Notícias

Balanço 2020

Sudeco alcança economia de 53% em gastos públicos

Eficácia na gestão administrativa e governança marcaram o último ano da instituição
Publicado em 08/02/2021 16h22 Atualizado em 08/02/2021 16h48
4-_Governança_e_Gestão_Administrativa.png

Em 2020, a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), diante dos desafios ocasionados pela pandemia da covid-19, demostrou eficiência na gestão administrativa da instituição. Com destaque para a economia de recursos públicos, a adequação dos serviços de atendimento ao cidadão por meio virtual, bem como a promoção de cursos profissionalizantes, além de medidas que orientaram o quadro de servidores e colaboradores da Sudeco no período.

No mesmo ano, foram realizadas conquistas nas ações de Governança com o processo de migração do site institucional para o portal gov.br, no qual propiciou a modernização da página virtual, além de trazer melhorias para a experiência do usuário. Outro destaque no quesito Governança foi a criação do Plano de Gestão de Riscos e Controles Internos da superintendência, visando eficiência e eficácia no alcance dos objetivos institucionais e na prestação de serviços à sociedade.

“É gratificante poder afirmar que, a despeito de todas as dificuldades vivenciadas ao longo de todo 2020 - e ainda não superadas - a Sudeco não só atingiu bons índices no 8º Ciclo de Avaliação Institucional, com resultado final de 89,08%, como também obteve importantes avanços em outras áreas da instituição”, ressalta o superintendente da Sudeco, Nelson Fraga.

Eficiência na gestão administrativa

No período de 2020, a instituição, por meio de sua Diretoria de Administração (DA), conseguiu uma economia expressiva com custo de logística, em torno de R$ 63,8 mil mensais, representando uma diminuição de 53% em relação ao mesmo período antes da pandemia. 

Além disso, foram economizados R$ 650.000,00 em despesas empenhadas pela instituição. O que oportunizou a utilização desses valores financeiros para o desenvolvimento de municípios por meio de formalização de convênios com a Sudeco.

A DA é responsável pelas atividades administrativas da autarquia, prestando o apoio necessário para que as áreas fim possam executar suas atribuições, dispondo da infraestrutura adequada, quer seja de instalações físicas, como de tecnologia, logística ou recursos humanos.

Outro ganho para superintendência no último ano foi a melhoria da gestão de processos internos geridos pela DA. Por meio do desenvolvimento de um fluxograma de todas as atividades do setor, foi possível mapear 170 fluxos internos. Desse resultado, a diretoria conseguiu propiciar 93 melhorias nos processos da área, o que trouxe agilidade e desburocratização de seus serviços.

“A equipe da Diretoria de Administração trabalhou com afinco para promover melhorias na gestão administrativa, com foco na desburocratização e economia, em um processo de constante reavaliação de todos os recursos funcionais envolvidos," destaca o diretor de Administração da Sudeco, Roberto Postiglione.

Por fim, a Sudeco realizou 1.720 horas de qualificação de seus servidores e colaboradores. As capacitações foram concretizadas, em sua maioria, por ensino a distância (EAD).

Portal gov.br

A migração da Sudeco para o portal gov.br foi um marco para a instituição. A autarquia aderiu à plataforma em 2020, junto a 87 órgãos federais que migraram para o gov.br no último ano.

A proposta de unificação dos portais, além de modernizar os sites institucionais do governo, facilitou a vida do cidadão. A Sudeco, por exemplo, digitalizou a emissão de Atestado de Capacidade Técnica, que são solicitados por empresas que prestam ou prestaram serviços à superintendência.

O portal gov.br/sudeco integra a Estratégia de Digitalização da superintendência. A instituição aderiu a iniciativa da Secretaria de Governo Digital (SGD), do Ministério da Economia, em fevereiro. Em seguida, com o acompanhamento de técnicos da própria SGD, da Secretaria Especial de Modernização do Estado (SEME) e do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), foi realizado um diagnóstico, determinado os serviços passíveis de digitalização e a sua transformação.

Governança

Foi aprovado no último ano o Plano de Gestão de Riscos e Controles Internos da superintendência, assim como a sua metodologia pelo Comitê de Governança, Riscos, Controles e Integridade (CGRCI) da Sudeco.

 “A aprovação do Plano de Gestão de Riscos é um marco para a Sudeco. A partir disto, formalizaremos a gestão de governança da instituição, visando eficiência e eficácia no alcance dos objetivos institucionais e na prestação de serviços à sociedade”, destaca a chefe de gabinete da Sudeco, Franciane Nascimento.

O Plano irá orientar a operacionalização da Gestão de Governança, Riscos e Controles Internos da Sudeco, em cumprimento às diretrizes da Política de Gestão de Riscos instituída pela Governança.

Neste ano, as atividades terão seu início e contarão com a capacitação de turmas para formar multiplicadores de gestão de riscos, assim como ações de comunicação interna para criar uma cultura entre servidores e colaboradores.

Medidas preventivas à covid-19

Em 2020, em função da situação de calamidade pública causada pela pandemia de covid-19, o mundo inteiro foi surpreendido com desafios até então desconhecidos. Na Sudeco, foi tomada medidas objetivas para proteção da saúde e do bem-estar de colaboradores e servidores. Entre as medidas instituídas no período, pode-se destacar a adequação do trabalho remoto para o seu quadro de trabalho, além da elaboração um Manual de Trabalho Remoto, a fim de ajudar a equipe a se adaptar ao home office. No mesmo período foi realizada pela instituição uma campanha de vacinação antigripal quadrivalente, imunizando os trabalhadores da autarquia.

No quesito gestão administrativa, foi implementada a virtualização do recebimento de documentos pela instituição, que antes eram entregues presencialmente pelo seu público. O processo também ajudou a dar dinamicidade ao trabalho remoto da instituição.

 A Diretoria de Administração da Sudeco (DA) foi responsável por realizar ações que proporcionaram um retorno seguro aos servidores e colaboradores, incentivando medidas de distanciamento social, por meio de rodízios de equipe, realização de reuniões virtuais, entrega de kits de higienização para todo o quadro de trabalho, bem como a desinfecção dos andares da sede com periocidade, limpeza diárias de baias de trabalho, equipamentos e áreas comuns da instituição, assim como o controle de visitas na autarquia.

Todos os atos para prevenção da covid-19 seguiram as orientações e recomendações previstas pelo Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal (SIPEC) do Ministério da Economia e pelo Ministério da Saúde.

Comunicações e Transparência Pública