Em 2020, o DA promoveu a ampliação de estudos e pesquisas sobre políticas públicas com novos parceiros.

Publicado em 20/04/2021 18h05 Atualizado em 20/04/2021 18h06

No ano de 2020, a estratégia do Departamento de Avaliação (DA) para a produção de estudos e pesquisas sobre políticas públicas sob gestão do Ministério da Cidadania teve como foco a diversificação de parceiros, com o objetivo de diferenciar os temas de estudo e ampliar o quantitativo de produtos para subsidiar as decisões da gestão. Para tanto, foi firmada parceria com o CNPq no final de 2019, tendo resultado a contratação de 20 produtos diversos, os quais estão em fase de análise pelo Departamento de Avaliação. Os temas estudados seguem abaixo: 

Estudos (temas)
Atualização e elaboração de materiais acadêmicos
(série Manual do Pesquisador)
Acesso à água;
Tecnologias sociais;
Acesso aos serviços da assitência social;
Acompanhamento do Programa Criança Feliz;
Análise da pobreza multidimensional no Brasil;
Condições de vida de comunidades tradicionais afrobrasileiras inscritas no Cadastro Único.
Programa Banco de Alimentos;
Acessuas Trabalho;
Programa de Aquisição de Alimentos;
Programa de Restaurantes Populares;
Atualização do Manual do Benefício de Prestação Continuada;
Atualização do manual de Pesquisa Qualitativa.

No ano de 2020 foi iniciada, ainda, a avaliação de conjuntura do Programa Cisternas – 2ª água, tendo como foco o acompanhamento da produção agropastoril das famílias beneficiadas pelo Programa, e foi dado prosseguimento na avaliação de impacto do Programa Criança Feliz, iniciada em 2018, sendo concluída em 2020 a primeira rodada de mensuração de impacto.

A metodologia deste estudo prevê a realização de entrevistas trimestralmente para acompanhamento de resultados junto aos participantes. Pretende-se que tal metodologia seja também utilizada para um novo estudo acerca da implementação do Programa Criança Feliz.  

Para permitir que as políticas públicas promovidas pelo MC sejam objeto de avaliação e estudo constantes o DA firmou parceria com diversas instituições, podendo citar o IBGE, IMPA, IPEA, CNPq, IMDS, UFMT, entre outras.

Por fim, atendendo a sua missão de fomento à pesquisa sobre as políticas públicas sob gestão do Ministério da Cidadania, o DA analisou e concluiu no período trinta e um pedidos de cessão de dados identificados do Cadastro Único para pesquisadores externos ao Ministério.