional, para missões de estudos e de pesquisa, no Brasil ou no exterior, e de docência no país para pesquisadores qualificados;
  • diárias para missões de pesquisa e docência, conforme legislação vigente;
  • despesas de custeio relacionadas às atividades do projeto;
  • despesas de capital relacionadas ao projeto.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/programas-emergenciais/prevencao-e-combate-ao-virus-zika

 

No que constitui o Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Desastres Naturais (Pró-Alertas)?

O Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Desastres Naturais (Pró-Alertas) constitui ação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) destinada a estimular e apoiar a realização de projetos conjuntos de pesquisa no país, em diferentes instituições de ensino superior (IES), institutos de pesquisa e demais instituições associáveis enquadráveis nos termos do edital, para a formação de recursos humanos em nível de pós-graduação stricto sensu acadêmico, por meio do desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica interdisciplinares na área de Desastres Naturais.

O Pró-Alertas será executado pela Capes com apoio do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O programa enquadra-se nas diretrizes da Capes de indução temporária de áreas estratégicas da política brasileira de ciência, tecnologia e inovação e consiste em conceder apoio financeiro aos projetos selecionados de acordo com os critérios definidos em edital.

Objetivo Geral

Estimular a realização de projetos conjuntos de pesquisa, com vistas a contribuir para a consolidação do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) do MCTI, mediante a produção de pesquisas científicas e tecnológicas e a formação de recursos humanos pós-graduados em Gestão de Desastres Naturais, que levem ao aprofundamento do conhecimento sobre o tema, com vistas a monitorar áreas de risco e estabelecer critérios científicos para elaborar alertas, de maneira a reduzir substancialmente o número de vítimas e prejuízos causados pelos desastres naturais no país.

Para mais informações, acesse:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/programas-estrategicos/formacao-de-recursos-humanos-em-areas-estrategicas/pro-alertas

 

 

PAEP

Qual é o objetivo do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP)?

Programa de Apoio a Eventos no País – PAEP – visa impulsionar a realização de eventos científicos, tecnológicos e culturais de curta duração no país, com envolvimento de pesquisadores, docentes e discentes dos programas de pós-graduação.

Para mais informações, acesse: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/paep

 

O que é o Linha Direta?

O Linha Direta é um canal desenvolvido sob a responsabilidade da Capes, onde os beneficiários poderão estabelecer contato direto com o técnico responsável pelo acompanhamento de sua proposta. Para contato acessar:

 Acesse: http://linhadireta.capes.gov.br/linhadireta/login.seam. Para contato do público em geral, encaminhar mensagem para o e-mail: paep@capes.gov.br

O que é o Documento de anuência do dirigente máximo da instituição executora?

Para envio da proposta, um dos documentos obrigatórios é o Termo de Anuência do Dirigente Máximo da Instituição ou substituto com delegação de competência, que deverá ser preenchido, assinado, carimbado e anexado à aba de documentos obrigatórios na página de inscrição do SICAPES.

O termo modelo está disponível na página do PAEP no link:

https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/paep em "documentos para coordenadores de projeto". 

Lembramos que o preenchimento incorreto ou a ausência de informações do formulário de concordância do dirigente máximo, assim como envio de um termo diferente do modelo disponível causará o indeferimento da proposta na fase análise técnica.

Quando serão aceitas novas solicitações de Apoio a Eventos no País – PAEP?

Acompanhe a divulgação de novos editais na página do programa, por meio do link https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/bolsas-no-pais/paep

É necessário fazer prestação de contas no PAEP?

É obrigatória a prestação de contas das despesas realizadas, observadas as normas que disciplinam a utilização do AUXPE, em especial o disposto no Manual de Prestação de Contas on-line do Sistema Informatizado de Prestação de Contas - SIPREC da CAPES (Anexo II da Portaria CAPES nº 59/2013). Todos os documentos, manuais e orientações acerca da prestação de contas encontram-se no link: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/bolsas/prestacao-de-contas/auxilios-a-pesquisa. A prestação de contas final deverá ser realizada no Sistema de Prestação de Contas - SIPREC que pode ser acessado no link: siprec.capes.gov.br, em até 60 (sessenta) dias após o término da vigência do auxílio. Para informações referentes à prestação de contas, entrar em contato com a Coordenação de Prestação de Contas - CPC, por meio do e-mail: cpc@capes.gov.br.

Quem pode participar do PAEP?

Presidente da comissão organizadora ou presidente da sociedade/associação científica. Os eventos devem ser promovidos por instituições de ensino superior ou entidades de pesquisa científica e tecnológica que sejam vinculadas ou que contribuam para o desenvolvimento do Sistema Nacional de Pós-Graduação - SNPG.