Notícias

Ministro anuncia hoje programa de incentivo à Tecnologia Assistiva para crianças

A ideia é estimular crianças do ensino fundamental e professores a desenvolverem soluções por meio da tecnologia para pessoas com deficiência. O programa é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações
Publicado em 20/07/2021 18h00 Atualizado em 20/07/2021 18h34
desafiobrilhantes.jpg

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes, vai anunciar nesta terça-feira (20) um projeto que tem o objetivo de melhorar as habilidades das crianças em Tecnologia Assistiva. A proposta também quer realizar a conscientização da inclusão social e produtiva por meio da realização de competições. O 1º Desafio "Ideias Brilhantes" MCTI, Tecnologia Assistiva para a Vida Diária é uma iniciativa do Ministério criada pela Secretaria de Articulação e Promoção da Ciência (SEAPC) em parceria com instituições de ensino públicas e privadas de todo país. Quem quiser saber mais sobre o assunto deve acessar o link https://www.sympla.com.br/1-desafio-ideias-brilhantes-mcti---tecnologia-assistiva-para-a-vida-diaria__1287577 com informações adicionais.

De acordo com a proposta, a iniciativa visa estimular e apoiar docentes e estudantes na busca de soluções simples para a acessibilidade que contribuam com as habilidades funcionais, orientação e mobilidade de pessoas com deficiência por meio da Tecnologia Assistiva. Além disso, o programa quer estimular o empreendedorismo por meio da educação, desenvolvendo habilidades voltadas para a atividade.

O  O 1º Desafio "Ideias Brilhantes" MCTI, Tecnologia Assistiva para a Vida Diária será voltado para estudantes do ensino fundamental dois, do 6º ao 9º ano, de escolas de todo Brasil. O projeto contará com apoio das instituições vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e de colaboradores que por meio de palestras e premiações contribuirão para a medida. O anúncio o ministro Marcos Pontes será durante o Bate Papo Ciência e Tecnologia no Dia a Dia, no canal do Ministério do YouTube às 19h30.