Notícias

SATÉLITE AMAZONIA-1

Faltam 5 dias para o lançamento do Amazonia-1, satélite 100% brasileiro

Publicado em 22/02/2021 19h59

Em continuidade das atividades que antecedem o lançamento, o Amazonia-1 foi integrado ao MSA (Multi Satellite Assembly) do lançador PSLV no dia 18 de fevereiro de 2021. Juntamente com o Amazonia-1, foram integrados os satélites Sindhu Netra (India), Nanoconnect-2 (USA) e SpaceBee (12 ) (USA). O Amazonia-1, que é a carga útil principal do lançamento C51 do PSLV, será colocado numa órbita Sol síncrona com altitude média de 752 km acima da superfície da Terra. Os outros satélites, considerados cargas secundárias, serão colocados numa órbita com altitude média de 511 km acima da superfície da Terra.

No dia 19 de fevereiro de 2021, o Amazonia-1 foi transportado para a torre de lançamento e integrado ao quarto estágio do PSLV. Entretanto, antes do transporte, os indianos têm, por tradição, realizar uma cerimônia que visa desejar boa sorte para a missão. Essa cerimônia é realizada já com o container que contêm os satélites sobre o caminhão que os transportará e consiste em se quebrar alguns cocos num dispositivo posicionado à frente do caminhão. Assim, seguindo a tradição, algumas pessoas do Brasil e outras da Índia quebraram os cocos. Com esse último ato, o Amazonia-1, deixou o laboratório chamado de SP 2 B e foi transportado para a torre de lançamento. Todas as atividades planejadas estão sendo executadas conforme o cronograma e foram concluídas com sucesso.

Faltam 5 dias para o lançamento do Amazonia-1, previsto para o dia 28 de fevereiro de 2021 no Centro Espacial de Satish Dhawan, Sriharikota, Índia.

Com informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), unidade de pesquisa subordinada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações 
(MCTI).

Amazonia-1 montado no MSA, juntamente com as cargas secundárias.

Amazonia-1 montado no MSA, juntamente com as cargas secundárias.


Cerimonia do Coco.

Cerimonia do Coco

Amazonia 1 sendo integrado ao PSLV
Amazonia-1 sendo integrado ao PSLV
Ciência e Tecnologia