Notícias

Ministério da Justiça e Segurança Pública desenvolve aplicativo para aferir qualidade da internet

Plataforma está em construção por meio de parceria com a Universidade de Brasília e irá auxiliar na avaliação de todos os serviços de telecomunicações
Publicado em 01/06/2021 18h40
Ministério da Justiça e Segurança Pública desenvolve aplicativo para aferir qualidade da internet.png

Brasília, 01/06/2021 - O desenvolvimento de um aplicativo para aferir a qualidade da internet foi uma das ações de melhorias para o consumidor apresentadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), durante audiência pública nesta segunda-feira (31), na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, da Câmara dos Deputados. O aplicativo está em construção em parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e irá auxiliar o consumidor a avaliar a qualidade dos serviços de empresas de telecomunicações.

“Estamos alertas para que as empresas cumpram suas obrigações legais, e que ocorra a melhoria do sinal da telefonia móvel e de internet. A Secretaria acompanha com atenção o setor de telecomunicações, por meio de suas plataformas de monitoramento de mercado. Hoje, é o segmento mais reclamado, ficando atrás apenas do setor financeiro”, frisou o coordenador-geral de estudos e monitoramento de Mercado do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC/Senacon), Frederico Moesch.

Participaram da audiência representantes do ministério da Comunicações, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), da empresa Tim, da telefônica Claro, da empresa Oi, do Coletivo Brasil de Comunicação Social - Intervozes. O requerimento foi feito pelos deputados federais Roberto Alves (Republicanos-SP), Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), Luis Miranda (DEM-DF), Luiza Erundina (Psol-SP), Bibo Nunes (PSL-RS), Leo de Brito (PT-AC) e Nilto Tatto (PT-SP).