Notícias

Ministério da Justiça e Segurança Pública inicia visitas de orientação técnica relacionadas ao Pró-Vida

O programa tem como objetivo promover e prevenir a saúde física e mental e a segurança no trabalho dos profissionais de segurança pública e defesa social
Publicado em 20/07/2021 15h47 Atualizado em 20/07/2021 18h09
Ministério da Justiça e Segurança Pública inicia visitas de orientação técnica relacionadas ao Pró-Vida.jpeg

Brasília, 20/07/2021  O Ministério da Justiça e Segurança Pública deu início, nesta terça-feira (20), às visitas técnicas nas instituições de segurança pública — Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica, Corpo de Bombeiro Militar e Polícia Penal — com o objetivo de acompanhar e orientar as ações voltadas para políticas do Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida).

A finalidade das visitas técnicas é conhecer e difundir as boas práticas de valorização e qualidade de vida, de atenção psicossocial e de saúde e segurança no trabalho dos profissionais. As visitas, ainda, irão proporcionar o conhecimento da realidade de trabalho dos representantes do Pró-Vida em todo o Brasil.

Ministério da Justiça e Segurança Pública inicia visitas de orientação técnica relacionadas ao Pró-Vida (2).jpeg

A agenda foi iniciada nos estados do Acre e do Amazonas, e os profissionais da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) se deslocarão para todos os estados da Federação. O encerramento está previsto para dezembro no estado do Tocantins. Durante a realização das visitas de orientação técnica estes profissionais acompanham, também, a aplicação do recursos dos eixos do Pró-vida, os trabalhos que já se encontram em desenvolvimento e quais as ações poderão ser aperfeiçoadas.

Sobre o Pró-Vida

O Programa Nacional de Qualidade de Vida dos Profissionais da Segurança Pública tem como objetivo a valorização do profissional da área de segurança, com a função de elaborar, implementar, apoiar, monitorar e avaliar os projetos de programas de atenção psicossocial e de saúde no trabalho dos profissionais de segurança pública e defesa social, bem como a integração sistêmica das unidades de saúde dos órgãos que compõem o Susp.

Com a implantação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), a partir da Lei nº 13.675, de 11 de junho de 2018, o Pró-Vida passou a fazer parte dos meios e instrumentos para a implementação da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSPDS).

Justiça e Segurança