Notícias

EMERGENTES

CAPES assina acordo de cooperação com FAPs

O documento orienta a execução do PDPG Parcerias Estratégicas nos Estados, com a concessão de 1.775 bolsas
Publicado em 01/04/2021 12h46

A CAPES assinou um acordo de cooperação técnica com 15 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs), para a execução do Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) Parcerias Estratégicas nos Estados. Regido pelo Edital nº 18/2020, o documento é válido por 48 meses e poderá ser prorrogado por mais um ano. A divulgação ocorreu no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 31. Para os próximos dias estão previstas as assinaturas de mais cinco acordos.

Com a oferta de 1.775 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, a parceria promoverá o desenvolvimento científico, tecnológico e inovador de cada região. Os programas de pós-graduação (PPGs), emergentes e em consolidação, em áreas consideradas prioritárias por cada estado, serão fortalecidos a partir da formação de profissionais qualificados.

Para o custeio e a execução das atividades previstas no Plano de Desenvolvimento da Pós-Graduação das FAPs (PD-FAP), cada Fundação investirá, no mínimo, 30% do valor oferecido pela CAPES para pagamento de bolsas. Este orçamento será de R$121,9 milhões.

A CAPES já firmou cooperação com as Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados de Minas Gerais (Fapemig), da Bahia (Fapesb), do Piauí (Fapepi), do Rio Grande do Norte (Fapern), da Paraíba (Fapesq), do Rio Grande do Sul (Fapergs), do Rio de Janeiro (Faperj), Maranhão (Fapema), Amapá (Fapeap), Goiás (Fapeg), Amazonas (Fapeam), Espírito Santo (Fapes), Mato Grosso do Sul (Fundect), Santa Catarina (Fapesc) e Ceará (Funcap). Outras cinco FAPs estão em processo de formalização.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).
(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES