Notícias

MJSP investe em capacitação profissional para agentes de segurança pública

Em apenas 4 meses, número de matrículas supera meta anual de 100 mil
Publicado em 16/09/2020 16h17 Atualizado em 16/09/2020 17h19
MJSP investe em capacitação profissional para agentes de segurança pública (2).png

Brasília, 16/09/2020 – A capacitação de agentes que integram o Sistema Único de Segurança Pública é uma prioridade para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Somente este ano, houve um crescimento expressivo de matrículas em 2 mil turmas ofertadas pela Rede Nacional de Ensino a Distância (Rede EaD-Segen). Foram registradas 116 mil inscrições com a aprovação de 89 mil alunos.

Criada em maio deste ano, a Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen/MJSP) atende demandas dos estados e do Distrito Federal relacionadas à gestão, transparência, capacitação e pesquisa na área de segurança pública.

Somente nos últimos quatro meses, a Segen contabilizou mais 50 mil matrículas e 42 mil aprovações nas plataformas de curso a distância, alcançando as metas Plurianual e Institucional de 100 mil matrículas até o final do ano.

Para o secretário de Ensino e Gestão em Segurança Pública (Segen/MJSP), Josélio de Azevedo, a criação da Segen, em maio deste ano, vai ao encontro da lei que institui o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) que tem, entre seus princípios, a promoção da produção de conhecimento sobre segurança pública.

O diretor de Ensino e Pesquisa da Segen, Marcos de Araújo, acredita que a Secretaria ajudou a impulsionar o número de matrículas. “Estávamos com uma meta de 100 mil matrículas até o final do ano e, já em agosto, ultrapassamos 100 mil. Podemos chegar a 130 mil até dezembro”, afirma.

Hoje, a plataforma conta com 53 cursos disponibilizados. Até o final do ano, serão entregues mais 12, que já estão em fase de reformulação.

Cronograma - Com a utilização de novas tecnologias aplicadas à educação, a Rede EaD-Segen vai ofertar, até o final do ano, mais 12 novos cursos, totalizando, assim, um leque de 77 cursos exclusivos para cerca de 850 mil profissionais do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP).

Entre novos cursos que serão agregados estão Saúde Mental do Profissional de Segurança Pública, Políticas Públicas no Sistema Prisional, Isolamento e Preservação do local de Crime e Direitos Humanos e Grupos Vulneráveis no Sistema Prisional.

A relação completa dos cursos está disponível no Portal EaD e os profissionais poderão acessar todas as informações por meio da opção “Perguntas frequentes” do site.

A matrícula nos cursos ocorre por meio de um pré-cadastro do usuário no ambiente do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (SINESP) e, após a validação dos dados do profissional, o Módulo EaD-SEGEN é adicionado aos sistemas, ficando disponível para acesso.

Os benefícios dos cursos online consistem na maior capacidade de alcance do público, horários flexíveis e economia de recursos públicos.

A Diretoria de Ensino e Pesquisa/SEGEN elaborou um Manual com o passo a passo necessário para o cadastro nos cursos.

Os 10 cursos mais procurados até agosto de 2020 foram:

1. Instrumentos de Menor Potencial Ofensivo
2. Identificação de Armas de Fogo e Munições
3. Medidas Preventivas dos Profissionais de Segurança Pública para Minimizar os Riscos de Contaminação pelo COVID-19
4. Aspectos Jurídicos da Atuação Policial
5. Atuação Policial Frente à Grupos Vulneráveis
6. Crimes Ambientais
7. Educação para o Trânsito para Profissionais de Segurança Pública
8. Análise Criminal 1
9. Uso da Informação em Gestão da Segurança Pública
10. Mediação de Conflitos

Justiça e Segurança