Notícias

Institucional

Comitê da Sudeco aprova Plano de Gestão de Riscos

A proposta foi aprovada por unanimidade na última reunião do Comitê
Publicado em 28/12/2020 18h55 Atualizado em 29/12/2020 10h14
1 | 3
9ª Reunião Ordinária do Comitê de Gestão de Riscos da Sudeco
2 | 3
Superintendente substituta, Franciane Nascimento, preside a mesa.
3 | 3
Servidora, Amália Cristina Ramalho, apresenta o Plano de Riscos ao Comitê
IMG_5871.JPG
IMG_5860.JPG
IMG_5876.JPG

O Comitê de Governança, Riscos, Controles e Integridade (CGRCI) da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) aprovou na última quarta-feira (23) o Plano de Gestão de Riscos e Controles Internos da superintendência, assim como a sua metodologia. O encontro ocorreu na 9º Reunião Ordinária do Comitê na sede da instituição.

A mesa foi presidida pela superintendente substituta, Franciane Nascimento. A proposta foi apresentada ao grupo de diretores pela equipe do gabinete, representada pelas servidoras, Amália Cristina Ramalho e Camila Girão de Morais Barcelos. 

“A aprovação do Plano de Gestão de Riscos é um marco para a Sudeco. A partir disto, formalizaremos a gestão de governança da instituição, visando eficiência e eficácia no alcance dos objetivos institucionais e na prestação de serviços à sociedade”, destaca Franciane Nascimento.

Após a aprovação, o próximo passo será a formalização de um projeto piloto que irá subsidiar a gestão de riscos em cada diretoria na superintendência, de forma gradativa. “O objetivo é abranger todas as diretorias dentro do prazo de um ano, a contar da finalização do projeto piloto”, ressalta a integrante do núcleo, Amália Ramalho. Para isso, foi criado internamente um núcleo de gestão formado por servidores indicados por cada diretoria.

Segundo o Comitê, o principal objetivo do Plano é orientar a operacionalização da Gestão de Governança, Riscos e Controles Internos da Sudeco, em cumprimento às diretrizes da Política de Gestão de Riscos instituída pela Governança.

As atividades terão seu início em 2021 e contará com a capacitação de turmas para formar multiplicadores de gestão de riscos, assim como ações de comunicação interna para criar uma cultura entre servidores e colaboradores.

 

Comunicações e Transparência Pública