Notícias

Presidente Jair Bolsonaro elogia trabalho de Marcos Pontes e reconhece que pasta precisa de mais recursos

Declaração foi realizada durante cerimônia de entrega de títulos para 120 moradores de Alcântara no Maranhão, presente no evento, deputado Eduardo Bolsonaro destacou a importância social da iniciativa
Publicado em 12/02/2021 14h54 Atualizado em 12/02/2021 14h59
50933055207_527143fa9e_c.jpg

Foto: Alan Santos/PR

“Esse é o cara. Um jovem de Bauru que tinha o sonho de seguir na carreira aeronáutica e atualmente é o único astronauta do hemisfério sul. Um homem que nos orgulha a todos. O fato dele ser ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações já é um cartão de visitas do Brasil para o mundo. Diariamente fala com o mundo todo”. Foi dessa maneira que o presidente da República Jair Bolsonaro iniciou o discurso no momento em que se referia ao ministro do MCTI e astronauta Marcos Pontes. A fala aconteceu nessa quinta-feira (11), em Alcântara no Maranhão durante a entrega de títulos de propriedade para 120 moradores da região.

Ainda em seu discurso, o presidente admitiu que a pasta precisa de mais recursos para que o país siga os passos de diversas nações de primeiro mundo que apostaram no investimento substancial em ciências, tecnologias e inovações para se desenvolverem. “Falta um pouco de recursos para o MCTI, mas se Deus quiser nós vamos conseguir resolver isso. Queremos que o Brasil entre no mundo da ciência, tecnologia e inovação”, declarou o presidente que avaliou que o ministro Marcos Pontes também possui méritos pelo desenvolvimento do Centro de Lançamento de Alcântara.

Após a cerimônia o ministro se encontrou com o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) a quem agradeceu pelo apoio no desenvolvimento do CLA. “Queria agradecer ao deputado Eduardo Bolsonaro que participou aqui da construção do Centro de Alcântara com emendas para decolagem desse centro”, declarou o ministro.

Em sua terceira visita ao CLA, Eduardo Bolsonaro considera que o projeto tem muito potencial. “Quem sabe este ano ainda possamos ter um lançamento? E mais do que isso, é importante também a questão social. O presidente veio aqui entregar títulos de posse para pessoas que aguardavam por isso há muito tempo”, afirmou.

“Mais de três décadas de espera pelos títulos de propriedade dessas terras. Quantos governos passaram sem resolver esse problema? Mas agora o governo Jair Bolsonaro está dando este presente à comunidade local”, completou o ministro.

Eduardo Bolsonaro ressaltou também que a expectativa do governo é que o centro de lançamento brasileiro tenha o mesmo sucesso do Centro de Lançamento em Kourou, na Guiana Francesa. “Hoje nossos vizinhos têm a maior renda per capita da América Latina. É tudo que desejamos. Desenvolvimento tecnológico e social com qualidade de vida para a população local”, declarou.

 

Ciência e Tecnologia