Notícias

Ministério da Justiça e Segurança Pública realiza webinário ‘O Gerenciamento de Casos sob a Ótica do Acesso à Justiça’

Substituição da cultura do litígio pela cultura do consenso foi tema de palestras
Publicado em 04/09/2020 19h23 Atualizado em 14/09/2020 10h00

Brasília 04/09/2020 - O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por intermédio da Escola Nacional de Prevenção e Solução de Conflitos (Enapres) e do Departamento de Políticas de Justiça da Secretaria Nacional de Justiça (DPJUS), realizou, nesta sexta-feira (04), o Webinário “O Gerenciamento de Casos sob a Ótica do Acesso à Justiça – edição Acordando na Escola”. Os participantes discorreram sobre a importância na condução da mudança da cultura do litígio para a cultura da mediação para solução de conflitos.

Segundo o secretário Nacional de Justiça, Cláudio Panoeiro, para que ocorra essa mudança, é fundamental a construção do aprendizado na troca de experiências e nas reflexões dos ensinamentos: “Qualquer transformação se dá através de um processo e não a partir de um momento único. É preciso trocar experiências e, a partir daí, formar concepções avançadas, com as fortalezas e desafios da cultura do diálogo”, ressaltou.

A diretora da Escola Nacional de Prevenção e Solução de Conflitos (Enapres/MJSP), Eutália Maciel, afirmou que a necessidade da discussão do tema é elemento fundamental para a construção de políticas públicas de gerenciamento na esfera do poder judiciário. “A execução da cultura da mediação é indispensável nas relações humanas, trazendo sempre resultados positivos para muitas divergências”, afirmou.

Com cerca de 200 inscritos, os participantes tiveram a oportunidade de acompanhar quatro palestras, com a participação do Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo de Tarso Sanseverino, do juiz Federal norte-americano, Peter Messitte, do juiz do TJSP,  Marcus Onodera e do professor doutor da Faculdade de Direito da USP, Kazuo Watanabe.

Enapres

Como unidade integrante do DPJUS, a Escola tem a responsabilidade de executar políticas públicas relativas à modernização do acesso à justiça por meio de capacitações e de eventos de disseminação e divulgação das abordagens de prevenção e soluções de conflitos. O objetivo central é conferir maior efetividade às instituições do amplo sistema de justiça brasileiro para a promoção das políticas públicas de modernização, aperfeiçoamento e democratização do acesso à justiça e à cidadania.

Justiça e Segurança