Força Nacional apoiará ações no sistema penitenciário do Piauí

Publicado em 31/12/2015 17h01 Atualizado em 14/03/2016 08h59

Brasília, 31/12/15 - O Ministério da Justiça autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao sistema penitenciário do Piauí, a pedido do governo do estado. A portaria assinada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, tem validade a partir da sua publicação, feita no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31).

Segundo a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, as equipes deverão auxiliar os órgãos policiais estaduais em momentos críticos. "A Força Nacional apoiará incursões no interior dos presídios, objetivando restabelecer a lei e a ordem no Sistema Penitenciário do estado, quando se fizer necessário", explicou.

A operação tem prazo de 20 dias, podendo ser prorrogada.

Ligada à Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ), a Força Nacional é um programa de cooperação federativa em segurança pública com a participação de todos os estados e o Distrito Federal.

Além do efetivo de policiais militares que integram a Força nessa missão, existem ainda três operações em paralelo, da Força Nacional, também atendendo a pedido do governo do estado.

Equipes estão baseadas, desde 13 de março de 2015, na capital Teresina, onde desenvolvem a Operação Jenipapo, de reforço às ações de policiamento ostensivo na região, em apoio à Polícia Militar local.

E desde 20 de julho deste ano, uma equipe de policiais civis da Força estão reforçando as investigações de homicídios junto à polícia judiciária local, enquanto peritos e papiloscopistas, que também integram a Força neste momento, ajudam na realização de laudos de crimes.

 

Ministério da Justiça
facebook.com/JusticaGovBr
flickr.com/JusticaGovbr
Twitter/justicagovbr

www.justica.gov.br
imprensa@mj.gov.br

(61) 2025-3135/3315/3928