Consumidor

Nosso portal está em migração. Não encontrou o que procurava? Acesse a antiga página do consumidor

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), criada pelo Decreto nº 7.738, de 28 de maio de 2012, integra o Ministério da Justiça e Segurança Pública e tem suas atribuições estabelecidas no art. 106 do Código de Defesa do Consumidor e no art. 3º do Decreto n° 2.181/97. A atuação da Senacon concentra-se no planejamento, elaboração, coordenação e execução da Política Nacional das Relações de Consumo, com os objetivos de: (i) garantir a proteção e exercício dos direitos dos consumidores; (ii) promover a harmonização nas relações de consumo; (iii) incentivar a integração e a atuação conjunta dos membros do SNDC; e (iv) participar de organismos, fóruns, comissões ou comitês nacionais e internacionais que tratem da proteção e defesa do consumidor ou de assuntos de interesse dos consumidores, dentre outros. 

 

Temas do Consumidor

Destaques

Ferramenta traz novos recursos, mais agilidade e reduz o tempo de espera por uma resposta

Ferramenta traz novos recursos, mais agilidade e reduz o tempo de espera por uma resposta

Plataforma já conta com mais de mil empresas cadastradas e soma um total de 4,2 milhões de reclamações registradas

Plataforma já conta com mais de mil empresas cadastradas e soma um total de 4,2 milhões de reclamações registradas

Espaço de discussão tem como objetivo desenvolver e aprimorar políticas de defesa do consumidor

Espaço de discussão tem como objetivo desenvolver e aprimorar políticas de defesa do consumidor

Decolar.com sofreu sanção por não informar consumidor sobre riscos na compra de bilhetes aéreos da Avianca, após pedido de recuperação judicial

Decolar.com sofreu sanção por não informar consumidor sobre riscos na compra de bilhetes aéreos da Avianca, após pedido de recuperação judicial

Ministério ainda realizou apreensão recorde de drogas

Ministério ainda realizou apreensão recorde de drogas

Multa foi aplicada após investigações comprovarem que instituição utilizou dados sem consentimento de consumidores idosos

Multa foi aplicada após investigações comprovarem que instituição utilizou dados sem consentimento de consumidores idosos