Entregas

A missão do MCTI - Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações é produzir conhecimento, gerar riquezas para o Brasil e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros. A pasta funciona como uma caixa de ferramentas, ao apoiar políticas e soluções que podem ser usadas em múltiplas áreas, como agricultura, saúde, indústria, energia para o benefício do País.

As ações exibidas nesta página demonstram o incessante trabalho realizado desde 2019, que resultou em mais de 300 entregas. Muitas são demandas da sociedade que estavam represadas há anos, como a assinatura do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) com os Estados Unidos, que vai impulsionar o Programa Espacial Brasileiro, e a criação da Autoridade Nacional de Segurança Nuclear, que adequa o país às melhores práticas internacionais no setor.

O espectro amplo das ações reflete o alcance do MCTI, que está presente em todo o Brasil por meio de suas unidades de pesquisa, organizações sociais, empresas públicas, autarquias, colegiados e fundação. O objetivo é estimular a pesquisa e usar a ciência, tecnologia e inovações para avançar em áreas como inteligência artificial, biotecnologia, astronomia e aeroespacial, tecnologias sociais, computação científica, prevenção de desastres naturais, telecomunicações, dentre muitas outras.

Nos últimos 3 anos, o MCTI definiu prioridades, ouviu especialistas e alinhou estratégias juntamente com suas instituições vinculadas. Isso resultou em políticas voltadas a materiais estratégicos como o grafeno, nióbio e outras terras-raras; ações de popularização da ciência, com a participação de milhões de estudantes em olimpíadas científicas; aproximação do governo com o setor produtivo, estimulando a inovação e o incentivo às startups; além da criação de centros de tecnologia aplicada em Inteligência Artificial e Internet das Coisas.

Mesmo antes de a Organização Mundial da Saúde declarar oficialmente a pandemia, o MCTI se empenhou em desenvolver estratégias e apoiar tecnologias para o combate à Covid-19. Neste site, também se encontram as entregas relativas a esses esforços, como a produção de vacinas nacionais, pesquisa de reposicionamento de fármacos e o apoio à indústria brasileira na produção de equipamentos de proteção individual e coletiva e insumos hospitalares.

O conteúdo desta página está em constante atualização. Novas entregas serão adicionadas à medida que estiverem disponíveis.