Notícias

Roraima recebe Delegacia Virtual do MJSP para registro on-line de boletim de ocorrência

Ferramenta funciona 24 horas por dia e permite ao cidadão registrar ocorrências sem a necessidade de deslocamento até uma delegacia de polícia
Publicado em 19/02/2021 10h33 Atualizado em 19/02/2021 12h11
Roraima recebe Delegacia Virtual do MJSP para registro on-line de boletim de ocorrência.png

Brasília, 19/02/2021 - A partir desta sexta-feira (19), começa a funcionar no estado de Roraima a Delegacia Virtual (Devir), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A ferramenta foi desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e disponibilizada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP) para registro de boletins de ocorrência via internet, 24 horas por dia. O projeto soma-se ao esforço do governo federal de modernização para ofertar mais um serviço digital à sociedade. Por enquanto, a solução pode ser utilizada para comunicar 19 tipos de ocorrências. Entre elas, furto, extravios e crimes de menor potencial, como ameaça, calúnia, injúria, difamação e estelionato, mas poderá também abranger outros tipos de crimes. O estado é o quinto a aderir à ferramenta, que já está em funcionamento no Acre, Alagoas, Rio Grande do Norte e Tocantins.

Para o diretor de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), coronel Bilmar Angelis, a adesão dos estados às soluções projetadas pelo MJSP contribui para o fortalecimento e a integração de uma base única de dados da segurança pública. “A nossa estratégia é expandir, cada vez mais, a utilização das ferramentas do Ministério por cada ente federativo, para que possamos contribuir, de certa forma, na formação de uma política pública nacional na área. A adesão dos estados é prova da qualidade, eficiência e confiabilidade das soluções de Tecnologia da Informação ofertadas gratuitamente pelo MJSP em benefício do cidadão”, destacou. 

Para o secretário de Segurança de Roraima, coronel Edison Prola, além da padronização de informações, a utilização da Delegacia Virtual garantirá economicidade e praticidade. “A Delegacia Virtual é de extrema importância para Roraima, pois teremos mais economia de recursos públicos e custo zero. Além disso, o serviço a ser oferecido ao cidadão é prático, seguro e eficiente”, disse.

O delegado geral, Herbert de Amorim Cardoso, observou ainda, que o ganho para a Polícia Civil de Roraima, com a implantação da Delegacia Virtual é elevado. “Atualmente os policiais que atuam na Delegacia Online recebem os registros, digitam novamente o relato das vítimas e posteriormente lançam no sistema PPE. Com a DEVIR, esses registros serão automáticos. Isso nos permitirá gerir melhor o efetivo para fortalecer delegacias que necessitam de mais policiais”, disse.

A ferramenta possibilita realizar customizações e inclusões de novos tipos de comunicação de ocorrências, atendendo às necessidades de cada unidade federativa, inclusive de forma temporária, como por exemplo, durante a pandemia de Covid-19.

COMO ACESSAR

Para fazer o registro de um BO, o usuário deve acessar o site da Polícia Civil, ou o link da Delegacia Virtual e selecionar o estado de Roraima. O usuário é encaminhado para uma página com orientações gerais sobre o uso da ferramenta. Ao prosseguir, são dadas as opções da ocorrência que deve ser escolhida. É necessário preencher os dados conforme as perguntas que vão sendo feitas na página.

SINESP PPE

A Delegacia Virtual vai integrar-se ao módulo Procedimento Policiais Eletrônicos (PPE), do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) do MJSP. O PPE tem como objetivo facilitar a gestão e o registro de procedimentos policiais em todo o Brasil e já funciona em alguns estados. A Devir foi desenvolvida já integrada ao PPE, mas também permite integrar-se a outros sistemas.

Justiça e Segurança